PDA

Ver Versão Completa : Mods em caixas acústicas



Radames
23-05-15, 13:02
Pessoal,

Como não há tópico específico sobre as EMP Tek ou mesmo de mods em caixas acústicas, vou postar aqui mesmo. Se depois o nosso honorável admin achar que deve, pode mudar o post de lugar. :-bd

Dizem que curiosidade mata, e concordo. A conta bancária vive sendo esfaqueada em decorrência dela :laughing7:
Abri a caixa para ver como são as coisas por dentro. Vou dizer que não fiquei decepcionado, especialmente pelo preço. O interior me parece ter uma boa estrutura e, como já discutimos antes, para amortecimento acústico só há manta acrílica colada em todo o interior.
As únicas coisas que não gostei são os conectores que vão nos falantes. São daqueles de pressão e não possuem qualquer solda. Isso com o tempo vai oxidar e prejudicar a performance da caixa.

O crossover estava dentro do que poderíamos esperar, mas vi uma disparidade em relação a algumas coisas que já li. Falaram numa review da Audioholics que a E5ti utilizava capacitores de polipropileno para o médio e tweeter, não foi isso que encontrei. Sim, para o tweeter é um polipropileno, mas para o médio e woofers foram utilizados eletrolíticos.

Foto do crossover feito pela Audioholics: 4391

Alí tem um capacitor polipropileno de 4.7uf, e mais 3 eletrolíticos de 10, 22 e 47uf cada.
O lugar é de acesso bem complicado e me parece que a placa fica fixada direto na parede do fundo, isso dificulta ainda mais qualquer tipo de "retrabalho".

Como gosto de manter as coisas simples vou fazer pequenas melhoras pontuais. Aplicar solda nos terminais dos alto-falantes e substituir os capacitores por outros de polipropileno. Vamos ver no que vai dar quando eu mexer... :OK:

Abração!

Hollywood
23-05-15, 14:15
Boa tarde Radames,

Estas caixas são fabricadas pela GX Audio, na China, GuangZhou.
Pelo custo das caixas vale um mod para dar uma melhorada, mas não espere muito.

Radames
23-05-15, 18:44
Depende do que você chama de muito :verde&:
Acho que se houver uma melhora no detalhamento e foco está excelente para mim.
Realmente a maioria dos fabricantes não gasta com bons capacitores em caixas de entrada. Acho isso até um pouco estranho pois o custo não é tão alto, e isso para mim, que compro 2 unidades de cada valor.
Já os indutores achei bons, a bitola do fio me pareceu boa e o enrolamento está certinho, é algo mais compatível com a beleza externa da caixa.

Tenho algumas fotos que tirei do xover para conseguir ler o valor dos capacitores, mas acho melhor não postar aqui e trocar as postagens de lugar. Vai poluir o tópico sem necessidade.

Radames
23-05-15, 19:00
Como não encontrei um tópico específico achei melhor criar este.

A proposta é colocar aqui os mods realizados em caixas acústicas produzidas em série ou DIY, novas ou antigas e o que mais couber nas especificações.

Espaço aberto para sugestões, pitacos, exemplos e experiências :cool:

JulioCesar
23-05-15, 19:07
Ótima idéia , principalmente pro pessoal turbinar aquela Vintage .

Radames
23-05-15, 19:17
Não só vintage, mas também caixas novas que sofreram restrições orçamentárias no projeto para produção em massa :verde&:

Fotos mais detalhadas do crossover da EMP Tek E5ti. Tem algumas fora de foco, mas as fotos foram tiradas com o celular dentro da caixa, não dá pra fazer milagres :laughing7:. Só assim consegui ver o valor dos capacitores. Seguem:

43954396439743984399

E uma pergunta que deixo para quem entende. No alto à esquerda da primeira foto, entre o capacitor eletrolítico e o indutor, há um componente branco, aquilo seria o que?
Um capacitor em bypass ou um resistor?

VTR
23-05-15, 19:22
Sair de caps eletrolíticos para caps de polipropileno etc etc em xovers de cxs acústicas é um acontecimento marcante...

Muito difícil que não se ouça a diferença para melhor.
Que NÃO é pequena... btw.

Leonardo
23-05-15, 23:52
é um resistor de alta potência.

abs

Radames
24-05-15, 01:52
Engraçado... Está numa posição tão estranha que parece que foi improvisado. Por isso pensei no bypass.

Valeu, Leo! :OK:

VTR
24-05-15, 10:10
Estranho esse cap amarelo aí que parece estar usando o contato de um parafuso na placa...
Só de olhar já dá tristeza isso...

Como parece não haver espaço para 1 só placa com todos os novos componentes (que deverão ser maiores) sugiro dividir o xover em 2 placas separadas: uma com a parte dos graves e a outra com médio/tweeter.
Inclusive p.ex. uma em cima da outra usando-se espaçadores.

[ ]
R.

Eduardo
24-05-15, 10:28
Acho que não, Ricardo. O furo na placa parece estar próximo ao parafuso. Se o parafuso estivesse segurando este terminal a cabeça dele estaria mais alta com o terminal embaixo dela.

VTR
24-05-15, 10:32
Ampliei a foto aqui: parece que desta vez vc tem razão...
:verde&:

Eduardo
24-05-15, 10:44
:laughing6:

Você está ficando velho.... ampliando foto.... :verde&:

Eu já parti para um monitor de 24 polegadas por causa disso, e ainda com óculos de perto. Mas, já estou pensando num maiorzinho...

VTR
24-05-15, 10:53
Quando a gente tem e sabe usar um software de imagens adequado precisa de nada disso...

:laughing7:

Eduardo
24-05-15, 11:04
:laughing6:

Eu trabalho bastante com o photoshop, por isso o monitor grande.

Mas no teu caso é "vencimento" mesmo... :laughing6:

http://images.clipshrine.com/getimg/PngMedium-old-man-cartoon-eye-glasses-15368.png

Radames
24-05-15, 12:55
Estranho esse cap amarelo aí que parece estar usando o contato de um parafuso na placa...
Só de olhar já dá tristeza isso...

Como parece não haver espaço para 1 só placa com todos os novos componentes (que deverão ser maiores) sugiro dividir o xover em 2 placas separadas: uma com a parte dos graves e a outra com médio/tweeter.
Inclusive p.ex. uma em cima da outra usando-se espaçadores.

[ ]
R.

A idéia é interessante, mas esbarramos em dois problemas. O primeiro é falta de material, o segundo e mais crítico é a falta de conhecimento desse animal aqui :verde&:

Eu consigo fazer a troca do componente sem problema algum, mas isolar circuitos, construir outro e integrar tudo outra vez... o risco é alto de mais para confiar a tarefa a um inapto. :verde&:

A primeira coisa que precisarei ver é o tamanho dos novos componentes. Acho que os de 4.7 e 10uf não serão problema, com jeitinho cabem. Já os de 22 e 47uf... esses aí vou precisar pensar com calma, o mais provável é que sua fixação seja feita no fundo da caixa. Não gosto muito da idéia, mas se não encontrar alternativa, será isso mesmo.

Abração!

VTR
24-05-15, 13:51
A idéia é interessante, mas esbarramos em dois problemas. O primeiro é falta de material, o segundo e mais crítico é a falta de conhecimento desse animal aqui :verde&:

Eu consigo fazer a troca do componente sem problema algum, mas isolar circuitos, construir outro e integrar tudo outra vez... o risco é alto de mais para confiar a tarefa a um inapto. :verde&:

A primeira coisa que precisarei ver é o tamanho dos novos componentes. Acho que os de 4.7 e 10uf não serão problema, com jeitinho cabem. Já os de 22 e 47uf... esses aí vou precisar pensar com calma, o mais provável é que sua fixação seja feita no fundo da caixa. Não gosto muito da idéia, mas se não encontrar alternativa, será isso mesmo.

Abração!

Mais fácil que andar prá frente...
:laughing7:

sandrovt
24-05-15, 14:16
Amigos, acabei vendendo as Monitor Audio S6 por motivo de força maior, acabei comprando as caixas Energy RC 70, usadas, em uma delas tem pequena batida na quina, pergunto aos queridos foristas e colegas, que MOD poderia ser feito nelas para possível melhora, por exemplo, troca de cabos internos, capacitores, etc, ou simplesmente não fazer nada, apenas arrumar a quina batida, agradeço de coração por alguma dica.

Radames
24-05-15, 15:28
Mais fácil que andar prá frente...
:laughing7:

Não pra alguém sem prática :verde&:

Mas pensei num jeito aqui, utilizar a fixação superior só para acomodar os capacitores. Já estou pensando numa forma de fixar, mas só vou saber se dará certo quando tirar o xover.

Pensei também em trocar a manta acrílica por feltro betumado na lateral das caixas, mas aqui isso é impossível de encontrar. Rodei a cidade inteira atrás disso para colocar nas Lando e não encontrei.
Tem também a folha de chumbo, mas essa nem na internet encontrei... :- :verde&:



Amigos, acabei vendendo as Monitor Audio S6 por motivo de força maior, acabei comprando as caixas Energy RC 70, usadas e um uma pequena batida na quina, pergunto aos queridos foristas e colegas, que MOD poderia ser feito nelas para possível melhora, por exemplo, troca de cabos internos, capacitores, etc, ou simplesmente não fazer nada, apenas arrumar a quina batida, agradeço de coração por alguma dica.

E Sandro, sem saber o que há por dentro da caixa é complicado. Normalmente mods grandes demais não são interessantes por ficaram excessivamente caros em relação ao valor das caixas.

Confirmei isso uma vez com minhas caixas anteriores e espero confirmar novamente com esse mod nas caixas atuais: Capacitor eletrolítico não deveria fazer parte de um crossover passivo.

Já a troca de cabos... bem, alguma diferença faz, mas fico na dúvida sobre a efetividade da troca, especialmente considerando SNR e o comprimento desse cabeamento, que, quando muito longo, tem 1 metro.

É interessante pesar essas coisas antes de escolher o que que fazer na caixa :OK:

sandrovt
24-05-15, 16:29
E Sandro, sem saber o que há por dentro da caixa é complicado. Normalmente mods grandes demais não são interessantes por ficaram excessivamente caros em relação ao valor das caixas.

Confirmei isso uma vez com minhas caixas anteriores e espero confirmar novamente com esse mod nas caixas atuais: Capacitor eletrolítico não deveria fazer parte de um crossover passivo.

Já a troca de cabos... bem, alguma diferença faz, mas fico na dúvida sobre a efetividade da troca, especialmente considerando SNR e o comprimento desse cabeamento, que, quando muito longo, tem 1 metro.

É interessante pesar essas coisas antes de escolher o que que fazer na caixa :OK:


Radamés, na internet está cheio de fotos, que nem sei qual posto aqui, podem te dar uma referência.

Radames
24-05-15, 18:38
Acho que pode colocar aqui sim. Bom que serve de referência para outros no futuro. :-bd

sandrovt
24-05-15, 18:51
Acho que pode colocar aqui sim. Bom que serve de referência para outros no futuro. :-bd

Bom, então ai vai a caixa aberta, peguei da internet...

http://cdn.soundandvision.com/images/archivesart/306energy.1.jpg

http://www.audioholics.com/audioholics/images/imgp08571.jpg

Radames
24-05-15, 22:17
Nas fotos não dá pra ver o crossover, mas encontrei uma foto da linha Veritas:

4421

Se o dessa seguir a mesma linha da que aparece na foto acho que seria interessante ver o que aconteceria com a troca dos eletrolíticos pelos polipropileno.
No cabeamento, sério mesmo?, acho que só uma revisão já estaria de bom tamanho. Ver se os contatos são soldados ou feitos por terminais (como a minha) e dar uma "arrumada" nessa parte. Tirar qualquer conexão que possa dar mau contato é sempre positivo :OK:

Abração!

Radames
26-05-15, 20:40
Bão,

Abortei a idéia do lençol de chumbo e resolvi usar uma placa de borracha bem densa em seu lugar. Então ficará a placa de borracha colada na parede da caixa e sobre ela o feltro betumado.
Por obra do acaso ou pura sorte encontrei ambos aqui na cidade. Inclusive encontrei o feltro autoadesivo, isso vai adiantar bastante o trabalho.

Bem, a intenção é tirar a medida da parede lateral da caixa e deixar as placas já cortadas no tamanho aproximado de onde serão fixadas. Isso também reduzirá algumas horas de trabalho pois só alguns ajustes serão necessários.


Só colorarei mesmo a mão na massa quando estiver com todo o material em mãos. Deve demorar uns dias :laughing7:

Abração!

Radames
26-05-15, 21:31
A imagem está um pouco estourada, mas dá pra ter uma idéia.

4426

KANAHA
26-05-15, 21:32
Bão,

Abortei a idéia do lençol de chumbo e resolvi usar uma placa de borracha bem densa em seu lugar. Então ficará a placa de borracha colada na parede da caixa e sobre ela o feltro betumado.
Por obra do acaso ou pura sorte encontrei ambos aqui na cidade. Inclusive encontrei o feltro autoadesivo, isso vai adiantar bastante o trabalho.

Bem, a intenção é tirar a medida da parede lateral da caixa e deixar as placas já cortadas no tamanho aproximado de onde serão fixadas. Isso também reduzirá algumas horas de trabalho pois só alguns ajustes serão necessários.


Só colorarei mesmo a mão na massa quando estiver com todo o material em mãos. Deve demorar uns dias :laughing7:

Abração!

Radamés,

Um mod de gabinete é fundamental no caso desta caixa, que por sinal também tenho, eu em breve devo fazer o mod, e vou fazer o reforço no travamento com cola cascorez misturada a serragem fina, vou fazer um "creme" e passar com trincha, depois usarei manta asfástica colada com cola de contato, é fácil moldar usando um secador de cabelo (não esqueça de usar luvas de couro) depois é só colar o feltro betumado também com cola de contato e dar acabamento nas juntas com silicone para vedação, se houver necessidade recoloque o acrilon ou então use na parede de fundo da caixa espuma perfilada também colada com cola de contato (neste caso use pouca cola e somente nas bordas para facilitar a retirada caso não goste.

Para melhorar o divisor, não é difícil, só dá trabalho, se quiser te indico um site de um fabricante onde poderá comprar tudo o que precisa para refazer o divisor com melhores componentes, eu uso normalmente placas de MDF ou tampas de caixas de MDF, e abraçadeiras de nylon para fixar os componentes na base de MDF.

Dá uma olhada aqui:

https://www.solen.ca/pub/index.php?catalog=3&niveau1=1&niveau2=3&s1=2&s2=3

https://www.solen.ca/pub/index.php?catalog=3&niveau1=1&niveau2=4&s1=2&s2=4

https://www.solen.ca/pub/index.php?catalog=3&niveau1=1&niveau2=22&s1=2&s2=23

http://www.troelsgravesen.dk/JBL_L100_files/JBL_L100_upgrade-kit_2_650pxw.jpg

http://www.voltiaudio.com/images/newsimages7/vtk39.jpg

http://www.voltiaudio.com/images/newsimages7/vtk21.jpg

http://mlb-s2-p.mlstatic.com/caixa-mdf-cru-25x15x7-2-divisorias-tampa-de-sapato-23088-MLB20240550846_022015-F.jpg

http://clickartesanais.com.br/wp-content/uploads/2013/12/CAIXA-MEDIA-SEM-TAMPA75X215X31-MDF-6MM-R-800.jpg

KANAHA
26-05-15, 21:43
Este feltro de comprou é o adesivado, mas também existe o betumado com adesivo, eu prefiro o betumado sem adesivo e uso Cascola, acho que dá melhor aderência, quem me informou sobre isso foi um capoteiro que faz a manutenção dos bancos dos meus carros.

http://www.jbtecidos.com.br/catalogo/arquivos/Feltro%20adesivado%20(5%20a%208%20mm%20x%201,00%20 metro%20de%20largura)%2001.jpg

http://www.jbtecidos.com.br/catalogo/arquivos/Feltro%20adesivado%20betumado%20(5%20a%208%20mm%20 x%201,00%20metro%20de%20largura)%2002.jpg

http://www.jbtecidos.com.br/catalogo/arquivos/Feltro%20betumado%20(1,00%20metro%20de%20largura). jpg

Radames
26-05-15, 21:52
Boa a idéia do secador, Cláudio! Vai facilitar bastante a moldagem da borracha. :OK:

Mas não vou me arriscar com manta asfáltica, o chance de erro é grande demais e não tenho espaço aberto para a tarefa. Vai ficar aquele cheiro delicioso dentro de casa e minha esposa é particularmente sensível a cheiros estranhos. A cola de contato já será um martírio :laughing7:

Mas será que é mesmo necessário o reforço na estrutura da caixa? Quando a abri achei bem acabada e sem nenhuma fresta ou imperfeição visível. Talvez pela minha pouca experiência em Mods não vejo as falhas que você vê, mas achei que só a otimização do isolamento acústico já seria suficiente.

Sobre os capacitores, bem, eles já foram comprados. Só não sei se chegarão aqui :laughing7:
Peguei todos da marca Jantzen, os Crosscaps. Se chegarem eu digo se prestam :-bd

Abração!

mmbdp
26-05-15, 23:18
A imagem está um pouco estourada, mas dá pra ter uma idéia.

4426

Eu ia sugerir manta asfáltica adesiva, mas demorei com o "sugerimento"...

E sobre aquelas fotos da caixa "aberta" na internet, vale conferir, pois não parece que a caixa venha tão empalhada ou estufada assim. Aqui as full range usam plumante em quantidade generosa, mas com cuidado para deixar os falantes "respirarem" - um espaço vazio atrás do falante.

No mais, boa sorte aí na empreitada. Estou acompanhando quando o tempo permite.

Radames
26-05-15, 23:56
Fico feliz com seu acompanhamento e a contribuição tardia, Marcellão! :verde&:

Pior é que eu não havia ouvido falar na manta asfáltica adesiva... se soubesse teria procurado ela no lugar da borracha.
Mas bem, agora que o borrachão está comprado não tem mais jeito. Vou ter que me virar com ele e a cola de contato mesmo.
E realmente, pelo que percebi quando abri, a caixa tem manta acrílica suficiente para não dizerem por aí que não colocaram nada :laughing7:. Por isso resolvi melhorar essa área. Vamos ver no que dá :laughing7:


Abração!

mmbdp
27-05-15, 00:24
Eu usei manta asfáltica em portas de carro (quando ainda me dava a esse desfrute). Já forrei algumas caixas de subwoofer, com muito sucesso. Uma delas, de fibra de vidro, mudou da "água para o vinho".

Se por acaso a borracha complicar (eu já tentei e me ferrei), tente a manta asfáltica, que pode ser comprada em qualquer loja audiófila de bazar da construção (vedação de calhas).

JulioCesar
27-05-15, 17:25
A primeira coisa que precisarei ver é o tamanho dos novos componentes. Acho que os de 4.7 e 10uf não serão problema, com jeitinho cabem. Já os de 22 e 47uf... esses aí vou precisar pensar com calma, o mais provável é que sua fixação seja feita no fundo da caixa. Não gosto muito da idéia, mas se não encontrar alternativa, será isso mesmo.

Abração!

O Xover , tem de ser dentro da caixa ? :read2:

Radames
27-05-15, 18:52
Se te contar que eu já pensei nisso você acredita? :verde&:

Mas não sei, por questões de praticidade e limite de espaço acho melhor "espremer" tudo lá dentro.
Acho que se a brincadeira fosse maior, como trocar os indutores e outras firulas eu faria o Xover do lado de fora.

Abração!

VTR
27-05-15, 19:09
Óia que é uma idéia interessante hein....

Já pensou nas brincadeiras???

3 pares de bornes na traseira delas, xover dentro dum gabinete (ou 2....) com chaveamentos para uso de caps de valores/qualidades diferentes, bobinas selecionáveis ora núcleo de ar ora ferrite....

E depois vc parte para uma triamplificação ativa com valvulados stereo independentes para os médios e tweeters e um SS de respeito para os woofers...

É uma!

Radames
27-05-15, 19:58
Sim, concordo...

Mas pense comigo também, você acha que essa caixa vai responder em igual proporção se um upgrade dessa magnitude fosse feito? :verde&:
A caixa é acima das expectativas sim, mas para o preço que custou. Os drivers são bem simples e se apertar muito acho que abrem o bico.
Também entramos naquela questão do custo/benefício. Retrabalhar um crossover dessa forma fica caro, mesmo com a mão de obra gratuita, e ela só conseguiria refletir esse ganho de qualidade do Xover se os falantes também fossem substituídos.
Aí já gastei mais de 3x o valor da caixa só em componentes, num dá! :laughing7:

E vou te falar viu Ricardo... ultimamente tenho dado mais importância a algumas coisas que eu antes achava marginais. Elas estão me fazendo repensar a forma como gostaria de chegar ao som "hi-end". Posso resumir em dois pontos:
1- A importância dos graves no delineamento e articulação de todo o espectro audível
2- A importância da qualidade do crossover (projeto e componentes) no resultado final.

Não vou elaborar muito pois ainda preciso tirar algumas provas antes de me arriscar a afirmar alguma coisa. A caixa reformada me renderá boas evidências :cool:

Dá uma lida no Link: http://www.positive-feedback.com/Issue70/duelund.htm

Achei muito interessantes as impressões do camarada à medida que vai fazendo as substituições.


Abração!

Eduardo
27-05-15, 20:25
E vou te falar viu Ricardo... ultimamente tenho dado mais importância a algumas coisas que eu antes achava marginais. Elas estão me fazendo repensar a forma como gostaria de chegar ao som "hi-end".

Isso sempre acontece, mais cedo ou mais tarde. :verde&:

Hi-end virou sinônimo de complicação. É tão simples ouvir música bem tocada, e a importância hoje dos equipamentos é bem menor do que era antes. Não existem mais aqueles degraus gigantescos, como costumava ser anos atrás.
O que realmente faz mais diferença para o melhor desempenho de um sistema de som é o que mais desprezam hoje.

KANAHA
27-05-15, 21:33
Boa a idéia do secador, Cláudio! Vai facilitar bastante a moldagem da borracha. :OK:

Mas não vou me arriscar com manta asfáltica, o chance de erro é grande demais e não tenho espaço aberto para a tarefa. Vai ficar aquele cheiro delicioso dentro de casa e minha esposa é particularmente sensível a cheiros estranhos. A cola de contato já será um martírio :laughing7:

Mas será que é mesmo necessário o reforço na estrutura da caixa? Quando a abri achei bem acabada e sem nenhuma fresta ou imperfeição visível. Talvez pela minha pouca experiência em Mods não vejo as falhas que você vê, mas achei que só a otimização do isolamento acústico já seria suficiente.

Sobre os capacitores, bem, eles já foram comprados. Só não sei se chegarão aqui :laughing7:
Peguei todos da marca Jantzen, os Crosscaps. Se chegarem eu digo se prestam :-bd

Abração!

Radamés,

Fazer dentro de casa é realmente chato, o cheiro dos produtos incomodam bastante, quando usar a cola de contato não esqueça de deixar o local bem ventilado, abra todas as janelas e se possível as portas.

Eu gosto de fazer essa mintura de cola com serragem e passar com trincha, reforça mais a caixa, mesmo sendo bem acabada, pois na fabricação dos gabinetes não fazem da forma cuidadosa como fazemos.

Não tem mistério algum em MODS de caixas, só é demorado.

Talvez eu seja muito detalhista, já que sou arquiteto e busco sempre o melhor acabamento em minhas obras, hoje mesmo estava discutindo com um fornecedor de esquadrias e vidros os perfis de alumínio que farão o acabamento de uma marquise em alumínio branco brilhante e vidro laminado, eu me preocupo até com a qualidade das borrachas de vedação.

Escolheu muito bem os capacitores, os cross-caps são melhores que os Solen que te indiquei, eu já usei os z-caps vermelhos em um mod de uma torre vintage da Polk modelo RT800i, que já não está mais comigo.

Não se preocupe e nem tenha medo em fazer o MOD, qualquer dúvida é só me enviar uma MP que te passo meu e-mail e te auxilio nesta empreitada.

mmbdp
28-05-15, 10:29
Radames,

há muitos casos de audiófilos que começaram assim: cola de sapateiro fazendo mod em caixas, depois começaram a ouvir diferença na troca de espelhos de tomadas, passaram para maconha e drogas mais fortes...


https://www.youtube.com/watch?v=xo3vK93aG4k

luiz carlos
28-05-15, 12:09
Humor inteligente.

JulioCesar
28-05-15, 15:07
1- A importância dos graves no delineamento e articulação de todo o espectro audível


Todo mundo gosta de " gravão " ,mas esquecem de como esse excesso prejudica todo o espectro . Não é o excesso no que vai até 40/80 Hz , são todos os harmônicos destas ondas invadindo todo o resto ...

Russo
28-05-15, 15:20
Para mim, tenho um parâmetro.

O dia que conseguir uma caixa que toque com a definição de um fone de ouvido (não precisa ser top), estarei muito contente.
Graves não podem ser excedentes, mas tem de ser definidos, ter textura e recorte.

Abraço,

thereizein
28-05-15, 15:45
Para mim, tenho um parâmetro.

O dia que conseguir uma caixa que toque com a definição de um fone de ouvido (não precisa ser top), estarei muito contente.
Graves não podem ser excedentes, mas tem de ser definidos, ter textura e recorte.

Abraço,

O dia que um fone de ouvido dar a ambiência e pressão de uma caixa, eu vendo as caixas hahaha

Radames
28-05-15, 16:09
Radames,

há muitos casos de audiófilos que começaram assim: cola de sapateiro fazendo mod em caixas, depois começaram a ouvir diferença na troca de espelhos de tomadas, passaram para maconha e drogas mais fortes...


Boa :laughing7:

Mas seguinte, encontrei a manta asfáltica auto adesiva por aqui. Realmente me parece ser mais adequada que a borracha, tanto pela maleabilidade quanto pela..., sei lá como chamo isso, talvez viscosidade. Num chutômetro eu diria que ela conseguiria absorver algumas vibrações melhor que o material concorrente. Só fiquei meio na dúvida em relação a uma coisa, achei a cola meio fraca e fiquei com medo dela se soltar depois de alguns meses ou anos.
A manta que você usou no sub também era assim?



Todo mundo gosta de " gravão " ,mas esquecem de como esse excesso prejudica todo o espectro . Não é o excesso no que vai até 40/80 Hz , são todos os harmônicos destas ondas invadindo todo o resto ...

Também fico com essa impressão. Mas não creio que seja só a diferença de magnitude (db) de determinada frequência, a velocidade e precisão com que o alto-falante reproduz os graves me parece ter uma participação muito grande no delineamento do palco e separação de instrumentos.
O melhor grave que já ouvi nesses quesitos foi de uma Magnepan (que não é famosa pelos graves profundos). Coincidência ou não foi também com ela que percebi o palco mais nítido.

Houve também aquela impressão que tive na casa de um amigo meu. O som do HT estava borrado e tinha pouca nitidez, aí ele ligou o sub e as coisas melhoraram significativamente. Vai entender...



Para mim, tenho um parâmetro.

O dia que conseguir uma caixa que toque com a definição de um fone de ouvido (não precisa ser top), estarei muito contente.
Graves não podem ser excedentes, mas tem de ser definidos, ter textura e recorte.

Abraço,

Marcio,

Acho que estou com o Thereizein nesta...
Também prefiro a ambiência das caixas, mas vou te falar que nesses equipamentos de melhor nível não sinto falta alguma do detalhamento dos fones. Depois que otimizei o sistema da sala quase não uso mais o HD598. Hoje ele fica só no computador.


Abração a todos!

KANAHA
28-05-15, 19:25
Boa :laughing7:

Mas seguinte, encontrei a manta asfáltica auto adesiva por aqui. Realmente me parece ser mais adequada que a borracha, tanto pela maleabilidade quanto pela..., sei lá como chamo isso, talvez viscosidade. Num chutômetro eu diria que ela conseguiria absorver algumas vibrações melhor que o material concorrente. Só fiquei meio na dúvida em relação a uma coisa, achei a cola meio fraca e fiquei com medo dela se soltar depois de alguns meses ou anos.
A manta que você usou no sub também era assim?

Radamés, a com adesivo não é a melhor escolha, mas dá pra você usar sem problema algum, é só usar uma fina camada de cola de contato (Cascola) na manta e na caixa, e depois ir colando bem devagar utilizando o secador de cabelos para moldar as emendas, eu uso soprador térmico pois o meu tem 3 temperaturas diferentes, mas um secador de cabelos serve muito bem para esta etapa, eu tenho o soprador pois uso nos termocontráteis dos cabos, o soprador só tem mais potência. A manta bem colada e com as emendas bem feitas deixará a caixa mais rígida e o material da manta também é absorvedor acústico, abaixo algumas fotos do MOD em uma torre da Yamaha que era medíocre e ficou muito melhor, mas usei também massa anti-ruído antes da manta e depois da manta feltro betumado e no fundo espuma perfilada.

https://farm6.staticflickr.com/5575/14834460580_5192dfe806_c.jpg

https://farm6.staticflickr.com/5587/14834553248_9f4d7e458c_o.jpg

https://farm9.staticflickr.com/8793/17587828874_ff89512c0e_c.jpg

https://farm4.staticflickr.com/3887/15015081196_362a18efcc_c.jpg

https://farm8.staticflickr.com/7734/17589889823_6fe1f8c084_c.jpg




:OK:

Eduardo
28-05-15, 19:37
Só fiquei meio na dúvida em relação a uma coisa, achei a cola meio fraca e fiquei com medo dela se soltar depois de alguns meses ou anos.

Minha sugestão: prenda com grampeador de tapeçaria. Funciona bem, é prático e muito rápido.
Eu tenho um modelo da Rocama (profissional) e é excelente. Aliás, ele quebra um galhão para um monte de coisas e não é uma ferramenta cara (entre 60 e 70 reais).

Gandhi
28-05-15, 19:51
..... depois usarei manta asfástica colada com cola de contato, é fácil moldar usando um secador de cabelo (não esqueça de usar luvas de couro) depois .....





Boa a idéia do secador, Cláudio! Vai facilitar bastante a moldagem da borracha. :OK:
.....


Quando fiz o MOD de minhas caixas, seguindo os ensinamentos do Claudio, não usei o secador de cabelo. Deixei a manta asfáltica no sol por alguns minutos, ficou molinha molinha..... só forrei a calçada pra não sujar...

Ainda mais agora nessa época de energia elétrica custando um absurdo!!!

Russo
28-05-15, 19:55
Olá,

Acho que não fui muito claro. He, he, he...
Também não troco minhas caixas por qualquer fone. Apenas quis exemplificar sobre o que busco nas caixas em termos de definição.
Os detalhes que ouço num simples fone in ear são muito ricos e se conseguir esse detalhamento junto com a ambiencia nas caixas seria o ideal na minha opinião.

Abraço,

CristianoLO
28-05-15, 20:36
Minha sugestão: prenda com grampeador de tapeçaria. Funciona bem, é prático e muito rápido.
Eu tenho um modelo da Rocama (profissional) e é excelente. Aliás, ele quebra um galhão para um monte de coisas e não é uma ferramenta cara (entre 60 e 70 reais).
Eduardo, estes grampeadores conseguem inserir um grampo adequadamente no MDF?
já vi algumas pistolas pneumáticas, mas manuais, não

Eduardo
28-05-15, 20:43
Cristiano, não consegue penetrar todo o grampo, mas o suficiente para segurar a manta no lugar.

KANAHA
28-05-15, 21:11
Eu prefiro usar cola de contato que é muito mais fácil de aplicar, o grampeador é mais difícil manusear dentro do gabinete, fora que pra ficar bem preso é necessário muitos grampos, eu tempo um grampeador profissional e não gostei de usar neste caso, por isso prefiro a cola.

Eduardo
28-05-15, 21:19
Nossa, Cláudio !!! é muito simples de usar e não precisa tantos grampos. É bem compacto e isso facilita muito o uso dentro do gabinete. Não é para "costurar", é só para manter no lugar, como auxiliar da cola.

Eu sempre usei e jamais tive qualquer problema. Pode ser algo com o grampeador, tipo de grampo, sei lá... mas comigo funcionou sempre muito bem.
Tente este da Rocama. Foi um marceneiro amigo meu quem recomendou, e segundo ele, é o melhor.

KANAHA
28-05-15, 21:26
Nossa, Cláudio !!! é muito simples de usar e não precisa tantos grampos. É bem compacto e isso facilita muito o uso dentro do gabinete. Não é para "costurar", é só para manter no lugar, como auxiliar da cola.

Eu sempre usei e jamais tive qualquer problema. Pode ser algo com o grampeador, tipo de grampo, sei lá... mas comigo funcionou sempre muito bem.
Tente este da Rocama. Foi um marceneiro amigo meu quem recomendou, e segundo ele, é o melhor.

Eduardo, talvez este da Rocama seja mais compacto, o que tenho é o que os estofadores usam, e acho muito grande, foi minha esposa que comprou na época para forrar com couro os assentos umas cadeiras de ferro e grampeou na parte de baixo da base que era de compensado. nem sei a marca, mas vou ver amanhã, mas acho um trambolhão de grande.

Eduardo
28-05-15, 22:01
Não é pequeno como um grampeador de papel, mas também não é um trambolho como um pneumático.
Este modelo que comprei é provavelmente o mais usado profissionalmente, muito robusto mas com um tamanho adequado até para usar em books. Claro que tem todo um jeitinho de posicioná-lo e dispará-lo, mas como uso-o há muito tempo peguei o jeito de trabalhar bem com ele.
O melhor grampo também é da Rocama. Outras marcas que comprei amassavam com facilidade, tinham um aço fraco.

https://loja.passalacqua.com.br/imagens/uploads/departamento/39/80/58/296/img/20130612101344n1tApzbtKj.jpg


http://www.apoloartes.com.br/ecommerce_site/arquivos4186/arquivos/12826767731.jpg

http://www.metalvision.ind.br/images/Grampo%20Rocama.jpg

Ryckyfla
28-05-15, 22:19
Boa noite !

Eduardo, enviei uma mp pra você.

mmbdp
28-05-15, 22:35
Boa :laughing7:

Mas seguinte, encontrei a manta asfáltica auto adesiva por aqui. Realmente me parece ser mais adequada que a borracha, tanto pela maleabilidade quanto pela..., sei lá como chamo isso, talvez viscosidade. Num chutômetro eu diria que ela conseguiria absorver algumas vibrações melhor que o material concorrente. Só fiquei meio na dúvida em relação a uma coisa, achei a cola meio fraca e fiquei com medo dela se soltar depois de alguns meses ou anos.
A manta que você usou no sub também era assim?

Abração a todos!

Radames,

o uso do ROCAMA é boa sugestão, comprei recentemente um na papelaria aqui da esquina (usam para trabalhos de colégio, decorações de festas, etc) e não é volumoso.

A manta asfáltica tem o adesivo para facilitar a aplicação. Em verdade o "piche" vai segurar na superfície e adere por "expulsão de ar", ou seja, se você for encostando e pressionando com as mãos, correndo pela superfície, a manta adere pelo próprio material que a compõe, não somente pelo adesivo.

Compre um pedaço pequeno (ou peça uma amostra) no bazar e teste. Prefira testar num "canto", onde você obrigatoriamente terá que a fazer aderir em duas superfícies. Com a experiência, você vai perceber como fazer para que a manta tenha aderência mesmo nos cantos e perceberá se há risco de cair no futuro.

Já vi aplicarem usando espátula para uma suposta melhor aderência. Nunca precisei disso. A vantagem da manta é que podem ser usadas várias camadas para "enrijecer" as paredes e conferir peso e resistência, bem como absorver ressonâncias.

Na caixa de fibra de vidro o resultado foi excelente com duas camadas de manta asfáltica auto-adesiva. Perigo de cair somente se as caixas forem aquecidas, esquecidas no sol ou algo do gênero... mas isso acho que só por sabotagem!

Faça o teste com um pequeno pedaço. Só use ROCAMA se achar que há risco de soltar, o que nunca vi acontecer.

Sobre os graves: pesquisem aqui mesmo no fórum sobre as impressões e primeiros resultados obtidos pelo pessoal que comprou DsPeaker, quem instalou MathAudio ou usa outro corretor de sala.

Radames
28-05-15, 22:43
Edu,

Também fiquei com um certo receio sobre o grampeador. Apesar da idéia realmente economizar um tempo danado fiquei com um certo receio do revestimento, com o tempo, acabar se desprendendo justamente no espaço entre os grampos. Realmente, cair não iria, mas a eficiência do upgrade diminui, não?


E Cláudio, só uma pergunta um tanto tola de alguém que jamais utilizou cola de contato na vida (já vi usando mas nunca meti a mão na massa). Essa cola, quando estiver no ponto para fixação das partes, corre algum risco de grudar em algum lugar que não seja o de destino? Por exemplo, na hora que for entrar com a peça na caixa ela acabar deixando um monte de cola na borda do buraco do alto-falante.


Só pergunto isso porque uma vez que terei o trabalho com a cola tanto faz que ela seja utilizada na manta asfáltica ou na peça de borracha. O trabalho será o mesmo.


Abração a todos!

PS: Só vi sua resposta depois de enviar esta, Marcellão :verde&:

Mas vou pensar com calma aqui... a idéia de jogar fora aquela borrachona não me agrada de jeito nenhum :laughing7:
A parte de como fixar a manta vai ajudar bastante na decisão.

thereizein
28-05-15, 23:13
Lembrando que a cola de contato tem esse nome pois ela cola nela mesma, ou seja, você deve passar a cola na superficie que receberá a coisa e na coisa. Se a coisa for parecida com uma esponja, aplique uma vez, dê um tempo e aplique novamente.
Eu revesti minhas Q300 usando a cola, tomando cuidado não suja...suja as mãos, isso sim. Tenha thinner pra poder se limpar depois.

E NÃO VAI FICAR CHEIRANDO A COLA E O THINNER!!!!

VTR
29-05-15, 00:25
Um detalhe importante: ao colar pano/tecido ou coisas similares só se aplica cola de contato no outro material...

E o solvente delas não é thinner: o nome do produto comercial é Reducola.

thereizein
29-05-15, 00:32
Bem, eu disse aquilo pois quando fiz segui o 'modo de usar' que está na embalagem:

4. Aplique uma camada uniforme de produto em ambas as superfícies com uma espátula dentada e aguarde a secagem (5 a 10 min). Para materiais porosos, é indicada uma segunda aplicação após 20 min da primeira.

E usei thinner pra me limpar mesmo hehe

Eduardo
29-05-15, 07:40
Também fiquei com um certo receio sobre o grampeador. Apesar da idéia realmente economizar um tempo danado fiquei com um certo receio do revestimento, com o tempo, acabar se desprendendo justamente no espaço entre os grampos.

Radames, na verdade, este revestimento não deve se soltar por conta do adesivo.
O problema é que se uma parte grande começar a descolar, ela pode ir "puxando" o restante por gravidade (peso). Sendo assim, o grampo não teria o objetivo de "fixar" a manta no lugar (esta função é do adesivo), mas tão somente proporcionar alguma sustentação extra para ele não descolar.
Como eu disse, não é preciso "costurar" a manta, bastam alguns grampos nas pontas e um ou outro no meio dela.

Eduardo
29-05-15, 07:43
Um detalhe importante: ao colar pano/tecido ou coisas similares só se aplica cola de contato no outro material...



No caso da manta asfáltica a cola deve ser aplicada nas duas superfícies.

Radames
29-05-15, 11:16
Ok, vou considerar todas as observações :verde&:
Acho que até o fim de semana que vem já resolvo que material utilizar.

E mudando um pouco de assunto.
Ontem à noite resolvi fazer uns testes. Quando abri a caixa achei o cabeamento interno da caixa bem fraquinho, mas cumpre a função. Aí fiquei pensando: "Já vou trocar tanta coisa, porque não o cabeamento interno?"
E aí lembrei de algo que li muito na internet. A excelente qualidade do cabo CAT5 ou 6 (de rede estruturada) quando utilizado como cabo de caixa.
Como não costumo pular em buraco antes de conferir a profundidade resolvi testar.

Comprei alguns metros do cabo CAT6 da Furukawa para utilizar como cabo de caixa para as bookshelf. Juntando todos os cabos internos chego a 1,6mm², mais que suficiente para o equipamento em questão.
Para não viajar na maionese dos cabos resolvi trocar o cabo somente de um canal e utilizar o outro como controle.

Liguei as caixas e fui ouvir. Fiz como manda o figurino, converti o sinal para mono e alternei entre os canais no amplificador.
Inicialmente gostei do que ouvi, o som parecia ter um grave mais controlado e com um pouco mais impacto que o do canal controle, os médios pareciam mais naturais e os agudos idem.
Mas depois de um tempo resolvi fazer um teste diferente. Chamei a patroa, aumentei um pouco o volume e pedi que ela me falasse o que achava melhor. Ela estava sentada no sofá que fica uns 2 metros atrás de minha mesa. Para minha surpresa ela escolheu o flamenguinho. Achei aquilo estranho e troquei de lugar com ela. Fui para o sofá e ela alternava entre os canais.

Só aí pude perceber algo que não consegui com os ouvidos quase colados nas caixas. O som com o novo cabo ficou ligeiramente abafado!
Conferi as conexões, tudo ok, e repeti o teste. Mesmo resultado.

Bom, como falaram maravilhas desse cabo na internet ainda vou insistir mais um pouquinho. Vou deixá-lo no lugar por mais alguns dias e semana que vem repito o teste.

Sei que os dados objetivos mostram que amaciamento de cabos é conversa fiada e não condiz com a realidade, mesmo assim sempre escuto diferenças depois de algumas horas. Fazer o que?...
Se ficar melhor, ótimo. Se a diferença se mantiver então não mudo cabo nenhum.

Custo total da brincadeira: 12 reais em 4 metros de CAT6 :cool:

Vamos remando! :verde&:

Abração!

KANAHA
29-05-15, 11:49
Edu,

E Cláudio, só uma pergunta um tanto tola de alguém que jamais utilizou cola de contato na vida (já vi usando mas nunca meti a mão na massa). Essa cola, quando estiver no ponto para fixação das partes, corre algum risco de grudar em algum lugar que não seja o de destino? Por exemplo, na hora que for entrar com a peça na caixa ela acabar deixando um monte de cola na borda do buraco do alto-falante.

Só pergunto isso porque uma vez que terei o trabalho com a cola tanto faz que ela seja utilizada na manta asfáltica ou na peça de borracha. O trabalho será o mesmo.

Mas vou pensar com calma aqui... a idéia de jogar fora aquela borrachona não me agrada de jeito nenhum :laughing7:
A parte de como fixar a manta vai ajudar bastante na decisão.

Pense bem sobre não usar a borracha, pois com toda a certeza custa mais caro que a manta asfáltica, faça a medição de todos os paineis e corte a borracha dos respectivos tamanhos, depois de cortada a borracha aponte em cada painel para se certificar se todos estão cortados, numere com uma caneta de ponta grossa para retroprojetor cada peça de borracha e seu respectivo painel, passe uma fina camada de cola por dentro de toda a caixa com uma trincha larga e repita a operação com uma camada mais grossa 30 min depois, nas peças de borracha passe a cola com uma espátula de plástico espalhando bem por toda a superfície, repita a operação após 30 min, espere secar por 30 min e verifique se a cola está seca e não gruda mais no.s dedos.

Agora a etapa de colagem: Pegue cada peça de borracha começando pelo fundo e pelo tampo, segure a peça de borracha e posicione no painel nas pontas de ums das extremidades, vá posicionando a peça para que se fixe totalmente, com um pano esfregue a borracha para que toda a cola seja fixada, não se preocupe se ficar um pouco torto, pois a sobra você pode refilar com um estilete, o mais importante é que a borracha esteja bem fixada no painel, faça isso em todos os paineis e sempre refilando as sobras com estilete, aí você vai me perguntar, e as fendas que ficaram abertas nas junções por causa do refilamento e do posicionamente em algumas vezes imperfeito, simples, compre um tubo de silicone de vedação e vá colocando um pouco do produto no dedo e enchendo estas fendas depois é só passar uma esponja para retirar o excesso..... pronto sua caixa está forrada e com as emendas da borracha totalmente vedadas.

Faça o mesmo com o feltro inclusive usando o silicone de vedação para as emendas ..... sua caixa estará pronta para uso .... se preferir compre um pedaço de espuma perfilada (caixa de ovo) recorte na medida do painel do fundo, loficamente não esquecendo de fazer o furo para o duto, posicione e experimente com e sem e verifique o que gosta mais.


Lembrando que a cola de contato tem esse nome pois ela cola nela mesma, ou seja, você deve passar a cola na superficie que receberá a coisa e na coisa. Se a coisa for parecida com uma esponja, aplique uma vez, dê um tempo e aplique novamente.
Eu revesti minhas Q300 usando a cola, tomando cuidado não suja...suja as mãos, isso sim. Tenha thinner pra poder se limpar depois.

E NÃO VAI FICAR CHEIRANDO A COLA E O THINNER!!!!

Exatamente isso Rodger, eu também uso thinner para me limpar, mas é difícil me sujar pois uso luvas e depois a cola sai da luva esfregando, não esquecendo que o thinner para limpeza é o de segunda, o de primeira é usado para diluir tinta. Se por acaso a cola cair em algum lugar na caixa, é só esperar secar 30 min e esfregar para retirar.


Um detalhe importante: ao colar pano/tecido ou coisas similares só se aplica cola de contato no outro material...

E o solvente delas não é thinner: o nome do produto comercial é Reducola.

Rcardo, a reducola é igual, só não contem Toluol (Tolueno), e evapora bem mais rápido, mas quem quiser usar thinner é só ter uma boa máscara para não inalar o o tuoleno tanto da cascola quando do solvente no caso o thinner.



Bem, eu disse aquilo pois quando fiz segui o 'modo de usar' que está na embalagem:

4. Aplique uma camada uniforme de produto em ambas as superfícies com uma espátula dentada e aguarde a secagem (5 a 10 min). Para materiais porosos, é indicada uma segunda aplicação após 20 min da primeira.

E usei thinner pra me limpar mesmo hehe

Rodger, certíssimo o que você fez, LER SEMPRE O MODO DE USO, muita gente se depara com erros pois não leu direito o modo de uso do produto, só para que você tenha uma ideia, os pintores da minha equipe, usam um copo medidor para a diluição correta da tinta e eu sempre coloco o passo a passo das etapas afixado em um painel na obra e para "bater" a tinta, tenho 2 tamanhos de batetores de metal que são encaixados em uma furadeira com controle de velocidade, para sempre deixar a tinta homogênea antes da aplicação, e todos os rolos anti respingo são lavados com sabão neutro e secos na sombra para não endurecer os fios. Detalhe só uso tintas e complementos da Eucatex, são mais baratos do que os da mesma linha e tão bons quanto, além de eu ter consultoria técnica no local quando me deparo com algum problema, hoje mesmo o técnico vai verificar um muro de pedra de uma obra, que preciso impermeabilizar com aspecto semi brilho como me foi pedido, mas preciso saber quais os produtos que devo usar como base antes de aplicar a resina.


No caso da manta asfáltica a cola deve ser aplicada nas duas superfícies.

Exatamente Eduardo.


Radamés, não esqueça de comprar pelo menos 3 máscaras descartáveis da melhor qualidade que encontrar, peça auxílio a algum vendedor em lojas de tintas automotivas, se não encontrar eu faço uma foto das que meus funcionários usam e te envio para que compre igual.

Eduardo
29-05-15, 12:38
Radames,

Já vi muitos cabos feitos com o CAT, e tem todo um trançado que deve ser feito, um jeito certo de montá-lo, e acredito que você tenha seguido estas orientações.
Mas, como sempre, tem muita gente que elogia (vi um audiófilo num site certa vez que tinha gostado mais desse cabo do que um caríssimo que ele usava) e tem gente que não gosta.
Eu tenho a minha posição muito clara hoje: cada um ouve de uma forma diferente.
E, apesar de gente como o editor de uma certa revista mudar de opinião a todo momento, isso é um fato. Portanto, o cabo deve te agradar, mas não espere que a sua esposa vá gostar, que todos os seus amigos vão aprovar porque isso não vai acontecer.

Não é somente uma questão de gosto, pois muita gente confunde assim.
É correção que vai fazer com que seus ouvidos se adequem melhor as características específicas de cada cabo, fazendo com que você perceba mais detalhes ou mais harmonia nas frequências.

Faça seus testes e personalize o seu sistema para os seus ouvidos, não se preocupe com o que os outros acham. Seu sistema tem que agradar você e mais ninguém
Se você puder fazer isso com um dispositivo para realizar estas correções pontualmente e de forma mais precisa, ainda melhor.
Senão, ajuste da forma que melhor conseguir e seja feliz.

Abração

Radames
29-05-15, 12:41
Pois é, vou amadurecendo as idéias para que na hora de fazer as alterações eu não fique na dúvida. Os conselhos que vocês estão dando ajudam muito nesse aspecto.

É mais provável que eu acabe usando a borracha pois ela já está comprada. E realmente, ela custa um pouco mais caro que a manta asfáltica. Apesar de não ter aquela textura aparentemente mais adequada da manta, a borracha me pareceu mais densa. Ganha-se de um lado e perde-se de outro.

O amigo meu que está nos EU acabou de me enviar uma mensagem e disse que os capacitores chegaram ao hotel. De acordo com ele o capacitor de 47uf tem aproximadamente 5cm de largura, como o tamanho não é bem o que eu havia imaginado talvez não seja necessário fixá-lo no fundo da caixa. Com todo o material em mãos fica mais fácil pensar na instalação. :-bd

Abração!

Eduardo
29-05-15, 12:46
Um detalhe: mesmo colocando o sistema em mono, é importante saber que podem ocorrer diferenças em função da posição das caixas (esquerda/direta), em relação às características da sala e da própria caixa. É bom inverter os canais para confirmar os resultados.

Eu já testei um par de caixas Dynaudio (casadas) que apresentavam ligeira diferença entre elas, mas o suficiente para desequilibrar qualquer comparação.

Radames
29-05-15, 12:56
Pior que não segui nada, Edu...

Peguei o cabo como veio da fábrica, retirei o isolamento nas pontas e coloquei no lugar.
Sei que é um pensamento um tanto simplista de minha parte, mas fiquei naquela de que se o cabo funciona muito bem na casa dos MHz por 100 metros ele também deveria funcionar bem em 1 metro conduzindo alguns poucos Hz e KHz :laughing7:. Achar demais é um problema :laughing7:

Vou ver no que vai dar quando eu repetir o teste na semana que vem. Talvez até troque o cabo de canal no amplificador pois há um certo risco dessa diferença ser na eletrônica e não no cabo.

Aquelas tranças me parecem fazer mais sentido quando você precisa unir 4 ou 5 cabos para chegar a 6 ou 8mm². Para a pouca corrente que um só alto-falante recebe 1 cabo deve ser suficiente.

Se o resultado se mantiver depois do segundo teste vou decapar o cabo, trançar os pares como fizeram por aí e testar novamente.

Ainda tenho tempo para fazer muitos testes antes de colocar a mão na massa :-bd

Abração!

JIG
29-05-15, 17:02
Ok, vou considerar todas as observações :verde&:
Acho que até o fim de semana que vem já resolvo que material utilizar.

E mudando um pouco de assunto.
Ontem à noite resolvi fazer uns testes. Quando abri a caixa achei o cabeamento interno da caixa bem fraquinho, mas cumpre a função. Aí fiquei pensando: "Já vou trocar tanta coisa, porque não o cabeamento interno?"
E aí lembrei de algo que li muito na internet. A excelente qualidade do cabo CAT5 ou 6 (de rede estruturada) quando utilizado como cabo de caixa.
Como não costumo pular em buraco antes de conferir a profundidade resolvi testar.

Comprei alguns metros do cabo CAT6 da Furukawa para utilizar como cabo de caixa para as bookshelf. Juntando todos os cabos internos chego a 1,6mm², mais que suficiente para o equipamento em questão.
Para não viajar na maionese dos cabos resolvi trocar o cabo somente de um canal e utilizar o outro como controle.

Liguei as caixas e fui ouvir. Fiz como manda o figurino, converti o sinal para mono e alternei entre os canais no amplificador.
Inicialmente gostei do que ouvi, o som parecia ter um grave mais controlado e com um pouco mais impacto que o do canal controle, os médios pareciam mais naturais e os agudos idem.
Mas depois de um tempo resolvi fazer um teste diferente. Chamei a patroa, aumentei um pouco o volume e pedi que ela me falasse o que achava melhor. Ela estava sentada no sofá que fica uns 2 metros atrás de minha mesa. Para minha surpresa ela escolheu o flamenguinho. Achei aquilo estranho e troquei de lugar com ela. Fui para o sofá e ela alternava entre os canais.

Só aí pude perceber algo que não consegui com os ouvidos quase colados nas caixas. O som com o novo cabo ficou ligeiramente abafado!
Conferi as conexões, tudo ok, e repeti o teste. Mesmo resultado.

Bom, como falaram maravilhas desse cabo na internet ainda vou insistir mais um pouquinho. Vou deixá-lo no lugar por mais alguns dias e semana que vem repito o teste.

Sei que os dados objetivos mostram que amaciamento de cabos é conversa fiada e não condiz com a realidade, mesmo assim sempre escuto diferenças depois de algumas horas. Fazer o que?...
Se ficar melhor, ótimo. Se a diferença se mantiver então não mudo cabo nenhum.

Custo total da brincadeira: 12 reais em 4 metros de CAT6 :cool:

Vamos remando! :verde&:

Abração!



Como é a topologia e/ou geometria do cabo de caixa que vc fez com cabo cat6?

Radames
29-05-15, 17:41
Foi como comentei com o Eduardo, João, não fiz absolutamente nada na geometria do cabo, está exatamente como vem de fábrica. Só tirei o isolamento das pontas e os coloquei pra trabalhar.

Mas o Eduardo fez uma boa observação, além de trocar o canal no amplificador tenho que trocar também nas caixas para eliminar ainda outra variável.

KANAHA
29-05-15, 20:08
Ok, vou considerar todas as observações :verde&:
Acho que até o fim de semana que vem já resolvo que material utilizar.

E mudando um pouco de assunto.
Ontem à noite resolvi fazer uns testes. Quando abri a caixa achei o cabeamento interno da caixa bem fraquinho, mas cumpre a função. Aí fiquei pensando: "Já vou trocar tanta coisa, porque não o cabeamento interno?"
E aí lembrei de algo que li muito na internet. A excelente qualidade do cabo CAT5 ou 6 (de rede estruturada) quando utilizado como cabo de caixa.
Como não costumo pular em buraco antes de conferir a profundidade resolvi testar.

Comprei alguns metros do cabo CAT6 da Furukawa para utilizar como cabo de caixa para as bookshelf. Juntando todos os cabos internos chego a 1,6mm², mais que suficiente para o equipamento em questão.
Para não viajar na maionese dos cabos resolvi trocar o cabo somente de um canal e utilizar o outro como controle.

Liguei as caixas e fui ouvir. Fiz como manda o figurino, converti o sinal para mono e alternei entre os canais no amplificador.
Inicialmente gostei do que ouvi, o som parecia ter um grave mais controlado e com um pouco mais impacto que o do canal controle, os médios pareciam mais naturais e os agudos idem.
Mas depois de um tempo resolvi fazer um teste diferente. Chamei a patroa, aumentei um pouco o volume e pedi que ela me falasse o que achava melhor. Ela estava sentada no sofá que fica uns 2 metros atrás de minha mesa. Para minha surpresa ela escolheu o flamenguinho. Achei aquilo estranho e troquei de lugar com ela. Fui para o sofá e ela alternava entre os canais.

Só aí pude perceber algo que não consegui com os ouvidos quase colados nas caixas. O som com o novo cabo ficou ligeiramente abafado!
Conferi as conexões, tudo ok, e repeti o teste. Mesmo resultado.

Bom, como falaram maravilhas desse cabo na internet ainda vou insistir mais um pouquinho. Vou deixá-lo no lugar por mais alguns dias e semana que vem repito o teste.

Sei que os dados objetivos mostram que amaciamento de cabos é conversa fiada e não condiz com a realidade, mesmo assim sempre escuto diferenças depois de algumas horas. Fazer o que?...
Se ficar melhor, ótimo. Se a diferença se mantiver então não mudo cabo nenhum.

Custo total da brincadeira: 12 reais em 4 metros de CAT6 :cool:

Vamos remando! :verde&:

Abração!

Nunca usei CAT5 ou 6 para cabos, nem nunca descasquei para ver os condutores, não sei de qual tipo de cobre usado, a Furukawa indica : 4 pares trançados compostos de condutores sólidos de cobre nu de 23 AWG.

Não conheço ninguém que tenha feito cabos de caixas com CAT 5 ou 6 e não sei o resultado, entretando com citado pelo Eduardo muitos audiófilos já usaram estes fios trançados com geometrias específicas que deram bons resultados, o que usei até hoje empregando a mesma técnica foram cabos elétricos (vintages e New Old Stock) da Western Electric, mas não são todos os fios que tem boa qualidade de cobre, a Western Eletcric fornecia os cabos de toda rede aérea para eletricidade e dados (telégrafos e telefones) e estes cabos tinham blindagens super parrudas inclusive usando um tipo de esmalte com betume que os deixavam livres de oxidação. Fiz cabos de força e de sinal, os de força fiz dois modelos, um trançando 9 fios, 3 para fase, 3 para neutro e 3 para terra, depois depois trancei todos em uma só trança, o outro fiz trançando 12 fios, 4 para fase, 4 para neutro e 4 para terra, me lembro de ter usado os seguintes fios, 23AWG, 18AWG e 16AWG, da melhor linha que é de fio sólido com capa de algodão esmaltado, como estes abaixo.

Aqui abaixo um cabo de força montado por mim com instruções e fornecimento dos fios por este mesmo vendedor, hoje ele aumentou muito o valor dos fios que sobraram de seu estoque e dá preferência a vender os cabos montados por ele.

http://i426.photobucket.com/albums/pp347/clpa2008/Cabos/CabodeforaDiyWesternEletric.jpg?t=1298659865


Abaixo a matéria prima que ele tinha em estoque (eu usei os fios coloridos da parte de cima).

http://www.andexelec.com/member/60386/eshop/we-1.jpg


Acredito que este CAT 6 possa servir usando o mesmo princípio de trançamento, mas tente usar para os woofers 2 cabos (8 pares), assim o cabo ficará mais parrudo, e creio eu que para o médio e o tweeter 4 pares seja o suficiente, depois é só encapar os cabos trançados com fita Teflon e colocar termo contráteis nas pontas, se quiser poderá usar um sleeve de proteção transparente (como usei neste cabo de força acima) ou o preto mesmo, mas para dentro de uma caixa creio que não seja necessário, eu quando tenho sobras de sleeve acabo usando.

https://farm6.staticflickr.com/5587/14851606507_3e4e08c023_b.jpg

Se quiser experimentar os cabos da Western Electric você pode fazer uma busca em sites como o Ebay e colar os links aqui, assim eu poderei te ajudar na escolha dos fios, eu tenho comprado material de acabamento, em específico torneiras diferenciadas em sites como o Alibaba e tudo vem perfeitamente, mas sempre pago o imposto de importação, o material é muito bom, mas tem que saber escolher bem o fornecedor, e creio eu que no ebay seja da mesma forma, eu particularmente não gosto do ebay, nas pouquíssimas compras que fiz para entrega na casa de meu irmão na França, as encomendas não chegaram e as que chegaram vieram com defeito, no Aliexpress e Alibaba (que pertence aos mesmos donos) acho mais seguro e me entregam aqui com pouco tempo, alguns produtos chegam a demorar no máximo 20 dias, mas sempre peço o invoice ao fornecedor com a especificação do produto e o valor original, pois muitas vezes pedimos para colocar valores baixos e acabam abrindo a caixa para verificar, aí eles taxam como querem.

Renato
29-05-15, 22:38
Deu calo só de pensar... rs

Introdução
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-introducao.html


Os calos
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-model-1.html


A medição pelo saudoso Dantas.
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-dados-objetivos.html


Uma versão mais simples..
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-model-ii.html

:) :D

KANAHA
29-05-15, 22:42
Sobraram alguns metros de CAT5 da instalação da rede na empresa de minha esposa e vou usar para fazer cabeamento interno para umas books que estou modando, vamos ver como fica.

Depois eu experimento com outros, como o cat 6 e o cat 7, mas não sei se fará alguma diferença.

http://www.grandease.com/uploadfile/20100426/UTP_CAT5_CCAM_En.jpg

http://upload.ecvv.com/upload/Product/20126/China_Lan_Cable_Cat5_e_Lan_Cable_Cat6_a_Lan_Cable_ Cat7_CE_Certified_Cat5e_Cat6_Ethernet_Lan_Cable201 26141520198.jpg

http://customcable.ca/wp-content/uploads/2011/12/CAT5-vs-CAT6e-Twisted-Pair-Wire-.PNG

http://www.kabeltronik.de/media/thumbs/w/3/cat7_mobil_purflex.cae8d18d.jpg

http://ittechhouse.com/images/ittech/items/Cat7.jpg

KANAHA
29-05-15, 23:08
Deu calo só de pensar... rs

Introdução
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-introducao.html


Os calos
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-model-1.html


A medição pelo saudoso Dantas.
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-dados-objetivos.html


Uma versão mais simples..
http://audiokit.com.br/das/cabos/cat6-model-ii.html

:) :D

Renatão, eu não tenho esse problema, minha sogra tem salão de cabelo e sabe fazer tranças como ninguém ...... imagine quem trança todos os meus cabos ......kkkkkkkkkkkkkkkkkk, e de sobra ela como boa mineira cozinha muito bem ........ e como carreguei a filha dela comigo ........ ela então agradece fazendo todas as minhas vontades ..... kkkkkkkkkkkkkk...... tem que ver quando peço bacalhau ao forno e um cozido com tudo que tenho direito, com todas as carnes maravilhosas e até com milho e banana ....... é uma festa só, meu sogro agradece ........kkkkkkkkkkkk e entra com o vinho, eu entro só com a barriga, já que fiz o favor de levar a filha dela ............ kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eduardo
30-05-15, 08:59
eu particularmente não gosto do ebay, nas pouquíssimas compras que fiz para entrega na casa de meu irmão na França, as encomendas não chegaram e as que chegaram vieram com defeito, no Aliexpress e Alibaba (que pertence aos mesmos donos) acho mais seguro e me entregam aqui com pouco tempo, alguns produtos chegam a demorar no máximo 20 dias, mas sempre peço o invoice ao fornecedor com a especificação do produto e o valor original, pois muitas vezes pedimos para colocar valores baixos e acabam abrindo a caixa para verificar, aí eles taxam como querem.

Cláudio, eu não tenho problemas com o ebay. É preciso bastante atenção para avaliar o vendedor. Eu sempre busco vendedores com mais de 97% de aprovação e que não tenham muitas avaliações negativas recentes, de preferência com mais de 3 ou 4 mil negócios realizados.

Já no Aliexpress comprei um celular Cubot que veio com defeito. É um pouco de sorte também, pois este mesmo aparelho já foi comprado e até recomendado aqui sem qualquer problema.

Porque você não abre um tópico sobre como comprar no Aliexpress e Alibaba, com dicas, recomendações, instruções de pagamento, etc? Percebo que muitos gostariam de fazer comprar nestes sites mas não têm muita afinidade com esse tipo de comércio.
Poderíamos abrir um específico também para o ebay e assim criar tópicos dedicados a compras online no exterior. O que vc acha?

Abração

KANAHA
30-05-15, 11:08
Cláudio, eu não tenho problemas com o ebay. É preciso bastante atenção para avaliar o vendedor. Eu sempre busco vendedores com mais de 97% de aprovação e que não tenham muitas avaliações negativas recentes, de preferência com mais de 3 ou 4 mil negócios realizados.

Já no Aliexpress comprei um celular Cubot que veio com defeito. É um pouco de sorte também, pois este mesmo aparelho já foi comprado e até recomendado aqui sem qualquer problema.

Porque você não abre um tópico sobre como comprar no Aliexpress e Alibaba, com dicas, recomendações, instruções de pagamento, etc? Percebo que muitos gostariam de fazer comprar nestes sites mas não têm muita afinidade com esse tipo de comércio.
Poderíamos abrir um específico também para o ebay e assim criar tópicos dedicados a compras online no exterior. O que vc acha?

Abração

Eduardo,

90% do que comprei no Ebay, que por sinal foi muito pouco, não fiquei satisfeito, já encontrei muitos vendedores vendendo "gato por lebre", um destes vendedores estava oferecendo cabos como se fossem Kimber Kables originais, depois eu soube que ele fez uma máquina manual para trançar os cabos com a mesma geometria usada pela Kimber e usava cabos com capa da mesma cor.

Eu compro produtos para áudio normalmente em representantes das marcas na Europa, pois fica mais fácil a entrega na casa de meu irmão, sempre chega muito rápido, as vezes em até dois dias, e sei que estou comprando produtos originais. Também compro em pequenas lojas de peças de reposição na França, pois fica bem fácil a compra, verifico o que existe disponível, fecho a compra e peço para meu irmão buscar e depois é só depositar o valor da conta dele no Banco do Brasil.

Podemos sim abrir um tópico com o título "Dicas para comprar no Ebay e no Aliexpress", mas deixo para você abrir este tópico e escolher um título melhor ou mais adequado.

O Alibaba, é para comprar por atacado inclusive muitas empresas oferecem produtos por ODM, isto que dizer com sua marca impressa.

Eduardo
30-05-15, 11:38
Caramba!!! 90% ????
Eu compro do ebay, pelo que me lembro, desde 2007, e nunca comprei qualquer produto falsificado.

A primeira coisa que devemos fazer é ver a qualificação dos vendedores. Se o vendedor tem milhares de vendas concretizadas não é um pilantra, pois a comunidade já teria denunciado.
Tem também a compra protegida, que garante o reembolso em caso de problemas na negociação.

É óbvio que se você comprar um celular que todos estão vendendo a 400 dólares que alguém está vendendo a 200 dólares, de um chinês com 100 ou 200 negociações concretizadas e 70% de satisfação, provavelmente vai estar comprando uma bela encrenca.
Eu já comprei desde cartões de memória até máquina fotográficas profissionais de mais de 1.000 dólares, e não tenho o que reclamar.

Façamos o seguinte: deixe que quanto ao ebay eu preparo o tópico, pois estou mais familiarizado com o site e posso dar as orientações mais seguras.
Vamos ao tópico e depois apago estas mensagens não relacionadas ao tema aqui. :OK:

Foram 178 negociações sem problemas, e somente como comprador. Só para provar que não estou mentindo:

http://feedback.ebay.com/ws/eBayISAPI.dll?ViewFeedback2&userid=edu-brazil&ftab=AllFeedback

Radames
30-05-15, 13:54
Ebay é complicado. Já dei o azar de comprar algumas coisas falsificadas. O problema é que à primeira vista o produto parece original, mas na hora que coloca pra funcionar dá zebra.
Um exemplo foi o par de OpAmps que comprei, aqueles 637SM da Burr Brown. O preço estava dentro da média e as marcações eram idênticas aos originais. O problema é que não consegui usar até uns 3 anos depois de comprados. Quando finalmente consegui um uso para eles (dei para meu pai) soaram muito bem, depois descobrimos que estavam esquentando demais. Chegou ao ponto de quase queimar a placa de som.
Depois dessa eles voltaram aqui pra casa e estão sobre minha mesa para me lembrar de não comprar esse tipo de componente em lojas virtuais, principalmente chinesas. A partir daí só comprei transistores, capacitores e afins de lojas confiáveis, como a Farnell. Não tive mais problemas.


E um update sobre o cabo de rede:
Fiquei com a impressão de que a diferença entre os canais diminuiu um pouco, mas estou desconfiado é de que a diferença seja mesmo na eletrônica ou nas caixas.
Vocês sabem que sou um desses doidos que escuta diferenças nos cabos, mas na maioria das vezes essa diferença é marginal. O que estou percebendo aqui é uma diferença grande demais para ser só cabeamento.
Vou esperar o bicho terminar de amaciar e depois faço o teste mais completo. :OK:

Abração!

PS: Há uma outra diferença entre o CAT5 e 6, a bitola do fio no 6 é ligeiramente maior. AWG24 no cat5 e 23 no 6.

Russo
30-05-15, 14:14
Eduardo,

Comprei um segundo celular Cubot para minha esposa e veio sem problemas. Ela está adorando o aparelho. Comprei do mesmo vendedor do primeiro.
Lamento que tenha tido azar. O aparelhinho é muito bom. Só ver os reviews na web.

Abraço,

Eduardo
30-05-15, 16:12
Radames,

OpAmp falsificado? Estranho. Acredito mais em lote defeituoso ou refugo.
É preciso cuidado para comprar em qualquer loja virtual, seja eBay, Mercado Livre, Alibaba e até Amazon. Eu comprei um DVD de um vendedor filiado da Amazon e veio um CD. Mostrei que o anúncio era do DVD, mas nem resposta tive.

Mesmo no Mercado Livre que todo mundo reclama, eu jamais tive qualquer problema. Mostrei aqui, foram 178 negociações que fiz no eBay, e podem ver lá, nenhum problema.
Vou montar um roteiro para comprar com segurança nas lojas virtuais. Talvez sejam os cuidados que eu tomo que fazem a diferença.

Russo,

Meu amigo...
Pois é, eu vi o seu comentário do celular e comprei um para usar no escritório, mas ele começou com um mau contato no fone interno e agora só funciona com fone de ouvido, e a sensibilidade de toque dele é muito ruim. Quando tiver tempo vou ver se conserto isso. Dever ser algo simples.
Mas, vi muitas avaliações positivas do aparelho e por isso me animei mais ainda para comprar. Acho que dei azar mesmo.
Eu compraria novamente. Gostei dele e falam muito bem, mas dei azar com essa unidade.


Abração

KANAHA
30-05-15, 19:32
Caramba!!! 90% ????
Eu compro do ebay, pelo que me lembro, desde 2007, e nunca comprei qualquer produto falsificado.

A primeira coisa que devemos fazer é ver a qualificação dos vendedores. Se o vendedor tem milhares de vendas concretizadas não é um pilantra, pois a comunidade já teria denunciado.
Tem também a compra protegida, que garante o reembolso em caso de problemas na negociação.

É óbvio que se você comprar um celular que todos estão vendendo a 400 dólares que alguém está vendendo a 200 dólares, de um chinês com 100 ou 200 negociações concretizadas e 70% de satisfação, provavelmente vai estar comprando uma bela encrenca.
Eu já comprei desde cartões de memória até máquina fotográficas profissionais de mais de 1.000 dólares, e não tenho o que reclamar.

Façamos o seguinte: deixe que quanto ao ebay eu preparo o tópico, pois estou mais familiarizado com o site e posso dar as orientações mais seguras.
Vamos ao tópico e depois apago estas mensagens não relacionadas ao tema aqui. :OK:

Foram 178 negociações sem problemas, e somente como comprador. Só para provar que não estou mentindo:

http://feedback.ebay.com/ws/eBayISAPI.dll?ViewFeedback2&userid=edu-brazil&ftab=AllFeedback

Fico no aguardo :-bd

KANAHA
31-05-15, 16:57
Radamés,

Para que não tenha tanto trabalho compre alguns metros de cabos da Discabos, aqui abaixo o link e os cabos sugeridos que inclusive já usei e são bastante honestos.

http://discabos.com.br/

http://discabos.com.br/produtos/audio/cabos-paralelos/cabo-paralelo-hi-definition/

Quando usei estes cabos em uma vintage de 3 vias com dois woofers, usei o cabo de 3mm para os woofers, e de 1,5mm para o médio e tweeter, compre os conectores de latão para crimpar que você encontra em qualquer loja de eletrônica, compre também um bom alicate de corte daqueles pequenos e um alicate para crimpar, eu uso também um cortador de fios da Audioquest, mas é igual a muitos genéricos que tem por aí.

http://www.audioquest.com/wp-content/uploads/2012/01/itc_1step_stripper_primary.jpg

Radames
31-05-15, 18:40
Mas o interessante é a experiência! :verde&:
Vai que o cabo de rede fica fenomenal? :laughing7:

E sobre os conectores, estou pensando seriamente em abolir mais essa conexão. O mais provável é que eu solde os cabos direto nos terminais dos falantes. Sou da filosofia de que quanto menos emendas, melhor!

Abração!

Eduardo
31-05-15, 19:00
E sobre os conectores, estou pensando seriamente em abolir mais essa conexão. O mais provável é que eu solde os cabos direto nos terminais dos falantes.

É uma boa opção.

mmbdp
31-05-15, 21:56
E sobre os conectores, estou pensando seriamente em abolir mais essa conexão. O mais provável é que eu solde os cabos direto nos terminais dos falantes. Sou da filosofia de que quanto menos emendas, melhor!

Abração!


É uma boa opção.

Aqui eu fiquei na dúvida de que conector, de que marca e modelo seria melhor. Usei nenhum. Mais barato e sem risco de perder nos correios.

Radames
01-06-15, 11:01
Pois é :laughing7:
As coisas que me incomodam são a certeza de que haverá oxidação desta conexão no futuro e a razoável possibilidade dos conectores se folgarem depois de um tempo. Solda nunca vai dar esse problema.

E sobre o cabo,
Me lembrei de uma coisa, tenho aqui em casa uns 4 metros de um cabo da Gutwire guardado na gaveta. Esse aqui (http://www.gutwire.com/index.php?page_id=269).
Acho que ao invés de ficar brincando com geometrias de cabo de rede vou só colocar esse no lugar e problema resolvido.
Certamente ele é de melhor qualidade que o original. Para apenas alguns centímetros de cabo com o SNR desse tamanho a diferença no som vai ser mínima.

Abração!

KANAHA
01-06-15, 20:41
Pois é :laughing7:
As coisas que me incomodam são a certeza de que haverá oxidação desta conexão no futuro e a razoável possibilidade dos conectores se folgarem depois de um tempo. Solda nunca vai dar esse problema.

E sobre o cabo,
Me lembrei de uma coisa, tenho aqui em casa uns 4 metros de um cabo da Gutwire guardado na gaveta. Esse aqui (http://www.gutwire.com/index.php?page_id=269).
Acho que ao invés de ficar brincando com geometrias de cabo de rede vou só colocar esse no lugar e problema resolvido.
Certamente ele é de melhor qualidade que o original. Para apenas alguns centímetros de cabo com o SNR desse tamanho a diferença no som vai ser mínima.

Abração!

Aproveite mesmo este cabo, gostei bastante do que ví no site.

A solda também acho uma boa, eu só não uso porque os conectores que tenho estocados são importados e revestidos com ouro e uso um alicate de aperto que deixa bem firme, e se quiser soltar uso o mesmo alicate só que em posição contrária. Aconselho usar solda importada com prata ou a nacional da marca BEST modelo 189 MSX azul.

Quero arrumar um tempo para começar o mod em minhas caixas, mas estou finalizando uma obra para entrega dentro de 30 dias e começando uma outra, por sinal hoje já com uma parte da equipe de pedreiros.

Eduardo
01-06-15, 20:58
Aproveite mesmo este cabo, gostei bastante do que ví no site.

Concordo !!! Acho uma boa idéia mesmo. :OK:

VTR
01-06-15, 22:12
Sugestão aos colegas:

A melhor solda nacional: Best 183 MSX08 ou 10 (63% estanho, 37% chumbo)
É a liga eutética: a que se funde na menor temperatura.

Ou a mesma liga na concorrente Cobix: tb excelente (e preço melhor...)

Muitos não conhecem: solda Best de prata 4% e 96% estanho, livre de chumbo.
Com paciencia é possivel localizar no comércio nacional.

44454446

thereizein
01-06-15, 22:29
Boa dica vtr. Realmente nunca vi solda prata da best por ai. Parece que está fora de catálogo.

VTR
01-06-15, 22:46
Bem dificil de ser localizada mas com alguma pesquisa (e sorte...) encontra-se.

Sugestão: ligar/escrever para os representantes/empresas de soldas para eletro-eletronica.
Eles sabem quem tem a venda.

http://www.soldabest.com.br/suporte_tecnico.htm

Eduardo
01-06-15, 22:47
Essa é a solda que você usa? Vencida???? Não tem vergonha?


Estou brincando... :verde&:

VTR
01-06-15, 22:59
Ué... num precisa guardar em geladeira!

:laughing7:

KANAHA
02-06-15, 09:07
Sugestão aos colegas:

A melhor solda nacional: Best 183 MSX08 ou 10 (63% estanho, 37% chumbo)
É a liga eutética: a que se funde na menor temperatura.

Ou a mesma liga na concorrente Cobix: tb excelente (e preço melhor...)

Muitos não conhecem: solda Best de prata 4% e 96% estanho, livre de chumbo.
Com paciencia é possivel localizar no comércio nacional.

44454446

Ricardo, eu também não conhecia esta solda da Best com prata, vou tentar achá-la, pois as importadas estão caras e eu estou comprando aos poucos.

Costumo comprar a Cardas Tri Eutectic e a WBT, mas está difícil encontrar com bom preço, um rolo de 100 gramas está custando em torno de USD 50,00.

Russo
02-06-15, 11:07
Ow!!!

Achei que só eu tinha essa solda com prata da Best!!!

Tenho um "rolinho" deste faz um tempão (a minha também tá vencida) e uso só ela para meus cabos e traquinagens semi-eletrônicas. kkk...

Só que tem de ter um ferro de solda um pouco mais potente, pois ela é meio complicada de "derreter" e endurece rapidinho. Bom treinar um pouco antes.

Nunca mais vi dela para comprar. Se bem que esse "rolinho" tem muuuita solda ainda.

Abração,

Eduardo
02-06-15, 11:30
Cuidado que solda vencida pode dar dor de barriga... :verde&:

VTR
02-06-15, 11:35
Ow!!!

Achei que só eu tinha essa solda com prata da Best!!!

Tenho um "rolinho" deste faz um tempão (a minha também tá vencida) e uso só ela para meus cabos e traquinagens semi-eletrônicas. kkk...

Só que tem de ter um ferro de solda um pouco mais potente, pois ela é meio complicada de "derreter" e endurece rapidinho. Bom treinar um pouco antes.

Nunca mais vi dela para comprar. Se bem que esse "rolinho" tem muuuita solda ainda.

Abração,

Linhás eu acho que há muitos anos atras foi vc que me passou essas fotos da Best de prata.... kkk

Aí eu fui atras e consegui uns rolinhos dela e de outras mais especiais com o representante.

Toda solda sem chumbo (ou em pouca quantidade dele na liga) é mais chata para soldar pois a temperatura de fusão do estanho é bem mais alta.
Essa sua não contem chumbo e funde-se a 221 graus centigrados (221 MSY)
A liga de 63% de estanho e 37% de chumbo funde-se a 183 graus (183 MSX) que é o o menor valor que se consegue para fusão de uma liga dos 2 metais em questão.

É a liga/temperatura eutética onde o ponto de fusão desta composição é menor que o de seus componentes isolados Sn e Pb (183 °C, contra 232 °C e 327 °C, respectivamente)

[ ]
R.

Luke
02-06-15, 18:29
Enquanto isso, lá fora tem gente fazendo mod em 801N

It's a N801 with Accuton drivers, C173 and C30, with a active crossover for the bass, and a 6dB filter between mid and tweeter

http://i59.tinypic.com/w024nt.jpg

link: http://www.diyaudio.com/forums/multi-way/263534-b-w-signature-800-upgrade-diamond-tweeter.html

:cool:

Eduardo
02-06-15, 19:01
Estes falantes da Accuton são muito elogiados lá fora.

Radames
02-06-15, 19:22
Conversa pra gente grande...
Minha perspectiva é bem mais pé no chão :laughing7:

Esses Accuton são elogiados lá fora e por aqui também. Em BH o Marcio Ribeiro fez um par de caixas com woofers e midrange dessa marca, o tweeter foi o NeoX II. Os que ouviram a caixa falaram que ficou de cair o queixo.

Mas bem, acho que é mais uma atualização da tecnologia do que só um mod.
Um driver excelente feito a 15 anos atrás (o caso dessa BW) é significativamente pior que um excelente driver atual. Tecnologia de materiais e eletrônica evolui nesse meio tempo. Fora crossover ativo e outras firulinhas, né?

E sobre as soldas, tenho algumas excelentes aqui em casa. Ganhei de um grande amigo meu :-bd
Só não sei se para este fim compensa gastar a Cardas :cool:

Abração!

KANAHA
02-06-15, 19:43
Radamés, em que pé está o Mod do gabinete?

E os capacitores, já chegaram?

Se quiser mudar os indutores e resistores, os que o Vitório da EAM fabrica são muito bons, é só perguntar ao Renato.

https://www.eam.com.br/loja/componentes/indutores-fio-16-awg.html

https://www.eam.com.br/loja/componentes/resistores-ceramicos-20w-5/resistores-ceramicos-20w-5.html


Já decidiu quais cabos vai usar no novo cabeamento?

Radames
02-06-15, 20:02
Ainda estou esperando tudo chegar, Cláudio.
Os capacitores provavelmente vou pegar hoje, já estão aqui perto de casa :verde&:
Acho que indutores e resistores não vou mexer, pelo menos por enquanto. No caso dos indutores, acho que ficariam grandes demais, eu seria praticamente obrigado a montar o crossover fora da caixa. Fora que não vi o valor deles e meu multímetro não mede indutância :verde&:

O cabo é quase certo usar o Gutwire mesmo. Acho que vai ficar legal.

Comprei também alguns bornes, esses devem chegar só na semana que vem. Os originais das caixas são sofríveis.

Colocar efetivamente a mão na massa só dia 11 e 12. Minha esposa, que é bastante sensível a cheiros, vai viajar, então fica mais tranquilo mexer com a cola de contato.

O projeto está passando um pouco do que eu previa, mas acho que vai compensar. :verde&:

Abração!

ZeLuiz
02-06-15, 21:42
Enquanto isso, lá fora tem gente fazendo mod em 801N

It's a N801 with Accuton drivers, C173 and C30, with a active crossover for the bass, and a 6dB filter between mid and tweeter

link: http://www.diyaudio.com/forums/multi-way/263534-b-w-signature-800-upgrade-diamond-tweeter.html

:cool:


Uau! Até o famoso tweeter Nautilus dançou nesse upgrade!!! Deve ter fã da marca se revirando na tumba...

Radames
02-06-15, 22:05
Capacitores na mão :-bd

Acabei de medir e todos estão dentro da tolerância.
Só não gostei dos de 22uf, os dois deram 0,7uf de diferença para baixo (pelo menos estão iguais, deve ser o lote).
Essa diferença vai interferir pouco, eu sei, mas considerando o nível dos caps eu esperava mais.

Abração!

VTR
02-06-15, 23:21
Capacitores na mão :-bd

Acabei de medir e todos estão dentro da tolerância.
Só não gostei dos de 22uf, os dois deram 0,7uf de diferença para baixo (pelo menos estão iguais, deve ser o lote).
Essa diferença vai interferir pouco, eu sei, mas considerando o nível dos caps eu esperava mais.

Abração!

Ihhh...

As cxs não vão responder abaixo de 28 Hz!
Sacanagem viu.

Fotos?

KANAHA
03-06-15, 09:13
Ainda estou esperando tudo chegar, Cláudio.
Os capacitores provavelmente vou pegar hoje, já estão aqui perto de casa :verde&:
Acho que indutores e resistores não vou mexer, pelo menos por enquanto. No caso dos indutores, acho que ficariam grandes demais, eu seria praticamente obrigado a montar o crossover fora da caixa. Fora que não vi o valor deles e meu multímetro não mede indutância :verde&:

O cabo é quase certo usar o Gutwire mesmo. Acho que vai ficar legal.

Comprei também alguns bornes, esses devem chegar só na semana que vem. Os originais das caixas são sofríveis.

Colocar efetivamente a mão na massa só dia 11 e 12. Minha esposa, que é bastante sensível a cheiros, vai viajar, então fica mais tranquilo mexer com a cola de contato.

O projeto está passando um pouco do que eu previa, mas acho que vai compensar. :verde&:

Abração!

Não mexe então nos indutores nem nos resistores, mude somente os capacitores. Para poder fixar os capacitores na mesma placa use cola quente na base dos capacitores, é mole de usar, só queima um pouco os dedos .....rsrsrsrsrsrs

Eu acho que os cabos Gutwire serão uma boa opção.

Vai mudar os bornes (Binding Posts)? Eu achei os originais bem razoáveis, depois poste fotos dos novos e dos originais, talvez sejam diferentes dos que estão nas minhas caixas.

Não esquece de postar fotos do passo a passo e em detalhes.

Não esquenta, Mod é assim mesmo, a gente faz uma previsão e depois muita coisa acaba mudando.

Eu tenho muitas sobras de cabos aqui e estou pensando em usar um pedaço de Type6 da Audioquest para os Woofers, é uma pena, pois o Type6 é caro, mas tenho pedaços pequenos que sobraram de uma montagem de um trio de cabos frontais que fiz no ano passado (que dava até para fazer excelentes jumpers), vou retirar a capa, trançar para aproveitar o máximo, pois o cabo vem com 6 condutores, pretendo usar 6 para os woofers e 4 para o médio e tweeter, se faltar, eu uso um DH Labs de prata que também tenho pedaços aqui para o médio e o tweeter.

Radames
03-06-15, 10:51
Ihhh...

As cxs não vão responder abaixo de 28 Hz!
Sacanagem viu.

Fotos?

Eu tenho que aprender pelo menos o básico sobre funcionamento de crossovers passivos... Não entendo patavina sobre como cada componente interfere na filtragem. Capacitores e indutores filtram tanto as altas quanto as baixas! Isso me confunde :laughing7:
Mas tem stress não... eu faço um bypass com um cap pequeno :-bd

Depois tiro umas fotos das crianças e posto :OK:



Não mexe então nos indutores nem nos resistores, mude somente os capacitores. Para poder fixar os capacitores na mesma placa use cola quente na base dos capacitores, é mole de usar, só queima um pouco os dedos .....rsrsrsrsrsrs

Eu acho que os cabos Gutwire serão uma boa opção.

Vai mudar os bornes (Binding Posts)? Eu achei os originais bem razoáveis, depois poste fotos dos novos e dos originais, talvez sejam diferentes dos que estão nas minhas caixas.

Não esquece de postar fotos do passo a passo e em detalhes.

Não esquenta, Mod é assim mesmo, a gente faz uma previsão e depois muita coisa acaba mudando.

Eu tenho muitas sobras de cabos aqui e estou pensando em usar um pedaço de Type6 da Audioquest para os Woofers, é uma pena, pois o Type6 é caro, mas tenho pedaços pequenos que sobraram de uma montagem de um trio de cabos frontais que fiz no ano passado (que dava até para fazer excelentes jumpers), vou retirar a capa, trançar para aproveitar o máximo, pois o cabo vem com 6 condutores, pretendo usar 6 para os woofers e 4 para o médio e tweeter, se faltar, eu uso um DH Labs de prata que também tenho pedaços aqui para o médio e o tweeter.

Pior que a placa precisa estar na mão pra ver como será a acomodação dos componentes. Os capacitores de 4.7 e 10uf vai ser tranquilo, já os de 22 e 47... Aqueles ali vão requerer um certo grau de criatividade e ginástica... Uma pena que os leads são bem curtos e vão me obrigar a recorrer a adaptações (vulgarmente conhecidas como gambiarras).

Os bornes resolvi trocar porque os originais são muito frouxos e não dão aperto direito. A folga e aspereza das roscas é tão grande que fiquei com medo delas espanarem depois de alguns usos. Como uso o fio direto no borne é melhor não arriscar.

Mas, exceto pelos bornes, já tenho tudo em mãos. Falta só chegar o dia da montagem :-bd

Abração!


EDIT:

A foto que o Ricardo pediu :verde&:

4448

Estão na ordem: 47, 22, 10, 4.7 e 3.3uf.
O de 3.3 é para uma brincadeira que farei daqui um tempo. Só aproveitei a viagem :-bd

ZeLuiz
03-06-15, 11:10
Será que um treco desses funciona mesmo como no vídeo?
https://www.youtube.com/watch?v=go2W2JfPcF8#t=10

Radames
03-06-15, 11:22
Sério, não sei se gostei...
Para algumas situações onde só dá pra usar uma das mãos até que vai. Aliás, isso é uma mão na roda pra deficientes.
Mas para uso normal fica complicado, vai ser mais difícil limpar a ponta do ferro (coisa que a gente faz o tempo todo) e a aplicação da solda não me pareceu muito precisa, o risco de bagunça e erros aumenta bastante.

VTR
03-06-15, 13:09
É...
Deve ser ótimo para soldar op amps...

JulioCesar
03-06-15, 15:29
Olá Rada , onde comprou os Caps ?

Radames
03-06-15, 15:50
A compra foi pela Amazon, mas quem entrega é a Parts Express.

JulioCesar
03-06-15, 16:50
Legal , não sabia que a Parts Express vendia na Amazon . Grato !

Thassio Ricardo
03-06-15, 23:29
Quando fiz o MOD nas minhas caixas comprei os capacitores nessa loja.
http://www.hificollective.co.uk/

Usando o frete grátis demora uma eternidade, mas se usar o pago chega bem rápido e não paguei imposto.

Um abraço
Thassio

KANAHA
03-06-15, 23:53
Quando fiz o MOD nas minhas caixas comprei os capacitores nessa loja.
http://www.hificollective.co.uk/

Usando o frete grátis demora uma eternidade, mas se usar o pago chega bem rápido e não paguei imposto.

Um abraço
Thassio

Thassio, esta loja é ótima, já comprei muito nela, mas sempre peço a entrega para a casa de meu irmão, depois ele me envia tudo junto com livros, CDs, DVDs e BDs.

O frete grátis para a Europa é muito rápido no máximo 3 dias, para o Brasil nunca experimentei, vou experimentar na próxima compra.

O que mais gosto nesta loja é a variedade de marcas e modelos, capacitores então nem se fala, tem até modelos NOS (New Old Stock), para recuperar divisores víntages com os mesmos caps originais.

Thassio Ricardo
04-06-15, 22:08
Cláudio,

Não recomendo mesmo o frete grátis para o Brasil.
Demorou 4 meses para chegar, tanto que dei como perdido e a empresa sem pestanejar me mandou novamente a encomenda desde que eu pagasse o frete com rastreio. Já que o grátis é sem rastreio. Um belo dia a encomenda apareceu na minha porta. Questionei a empresa sobre a devolução e eles não quiseram. Fiquei então com uma porrada de capacitores Mundorf guardado.
Depois quando comprei os da Clarity fiz questão de pagar o frete que dá opção de rastreio e veio bem mais rápido. Na época chegou em menos de 1 mês.


Um abraço
Thassio

Radames
08-06-15, 20:41
Bem, agora sim estou com todo o material em mãos. Chegaram os bornes!

4461

Os achei excelentes. A rosca é mais precisa e macia, sem aquela sensação de rosca de parafuso enferrujado da original, a peça central é usinada com local adequado para solda. Nada de rabichos :laughing7:
Um detalhe interessante é que esses conectores já estão no Brasil a 4 anos. Ficaram esse tempo todo guardados em alguma caixa no Rio de Janeiro, cidade inimiga n°1 de qualquer metal, e vocês podem ver na foto o quanto oxidaram...
Pelo menos de qualidade de material não posso me queixar :-bd

Abração!

mmbdp
08-06-15, 21:32
Isso é cariocofobia!

Eu Protesto!

Radames
08-06-15, 21:53
Reclame com a maresia.
Protesto negado!

VTR
08-06-15, 22:03
:laughing6:

mmbdp
08-06-15, 22:35
Eu recorro, pois os seus bornes passaram quatro anos aqui e nada de maresia agir.

Culpe os fabricantes! Não o oceano!

Radames
08-06-15, 22:47
Ok, ok... Recurso deferido.

Mas isso não exclui o fato que, de maneira geral, metais se decompõem rapidamente por aí. :laughing7:

Eduardo
09-06-15, 17:40
Culpa do oceano sim, que provoca essa maresia. Também do fabricante, que não faz um produto mais resistente. Culpa também do comprador, que não se informa melhor antes de comprar.
Trata-se de clara formação de quadrilha para assassinar a qualidade do som... :verde&:

Radames
09-06-15, 18:54
Eu devia ter encaminhado o recurso direto pra instância superior... :laughing6:

KANAHA
09-06-15, 19:00
Estes bornes receberam um revestimento com um tipo de ouro especial que só é encontrado no baixo Egito, o metal base é uma liga de telurio e berílio com um tipo de cobre raríssimo das minas jurásicas do méxico, esta fusão da base e o revestimento são feitos em equipamentos especiais em atmosfera modificada em uma base da NASA na Florida e depois conservados em câmaras de maturação de metais por 6 meses, só assim os bornes recebem o acabamento em termoplástico aeroespacial.

Exatamente por isso não oxidam, ou vocês acham que High- End é só uma palavrinha bonita.

saltit& =))

Eduardo
09-06-15, 19:03
Pelo menos não mataram um tubarão para fabricá-lo...

Radames
09-06-15, 19:16
Esqueceram de falar que os bornes foram refrigerados até 1°k... :happy3:

KANAHA
09-06-15, 19:24
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Radames
11-06-15, 12:21
Comecei a brincadeira :cool:

Até o momento, sem qualquer imprevisto.

4483
Médio em câmara isolada, gostei do que vi, mas não tinha quase nada de absorção

4484
4485

Câmara dos woofers: Essa aí nós já sabíamos como era. Mas acho que vou colar a borracha só na parte inferior, que é onde há mais ressonância do gabinete. O resto fica legal só com o feltro betumado.


Eu tinha achados os bornes ruins, mudei de idéia...

4486


E a parte do quebra-cabeça. Encaixar os componentes sem que fique ridículo de feio :laughing6:

4487


Abração!

KANAHA
11-06-15, 12:33
Radamés, eu colocaria a borracha em todo o gabinete e se puder coloque mais borracha na base, assim a caixa ganhará mais peso e você terá graves mais controlados.

Quanto ao divisor, talvez seja melhor remontá-lo em uma base de MDF, como este divisor abaixo.

4488

Radames
11-06-15, 19:11
Seria o ideal, Cláudio, mas não vou ter tempo pra fazer isso não :laughing7:

Aliás, se fosse o caso de refazer completamente o crossover eu trocaria também os indutores por outros de núcleo de ar, resistores e por aí vai.
Mas quero algo simples e rápido para fazer. Hoje mesmo, desmontei a caixa, arrumei tudo e recebi uma ligação que interrompeu o processo. Só voltei ao trabalho agora. E tenho prazo pra acabar, ou o respeito ou a Dona Onça volta pra casa e não posso mais usar a cola :laughing6:

Mais pra frente mando outras fotos :-bd

Abração!

sandrovt
12-06-15, 20:42
Já chegaram as minhas caixas usadas, Energy RC 70. Agora preciso da ajuda dos colegas para descobrir os componentes do CROSS, fiação, forração, etc....enfim, quero dar uma recauchutada, as caixas estão em bom estado de conservação e tocando, mas sou muito chato, quero fazer uma geral, sem falar de uns amassos na quina de um lado de uma das unidades, inclusive vontade de trocar o tweeter, já achei com um Amigo aqui o marceneiro.

Um abração.

Radames
18-06-15, 13:03
Bom pessoal, demorei um pouco mas venho dar o feedback sobre o mod nas caixas.

Correu tudo tranquilo, tirei as medidas antes e cortei as peças de forração para as duas caixas, gastaria mais tempo na primeira mas economizaria na segunda. Com as placas no tamanho certo foi só uma questão de passar a cola e encaixar no lugar. Sem sofrimento algum.

4509

4510

4511

4512

Não teria conseguido fazer absolutamente nada sem a providencial colaboração de minhas ajudantes :laughing7::

4506


Depois do revestimento da caixa concluído passei para a eletrônica. O desafio foi fazer a instalação sem que os novos caps ficassem ridículos na placa. Pensei, pensei mais um pouco, pedi conselhos a um amigo (que me falou que não daria de jeito nenhum) e acabei colocando fora mesmo. Ficaria com muita cara de gambiarra.

Os novos bornes instalados e sem qualquer chance de mau contato.

4508

Quando coloquei um ao lado do outro vi que eram bem piores do que eu imaginava. Como vocês também podem ver na foto:

4507

Deu um pouco de trabalho, mas ficou legal no fim das contas.

4513

4514

Depois disso foi só soldar os falantes e colocar a caixa pra tocar. Ficou igualzinha à original :laughing6:


E os resultados...
Ainda é um pouco cedo pois as coisas ainda não amaciaram totalmente, mas uma coisa é certa, a caixa está bem melhor que antes.
Os médios logo de cara estavam muito mais nítidos e detalhados, se mantêm assim até hoje. Os graves inicialmente ficaram um pouco mais leves mas com muito mais controle (isso no sábado e domingo), hoje estão com bem mais peso e não perderam a nitidez.
Os agudos é que estão interessantes. Inicialmente também ficaram mais detalhados e mais suaves, na segunda e terça-feira ficaram mais agressivos sem ficarem cansativos.
Ontem e hoje a cara mudou, estão se integrando aos médios de forma muito mais natural, mas achei que ficaram leves demais.

Ainda preciso esperar um pouco mais para ver como ficará a caixa no fim das contas. Mas posso dizer que o resultado não foi bem o que eu esperaria de um mod, foi genuinamente um upgrade. :D

Abração!

Radames
18-06-15, 13:07
Já chegaram as minhas caixas usadas, Energy RC 70. Agora preciso da ajuda dos colegas para descobrir os componentes do CROSS, fiação, forração, etc....enfim, quero dar uma recauchutada, as caixas estão em bom estado de conservação e tocando, mas sou muito chato, quero fazer uma geral, sem falar de uns amassos na quina de um lado de uma das unidades, inclusive vontade de trocar o tweeter, já achei com um Amigo aqui o marceneiro.

Um abração.

Sandro, certamente podemos ajudar em algo, mas seria interessante se você tirasse algumas fotos dos defeitos, eletrônica e outros detalhes, e postasse para que déssemos uma olhada. :OK:

Claro que cada caso é um caso, mas normalmente não gosto muito de reparos em marcenaria. Costuma ficar pior que o defeito...

Abração!

VTR
18-06-15, 13:23
Bom pessoal, demorei um pouco mas venho dar o feedback sobre o mod nas caixas.

Correu tudo tranquilo, tirei as medidas antes e cortei as peças de forração para as duas caixas, gastaria mais tempo na primeira mas economizaria na segunda. Com as placas no tamanho certo foi só uma questão de passar a cola e encaixar no lugar. Sem sofrimento algum.

E os resultados...
Ainda é um pouco cedo pois as coisas ainda não amaciaram totalmente, mas uma coisa é certa, a caixa está bem melhor que antes.
Os médios logo de cara estavam muito mais nítidos e detalhados, se mantêm assim até hoje. Os graves inicialmente ficaram um pouco mais leves mas com muito mais controle (isso no sábado e domingo), hoje estão com bem mais peso e não perderam a nitidez.
Os agudos é que estão interessantes. Inicialmente também ficaram mais detalhados e mais suaves, na segunda e terça-feira ficaram mais agressivos sem ficarem cansativos.
Ontem e hoje a cara mudou, estão se integrando aos médios de forma muito mais natural, mas achei que ficaram leves demais.

Ainda preciso esperar um pouco mais para ver como ficará a caixa no fim das contas. Mas posso dizer que o resultado não foi bem o que eu esperaria de um mod, foi genuinamente um upgrade. :D

Abração!

Congrats!

[ ]
R.

Renato
18-06-15, 14:46
Radames,

Parabéns pela empreitada, disse que faria, caiu dentro e fez... hahaha

Um show e que te traga muitas alegrias!

Abração,

Renato

sandrovt
18-06-15, 15:25
Sandro, certamente podemos ajudar em algo, mas seria interessante se você tirasse algumas fotos dos defeitos, eletrônica e outros detalhes, e postasse para que déssemos uma olhada. :OK:

Claro que cada caso é um caso, mas normalmente não gosto muito de reparos em marcenaria. Costuma ficar pior que o defeito...

Abração!

Rada, agradeço de coração....até que o detalhe em si não é muito importante, mas sou chato na parte do próprio som, como trocar o tweeter por um de kevlar, seda ou outro de melhor sonoridade, trocar capacitores do CROSS, etc.....mas teria que pegar na internet o diagrama dele, mesmo que consiga, não sei substituir por semelhante atual com melhor acabamento e qualidade, forração, etc....

OBS: Achei algo, mas não sei se vai ajudar... http://www.energy-speakers.com/docs/common/RC-70/RC-70_OM.pdf

KANAHA
18-06-15, 21:22
Radamés,

Eu te falei que conseguiria sem problemas, viu como foi fácil, somente é trabalhoso, mas o resultado é compensador, verá melhor quando as caixas ficarem amaciadas.

Só me explique o que disse: "Mas posso dizer que o resultado não foi bem o que eu esperaria de um mod, foi genuinamente um upgrade." Será que você esperava menos do resultado? Eu tinha certeza que melhoraria muito, ainda mais com a troca dos capacitores.

KANAHA
18-06-15, 21:32
Rada, agradeço de coração....até que o detalhe em si não é muito importante, mas sou chato na parte do próprio som, como trocar o tweeter por um de kevlar, seda ou outro de melhor sonoridade, trocar capacitores do CROSS, etc.....mas teria que pegar na internet o diagrama dele, mesmo que consiga, não sei substituir por semelhante atual com melhor acabamento e qualidade, forração, etc....

OBS: Achei algo, mas não sei se vai ajudar... http://www.energy-speakers.com/docs/common/RC-70/RC-70_OM.pdf

Sandro, vamos fazer juntos este MOD, não é difícil, é só você ir postando as fotos, que todos nós ajudamos, se me disser quais os valores dos capacitores, vejo o que tenho aqui dos modelos de polipropileno metalizado e te mando por carta registrada, o cabeamento pode usar os da Diamond Cable de 12AWG para os wooferse os de 16AWG para o médio e o tweeter, custam bem barato, se não me engano R$ 6,00 e R$ 4,00 respectivamente, te passo o fornecedor e você pede a metragem necessária.

O domo metálico (alumínio) do tweeter é muito bom e o divisor foi ajustado para ele, será que vale a pena mudar? Quem sabe somente trocando os capacitores e mexendo no gabinete e cabeamento terá uma boa melhora, acredito que até se surpreenda com o resultado sem precisar trocar os tweeters.

Radames
18-06-15, 22:15
Rada, agradeço de coração....até que o detalhe em si não é muito importante, mas sou chato na parte do próprio som, como trocar o tweeter por um de kevlar, seda ou outro de melhor sonoridade, trocar capacitores do CROSS, etc.....mas teria que pegar na internet o diagrama dele, mesmo que consiga, não sei substituir por semelhante atual com melhor acabamento e qualidade, forração, etc....

OBS: Achei algo, mas não sei se vai ajudar... http://www.energy-speakers.com/docs/common/RC-70/RC-70_OM.pdf

Sandro,
O Cláudio já chegou a dizer que não é difícil, e realmente não é. É só ter coragem e boa vontade para enfiar a mão na massa e fazer as coisas com cuidado.
Sobre a troca de drivers, vou ser bem honesto, não acho uma boa opção. Cada alto-falante tem uma curva de resposta e eficiência específicas. A não ser que você tenha meios de medir a eficiência e curva do tweeter para comprar outro com características similares eu acho arriscado. Essa troca envolve ajustes no crossover, medições... Deve ser até divertido de fazer, mas é necessário ter em mãos um bom equipamento para as medições, senão vira bagunça.
Você pode até tentar comprar um com a mesma impedância, colocar no lugar e ver no que dá, mas esteja ciente que é uma loteria. Pode ficar excelente, a mesma coisa, ou uma belíssima porcaria :laughing7:

Vou te dizer que pelo que obtive de resultado aqui em casa (lembrando que minhas caixas são, de fábrica, inferiores às suas) eu ficaria só no básico. As melhoras são significativas :OK:
Só troquei o cabeamento e bornes das minhas pois os originais eram muito fuleiros, não creio que seja o caso com as suas. Nisso você já economiza um cascalho :laughing7:
Capacitores você só precisa comprar outros de mesmo valor, não tem segredo.



Radamés,

Eu te falei que conseguiria sem problemas, viu como foi fácil, somente é trabalhoso, mas o resultado é compensador, verá melhor quando as caixas ficarem amaciadas.

Só me explique o que disse: "Mas posso dizer que o resultado não foi bem o que eu esperaria de um mod, foi genuinamente um upgrade." Será que você esperava menos do resultado? Eu tinha certeza que melhoraria muito, ainda mais com a troca dos capacitores.

Bem, acho que não tem muito o que explicar, né? :laughing7:
Realmente eu esperava uma melhora sensivelmente menor. Uma vez que não troquei os drivers não esperava que a caixa fosse responder dessa forma.
A diferença que o upgrade fez, pelo menos desta vez, me dá o direito de usar o clichê "mudou da água para o vinho" :laughing7:.
Sei que esses caps que utilizei demoram um pouco mais pra amaciar, ela está com umas 60 horas e já está excelente (tenho deixado o sistema falando sozinho esses dias :laughing7:), nem faço idéia de como ficará daqui a algumas semanas...

Só cabe uma observação, dei uma vacilada com a cola de contato e a placa encostou na cola antes que estivesse corretamente posicionada. Quase perdi o trabalho :laughing6:

Abração!

sandrovt
18-06-15, 22:57
Sandro,
O Cláudio já chegou a dizer que não é difícil, e realmente não é. É só ter coragem e boa vontade para enfiar a mão na massa e fazer as coisas com cuidado.
Sobre a troca de drivers, vou ser bem honesto, não acho uma boa opção. Cada alto-falante tem uma curva de resposta e eficiência específicas. A não ser que você tenha meios de medir a eficiência e curva do tweeter para comprar outro com características similares eu acho arriscado. Essa troca envolve ajustes no crossover, medições... Deve ser até divertido de fazer, mas é necessário ter em mãos um bom equipamento para as medições, senão vira bagunça.
Você pode até tentar comprar um com a mesma impedância, colocar no lugar e ver no que dá, mas esteja ciente que é uma loteria. Pode ficar excelente, a mesma coisa, ou uma belíssima porcaria :laughing7:

Vou te dizer que pelo que obtive de resultado aqui em casa (lembrando que minhas caixas são, de fábrica, inferiores às suas) eu ficaria só no básico. As melhoras são significativas :OK:
Só troquei o cabeamento e bornes das minhas pois os originais eram muito fuleiros, não creio que seja o caso com as suas. Nisso você já economiza um cascalho :laughing7:
Capacitores você só precisa comprar outros de mesmo valor, não tem segredo.



Sandro, vamos fazer juntos este MOD, não é difícil, é só você ir postando as fotos, que todos nós ajudamos, se me disser quais os valores dos capacitores, vejo o que tenho aqui dos modelos de polipropileno metalizado e te mando por carta registrada, o cabeamento pode usar os da Diamond Cable de 12AWG para os wooferse os de 16AWG para o médio e o tweeter, custam bem barato, se não me engano R$ 6,00 e R$ 4,00 respectivamente, te passo o fornecedor e você pede a metragem necessária.

O domo metálico (alumínio) do tweeter é muito bom e o divisor foi ajustado para ele, será que vale a pena mudar? Quem sabe somente trocando os capacitores e mexendo no gabinete e cabeamento terá uma boa melhora, acredito que até se surpreenda com o resultado sem precisar trocar os tweeters.


Já esperava esses contratempos do divisor e CROSS, já o restante, capacitores e cabeamento vou ver com calma e muita atenção para não errar as medidas.....

Já a forração, no link das especificações e fotos dos diversos modelos de caixas da linha, já dá para ver que está bem recheado....

Agradeço aos Amigos e ao irmão Cláudio pelos pitacos....

CristianoLO
22-06-15, 16:54
Muito bacana o trabalho
Fez. Nas duas caixas né? Esse tipo de coisa eu acho interessante fazer em uma de cada vez, pra conseguir "medir" certinho as diferenças e não cair no efeito placebo ou acabar o ouvido acostumando e as conclusões ficarem distorcidas

Radames
22-06-15, 19:00
Sim, Cristiano, fiz uma de cada vez mas com o intervalo de algumas horas entre elas.
Logo de cara foi bastante nítida a diferença no detalhamento dos médios e agudos e no controle dos graves em favor da caixa modificada. O resto é complicado pois componentes novos necessitam de algum tempo para amaciar. Infelizmente eu não dispunha do tempo necessário pra deixar a primeira amaciar completamente, fazer o comparativo, e depois fazer a outra. A festa tinha hora certa pra acabar :laughing7:

As caixas, agora mais lentamente, ainda estão mudando o comportamento. Tem hora que parecem ter mais agudos, hora parece que uma certa região dos médios está mais acentuada, tem hora que os graves diminuem... Está uma montanha russa :laughing7:
Apesar de toda essa variação elas ainda estão muito mais coesas e detalhadas que na "versão 1.0".

Por limitações dos drivers e outros detalhes ela não chegará num som hi-end, mas já está um belo hi-nice. :OK:

Eduardo
22-06-15, 19:10
Umas 100 horas já devem ser suficientes para uma conclusão mais precisa, mas tem que ser em volume bem alto e com um disco do Waldick Soriano ou do KLB. :verde&:

Radames
22-06-15, 19:35
Waldick Soriano vai deixar o som com aquele toque vintage, isso não me agrada.
Já o KLB vai trazer colorações desagradáveis ao som, melhor evitar :laughing6:

sandrovt
23-06-15, 08:26
Vocês são ph.... =))

KANAHA
23-06-15, 21:32
Eu gosto muito de Waldick, Angela Maria, Agnaldo Timóteo, Tiririca, entre outros tantos ...... algum problema .... :love4: Porque o preconceito????? saltit& =))

KANAHA
23-06-15, 21:37
Radamés, vai postando o que está ouvindo nas caixas, pois quando chegarem a 2000 horas com Waldick Soriano, teremos que enviar um médico para avaliar seu grau de loucura ...... :laughing6:

Agora sem brincadeiras, vai postando suas impressões durante o amaciamento, eu acredito que vou fazer ainda mais nestes divisores, ainda não sei bem, mas capacitores e resistores vou mudar e refazer o divisor em uma base de MDF, inclusive usando os conectores que o Renato usa nos divisores.

Eduardo
24-06-15, 09:21
Eu gosto muito de Waldick, Angela Maria, Agnaldo Timóteo, Tiririca, entre outros tantos ...... algum problema .... :love4: Porque o preconceito????? saltit& =))

Opa !!! Preconceito nenhum.... são meus discos de cabeceira. O do Tiririca é justamente o que uso para ajuste fino do sistema... :verde&:



https://www.youtube.com/watch?v=ZniGpaF-cuk

Radames
24-06-15, 10:38
Cruz credo em vocês dois...
Meu ouvido já sofre demais por aqui. Qualquer churrasco tem que tocar sertanejo e a música que precisa tocar em todos eles é a tal da "Boate Azul". Se isso não fosse suficiente o povo gosta de música alta. Pra variar eu sou sempre o chato que fala que a graça do churrasco é a conversa com os amigos, não a porcaria da música. :laughing7:
É tanto trauma que não falo uma coisa dessas nem de brincadeira :laughing6:

Sobre os detalhes do amaciamento, Cláudio, de vez em quando venho e posto alguma coisa. É meio complicado falar do amaciamento pois muitos detalhes são sutis e nosso ouvido também muda a percepção dependendo do dia, mas quando eu tiver convicção de que a mudança é vinda das caixas escreverei a respeito :OK:

Sobre seu MOD, se me permite uma sugestão, tente evitar os conectores. Apesar de práticos e rápidos eles podem no futuro oxidar e dar mal contato. É só lembrar da diferença que faz aquela limpeza de contatos que fazemos no sistema anualmente. A queda de performance no sistema é tão gradual que nem percebemos ela acontecer, aí fazemos a limpeza e a mágica acontece. Imagina só o trabalho pra limpar contatos no crossover e nos falantes?
Solda não dá isso.

E queria te pedir um favor, quando for mexer nas caixas seria possível medir a impedância dos falantes? Fiz a coisa com tanta pressa que acabei me esquecendo de medir.
A troca dos indutores seria interessante, talvez a caixa consiga descer mais um pouquinho. Os resistores já não sei se fariam tanta diferença assim, mas se já os tiver em mãos, porque não? :cool:

Abração!

Thassio Ricardo
28-06-15, 00:50
Radames,

Parabéns pelo excelente trabalho feito nas caixas.
Um bom MOD é um bom upgrade. Também percebi isso depois que fiz nas minhas caixas.

Um abraço
Thassio

Thassio Ricardo
28-06-15, 00:51
Radames,

Parabéns pelo excelente trabalho feito nas caixas.
Um bom MOD é um bom upgrade. Também percebi isso depois que fiz nas minhas caixas.

Um abraço
Thassio

Luke
28-06-15, 09:54
No outro fórum, o Pedro, Pedrão metaleiro, que adora o Judas e o Halford, que certa vez ousou ligar as B&W 801 num minisystem da sony :verde&:


https://www.youtube.com/watch?v=a-RdtdE6s6Q

voltou a postar, agora com sala dedicada e monoblocos krell com pré AR e caixas Wilson Audio :OK:

Recentemente ele postou fotos de um "Up!" que ele fez em suas novas Wilson Audio. :cool:


http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/5419641E-5FFF-4A59-B972-000BA0CA3584_zpscfad24hk.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/5419641E-5FFF-4A59-B972-000BA0CA3584_zpscfad24hk.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/8FEBC5C8-C0DC-460E-B2E0-CE35A76C378D_zps703ehgzm.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/8FEBC5C8-C0DC-460E-B2E0-CE35A76C378D_zps703ehgzm.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/419C8125-ECC1-40E3-9C35-98258CAA49D3_zpsx94cc5lt.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/419C8125-ECC1-40E3-9C35-98258CAA49D3_zpsx94cc5lt.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/C768FD3F-4ED8-4B85-BAD0-8D152C46E7D7_zps4tmfon3w.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/C768FD3F-4ED8-4B85-BAD0-8D152C46E7D7_zps4tmfon3w.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/97CC208F-8FC1-49EF-866F-685EAA711E11_zps3gcbpuf8.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/97CC208F-8FC1-49EF-866F-685EAA711E11_zps3gcbpuf8.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/D6DE8C86-DF50-4A21-98FB-8E42CA2711BC_zps2otggh8c.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/D6DE8C86-DF50-4A21-98FB-8E42CA2711BC_zps2otggh8c.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/5A1BC931-F657-4B87-93E1-2F514245FF43_zpsfkcdnw9a.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/5A1BC931-F657-4B87-93E1-2F514245FF43_zpsfkcdnw9a.jpg.html)

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/1F72F600-0FE8-46EB-A20D-94B4804865B7_zps57ukjyw3.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/1F72F600-0FE8-46EB-A20D-94B4804865B7_zps57ukjyw3.jpg.html)


http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/47D8F06B-6FBE-4525-8F67-3E7760663A5A_zpsviwu7yr7.jpg


https://www.youtube.com/watch?v=J_SuhA42d-c

Não sei exatamente o que foi feito.

Mas as fotos de uma caixa destas abertas são muito interessantes :OK:

Acho que tem gente que ia por mais espumas dentro :laughing7:

Mais reforços... :laughing7:


:verde&:

KANAHA
28-06-15, 10:11
Opa !!! Preconceito nenhum.... são meus discos de cabeceira. O do Tiririca é justamente o que uso para ajuste fino do sistema... :verde&:



https://www.youtube.com/watch?v=ZniGpaF-cuk

Eu pro ajuste fino uso um album muito melhor, um antigo do Falcão, que é espetacular, é este aqui abaixo .... E não admito preconceito só por que gosto de Prog Metal ..... =)) Falcão de um certo modo também é progressivo ..... :laughing6:

http://1.bp.blogspot.com/-AVQCc4_BRTI/VKMxKC3O0rI/AAAAAAAADH8/rxYzbSQd2Ag/s1600/Falc%C3%A3o%2B-%2B(2000)%2BDo%2BPenico%2B%C3%80%2BBomba%2BAt%C3%B 4mica.jpg

KANAHA
28-06-15, 10:13
Radames,

Parabéns pelo excelente trabalho feito nas caixas.
Um bom MOD é um bom upgrade. Também percebi isso depois que fiz nas minhas caixas.

Um abraço
Thassio

Thassio, tá na hora de fazer mais algumas coisas neste seu conjunto books/pedestais. :laughing7:

KANAHA
28-06-15, 10:20
No outro fórum, o Pedro, Pedrão metaleiro, que adora o Judas e o Halford, que certa vez ousou ligar as B&W 801 num minisystem da sony :verde&:

voltou a postar, agora com sala dedicada e monoblocos krell com pré AR e caixas Wilson Audio :OK:

Recentemente ele postou fotos de um "Up!" que ele fez em suas novas Wilson Audio. :cool:

http://i4.photobucket.com/albums/y124/pabrognara/1F72F600-0FE8-46EB-A20D-94B4804865B7_zps57ukjyw3.jpg (http://s4.photobucket.com/user/pabrognara/media/1F72F600-0FE8-46EB-A20D-94B4804865B7_zps57ukjyw3.jpg.html)


Não sei exatamente o que foi feito.

Mas as fotos de uma caixa destas abertas são muito interessantes :OK:

Acho que tem gente que ia por mais espumas dentro :laughing7:

Mais reforços... :laughing7:


:verde&:

Eu não ousaria nem abrir uma Wilson Audio, mas tem maluco pra tudo .....:toothy10: Quem sabe um dia quando tiver um par em casa eu também não faça a mesma coisa, nunca se sabe, não é verdade ....

KANAHA
28-06-15, 10:56
Cruz credo em vocês dois...
Meu ouvido já sofre demais por aqui. Qualquer churrasco tem que tocar sertanejo e a música que precisa tocar em todos eles é a tal da "Boate Azul". Se isso não fosse suficiente o povo gosta de música alta. Pra variar eu sou sempre o chato que fala que a graça do churrasco é a conversa com os amigos, não a porcaria da música. :laughing7:
É tanto trauma que não falo uma coisa dessas nem de brincadeira :laughing6:

Sobre os detalhes do amaciamento, Cláudio, de vez em quando venho e posto alguma coisa. É meio complicado falar do amaciamento pois muitos detalhes são sutis e nosso ouvido também muda a percepção dependendo do dia, mas quando eu tiver convicção de que a mudança é vinda das caixas escreverei a respeito :OK:

Sobre seu MOD, se me permite uma sugestão, tente evitar os conectores. Apesar de práticos e rápidos eles podem no futuro oxidar e dar mal contato. É só lembrar da diferença que faz aquela limpeza de contatos que fazemos no sistema anualmente. A queda de performance no sistema é tão gradual que nem percebemos ela acontecer, aí fazemos a limpeza e a mágica acontece. Imagina só o trabalho pra limpar contatos no crossover e nos falantes?
Solda não dá isso.

E queria te pedir um favor, quando for mexer nas caixas seria possível medir a impedância dos falantes? Fiz a coisa com tanta pressa que acabei me esquecendo de medir.
A troca dos indutores seria interessante, talvez a caixa consiga descer mais um pouquinho. Os resistores já não sei se fariam tanta diferença assim, mas se já os tiver em mãos, porque não? :cool:

Abração!

Radamés, quando desmontar a caixa toda vou levar todos os alto-falantes e o divisor para testar na bancada de um amigo técnico aqui em Teresópolis.

Vai postando suas impressões durante o amaciamento quanto a modificação da caixa, acho importante, já que temos aqui no fórum pelo menos 3 proprietários das torres e 1 das books.

O grande problema é que estas caixas são remanufaturadas, por isso o valor baixo que adquirimos, eu ainda as comprei por R$ 600,00, hoje se não me engano está R$ 1.200,00, já que o vendedor pelo grande interesse, resolveu dobrar o valor, estas caixas são projeto de uma empresa americana que fabricava por OEM e ODM para marcas como Parasound e JBL, e tem um setor especializado em aúdio para salas de cinema, hoje esta empresa tem 3 marcas próprias e somente recebe as peças encomendadas de fábricas na China e monta todas as linhas em sua antiga fábrica na cidade de Layton em Utah, que se tranformou em linha de montagen e armazéns, na verdade a empresa mãe é a RBH Sound, de onde sai todos os projetos, principalmente para salas de cinema.

Acredito que em breve este vendedor não tenha mais estas caixas neste valor, já que estas remanufaturadas entravam no Paraguai via Panamá onde, me parece existe um representante da fábrica, que armazena muitos produtos que são distribuidos para a América Central e do Sul, principalmente para o Paraguai onde fornece produtos remanufaturados.

E para quem tem medo de comprar produtos remanufaturados, não existe problema algum, são produtos que deram defeitos ou foram devolvidos a fábrica por troca de modelos e são praticamente montados novamente com substituição de peças, a própria DELL vende produtos remanufaturados para o mercado corporativo, pois sempre estes produtos tem valores que chegam a 50% do valor do novo, no caso destas caixas acredito que o preço que comprei, foi cerca de 30% do valor praticado nos EUA. Todas as marcas tem setores de produtos remanufaturados, pois existem muitas empresas que compram lotes para revenda, já que as marcas precisam se livrar destes produtos e não podem vendê-los como novos.

Pretendo trocar os bornes, por outros que tenho aqui que usei inclusive no MOD dos meus 2 pares de PSB, devo receber em breve alguns binding posts em ródio, quem sabe não use também, já que pretendo tambéns instalá-los em um trio frontal SoundTrack, outra marca americana que atende o mercado de estúdios e salas de cinema.

Sempre que faço MODs em caixas eu troco os conectores do cabeamento interno por outros revestidos em ouro ou uso de latão de boa qualidade, mesmo assim eu faço o lacre com termocontráteis 3:1.

A limpeza dos contatos, deve sempre ser feita com produtos não abrasivos, lembrando que pasta de dentes que muita gente usa praticamente destroi aos poucos a camada do metal nobre de revestimento, eu aconselho sempre tentar limpar com algum produto para enceramento/limpeza de pintura de automóveis como alguns da Meguiars, são caros mas vale cada centavo pago.

Radames
30-06-15, 20:17
Olha que interessante, perguntei ao representante da EMP Tek se as caixas eram remanufaturadas pois uma das minhas veio com uma marquinha em um dos parafusos. Aquela marca clássica de chave philips tentando abrir torx.
O camarada falou que não eram, que eram novas e patati-patatá... O ditado popular é sábio: "Quando a esmola é grande, o Santo desconfia."

Eu também não ligaria se fossem. Quando esse tipo de equipamento volta para a fábrica eles abrem, conferem tudo, trocam as partes defeituosas e, normalmente, a devolvem melhor do que era originalmente pois os vícios de fabricação foram sanados.
Só acho importante saber o que estou comprando antes de comprar, sem artifícios e maquiagens comerciais. Esse tipo de indução é desonesta.

Mas sobre a descrição do amaciamento, acho complicado...
Acredito que as caixas já tenham chegado naquela fase onde ficam mais estáveis. Não tenho percebido grandes diferenças de um dia para o outro, como ouvia anteriormente. E agora esse amaciamento é ainda mais complicado pois as mudanças são tão graduais e sutis que não consigo perceber. Um belo dia vou ligar o som e vai sair um: "Agora sim chegaram no lugar!" :laughing7:

Como disse antes, elas estão muito superiores ao que eram em termos de resolução e equilíbrio. Só me parece que as coisas ainda estão com pouco corpo. Não seria "falta de graves" pois eles estão lá, límpidos e nítidos (e acho que descendo mais que antes), só ainda não há aquela integração que confere a determinado instrumento no palco um certo "peso", digamos assim.

As cenas dos próximos capítulos agora devem demorar um pouco, acho que mais umas 50 ou 100 horas. Veremos...


Abração!

Eduardo
30-06-15, 20:31
Não acredito que estas caixas sejam remanufaturadas. Na época também questionei isso.
Elas vem de um representante do sul... :verde&:
O vendedor parece ser parente do importador e tem algum tipo de facilidade.

VTR
30-06-15, 20:44
Nem eu...

Ainda mais se realmente vem duma China.
Fica MUITO mais barato botar fogo na que der defeito do que voltar com ela prá fábrica... em qq país.

Imagina uma cx dessas num Brasil qq tendo que p.ex.:
- ser embalada para remessa para outro país;
- pagar passagem de avião pro retorno,
- ser retirada num aeroporto e ser levada para a fábrica...

Só a "passagem" aérea dá para comprar/ressarcir cliente com 2 pares delas.

Mais um mito.

Radames
30-06-15, 21:32
Eu já tenho lá minhas dúvidas...
Acho um tanto estranho que uma caixa que é vendida nos EUA por 500 e uns dólares conseguir ser vendida no brasil por 1200 (e era 900 antes da desvalorização do Real).
Tudo bem que a margem de lucro nesses equipamentos é razoavelmente grande, mas cair tanto?

E não creio que esse povo rasgue dinheiro assim... Se uma caixa der problema (ou DOA) ela possivelmente volta para algum representante em território nacional para reparos. Nessa brincadeira pode ser que não tenham a peça do reparo em mãos e o consumidor receba uma caixa nova em substituição à defeituosa, isso nos EUA, país sério e com enorme volume de vendas. Aí nos enviam os "refurbished".

Isso me pareceria mais lógico e econômico que fazer esse bate e volta pra China... Mas isso é mais lógico e econômico na minha cabeça, que não é lá a coisa mais lógica do mundo :laughing7:

Abração!

thereizein
30-06-15, 22:17
Fácil.
Caiu do caminhão e alguém está revendendo.

Russo
30-06-15, 22:27
O vendedor tem novos modelos.
alguém conhece? São boas também?

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-647720860-caixa-wagner-parsifal-120w-rms-4-ohms-dual-woofer-kevlar-_JM#D[S:VIP,L:SELLER_ITEMS,V:9]

abraço,

thereizein
30-06-15, 22:53
Um par por 1.2k, tentador.

Sent from my ASUS_T00J using Tapatalk

Thassio Ricardo
30-06-15, 23:39
Thassio, tá na hora de fazer mais algumas coisas neste seu conjunto books/pedestais. :laughing7:

Cláudio,

Parei com a pedra em cima das caixas.
Agora é mexer na eletrônica. :cool:

Um abraço
Thassio

sandrovt
01-07-15, 09:55
Que maravilha ver esse tópico movimentado, babo vendo as fotos, fico interessado nos relatos, mas quando chega a minha vez de pensar em fazer MOD, pulo fora....não tenho coragem mesmo....

Cláudio, meu irmão, me interessei por aqueles cabos http://discabos.com.br/produtos/audio/cabos-paralelos/cabo-paralelo-hi-definition/paralelo-hi-definition-2x4-marine/ , mas só vendem rolos de 50 m..... são bons??? Uso uns da Diamond hoje....

Tinha que ter a ferramenta "obrigado" e sem limite de curtição... :laughing7:

KANAHA
01-07-15, 10:37
Olha que interessante, perguntei ao representante da EMP Tek se as caixas eram remanufaturadas pois uma das minhas veio com uma marquinha em um dos parafusos. Aquela marca clássica de chave philips tentando abrir torx.
O camarada falou que não eram, que eram novas e patati-patatá... O ditado popular é sábio: "Quando a esmola é grande, o Santo desconfia."

Eu também não ligaria se fossem. Quando esse tipo de equipamento volta para a fábrica eles abrem, conferem tudo, trocam as partes defeituosas e, normalmente, a devolvem melhor do que era originalmente pois os vícios de fabricação foram sanados.
Só acho importante saber o que estou comprando antes de comprar, sem artifícios e maquiagens comerciais. Esse tipo de indução é desonesta.

Mas sobre a descrição do amaciamento, acho complicado...
Acredito que as caixas já tenham chegado naquela fase onde ficam mais estáveis. Não tenho percebido grandes diferenças de um dia para o outro, como ouvia anteriormente. E agora esse amaciamento é ainda mais complicado pois as mudanças são tão graduais e sutis que não consigo perceber. Um belo dia vou ligar o som e vai sair um: "Agora sim chegaram no lugar!" :laughing7:

Como disse antes, elas estão muito superiores ao que eram em termos de resolução e equilíbrio. Só me parece que as coisas ainda estão com pouco corpo. Não seria "falta de graves" pois eles estão lá, límpidos e nítidos (e acho que descendo mais que antes), só ainda não há aquela integração que confere a determinado instrumento no palco um certo "peso", digamos assim.

As cenas dos próximos capítulos agora devem demorar um pouco, acho que mais umas 50 ou 100 horas. Veremos...


Abração!

Radamés, eu tenho minhas dúvidas quanto a serem remanufaturadas, pois o preço praticado nos EUA é em torno de USD 500,00 o par. Eu comprei as minhas na época por R$ 600,00 o par, antes do vendedor aumentar o valor por causa da procura, pelo pouco que sei deste vendedor, ele compra produtos no Paraguai para revender aqui, se perceberem na listagem de produtos no Mercado Livre ele tem uma boa variedade de marcas e modelos, inclusive Polk Audio, o Paraguai recebe de tudo, inclusive produtos remanufaturados e muitas vezes as loja que compram estes produtos retiram tudo que indica que o produto foi remanufaturado, é impossível um vendedor aqui no Brasil, vender um produto 3 vezes mais barato do que o praticado nos EUA, ainda mais com o frete para o Paraguai e depois para o Brasil e ainda o lucro do vendedor aqui no Brasil que não deve ganhar menos do que 100%.

Lembrando que produtos remanufaturados são tão bons quanto os novos, somente existe uma política nas empresas (pelo nemos nas americanas) que produtos que deram defeito ou foram devolvidos por qualquer outro motivo, não podem ser vendidos como novos, há pouco tempo atrás, minha ex que é auditora no ONS, recebeu por correio interno da empresa que a DEL e a Lenovo estavam oferecendo aos funcionários notebooks remanufaturados por valores em torno de 50% do praticado pelo novo.

Pelo que sei não existe representante oficial no Brasil da marca EMP Tek, e nem da empresa que controla as 3 marcas que é a RBH Sound, que por sinal tem uma linha idêntica, tenho o catálogo das duas marcas e os modelos e especificações são idênticas, se alguém quiser eu envio o catálogo em PDF.

KANAHA
01-07-15, 10:57
Não acredito que estas caixas sejam remanufaturadas. Na época também questionei isso.
Elas vem de um representante do sul... :verde&:
O vendedor parece ser parente do importador e tem algum tipo de facilidade.

Quem é o representante do sul? Pelo que sei não existe representante no Brasil da marca e nem da empresa que controla as 3 marcas que é a RBH Sound.

Pelo que sei a facilidade é de comprar em maior quantidade produtos "promocionais" de diversas marcas no Paraguai

Eduardo
01-07-15, 12:51
Radamés, eu tenho minhas dúvidas quanto a serem remanufaturadas

OK !!! podemos até levantar esta dúvida, mas não afirmar como foi feito anteriormente.

Sul = Paraguai... :verde&:

sandrovt
01-07-15, 15:28
OK !!! podemos até levantar esta dúvida, mas não afirmar como foi feito anteriormente.

Sul = Paraguai... :verde&:

:laughing7: Não acredito que o Cláudio não sabia!!! :laughing7: :verde&:

KANAHA
01-07-15, 18:00
Nem eu...

Ainda mais se realmente vem duma China.
Fica MUITO mais barato botar fogo na que der defeito do que voltar com ela prá fábrica... em qq país.

Imagina uma cx dessas num Brasil qq tendo que p.ex.:
- ser embalada para remessa para outro país;
- pagar passagem de avião pro retorno,
- ser retirada num aeroporto e ser levada para a fábrica...

Só a "passagem" aérea dá para comprar/ressarcir cliente com 2 pares delas.

Mais um mito.


Eu já tenho lá minhas dúvidas...
Acho um tanto estranho que uma caixa que é vendida nos EUA por 500 e uns dólares conseguir ser vendida no brasil por 1200 (e era 900 antes da desvalorização do Real).
Tudo bem que a margem de lucro nesses equipamentos é razoavelmente grande, mas cair tanto?

E não creio que esse povo rasgue dinheiro assim... Se uma caixa der problema (ou DOA) ela possivelmente volta para algum representante em território nacional para reparos. Nessa brincadeira pode ser que não tenham a peça do reparo em mãos e o consumidor receba uma caixa nova em substituição à defeituosa, isso nos EUA, país sério e com enorme volume de vendas. Aí nos enviam os "refurbished".

Isso me pareceria mais lógico e econômico que fazer esse bate e volta pra China... Mas isso é mais lógico e econômico na minha cabeça, que não é lá a coisa mais lógica do mundo :laughing7:

Abração!

Ricardo, com certeza não botariam fogo, jogariam dentro de um container até arrumarem espaço dentro de um navio, as vezes demora cerca de 6 meses até poderem embarcar para serem reparadas, ou então iriam para alguma autorizada perto, contratada pela marca para fazer os reparos e substituir peças ....

Radamés, o vendedor me vendeu o par de torres por R$ 600,00 na época que o dolar estava por volta de R$ 2,50, com certeza a margem de lucro dele é de no mínimo 100%, não teria como ele comprar um par destas caixas sem serem remanufaturadas por R$ 300,00, sendo que o preço praticado nos EUA para o produto novo é de USD 500,00, na época R$ 1.250,00, hoje R$ 1.500,00, talvez a loja onde ele esteja comprando retire as etiquetas que normalmente vem em produtos remanufaturados e as venda como novas para ele, eu não encontrei nenhum indício na embalagem, mas vou procurar com calma para ver se acho alguma coisa.

Mas como disse, eu não vejo problema algum em comprar produtos remanufaturados, desde que sejam reparados pela fábrica ou por empresas autorizadas e com peças originais.

Tenho amigos que trabalham com importação e representação exclusiva no Brasil de pisos (Porcelanato e pastilhas de vidro) e tudo que é vendido com defeito eles trocam para o cliente por outros novos, e enviam para um courrier que cuida da logística para as marcas de pisos no Rio que vai armazenando em containers até serem enviados de volta para o fornecedor, ou então enviados (com a autorização do representante) para algumas lojas para serem etiquetados e vendidos como material comercial com defeitos e com valores pelo menos 50% menores.

KANAHA
01-07-15, 18:10
OK !!! podemos até levantar esta dúvida, mas não afirmar como foi feito anteriormente.

Sul = Paraguai... :verde&:


:laughing7: Não acredito que o Cláudio não sabia!!! :laughing7: :verde&:

Você tem razão Eduardo, eu não deveria afirmar, mas que é muito estranho, isto é. Quem sou eu para julgar o vendedor, até mesmo porque é uma pessoa corretíssima, mas será que ele não tem ideia do valor praticado nos EUA onde é a sede da marca? E não estranhou o valor que deve ter pago, eu desconfiaria na mesma hora, eu indagaria o fornecedor sobre o produto e entraria em contato com a marca para tirar todas as dúvidas.

Sandrão, eu não sabia que o Eduardo estava se referindo ao nosso amado Paraguai :laughing7:, pensei mesmo que fosse algum estado do Sul do Brasil, eu não tenho problemas em falar de onde vem tudo o que se vende aqui no Brasil e no Paraguai como em qualquer lugar, existem lojas :evil6: e lojas :-bd.

KANAHA
01-07-15, 18:17
O vendedor tem novos modelos.
alguém conhece? São boas também?

http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-647720860-caixa-wagner-parsifal-120w-rms-4-ohms-dual-woofer-kevlar-_JM#D[S:VIP,L:SELLER_ITEMS,V:9]

abraço,

Márcio, gostei muito da caixa, inclusive tem um tópico de 29 de Janeiro de 2012 no outro fórum a respeito - http://www.htforum.com/forum/threads/alguem-conhece-wagner-audio.183502/

KANAHA
01-07-15, 18:19
Cláudio,

Parei com a pedra em cima das caixas.
Agora é mexer na eletrônica. :cool:

Um abraço
Thassio

Eu acho que quando conhecer as caixas desenvolvidas pelo Fernando e pelo Jorge vai mudar de ideia quanto a ouvir música.

KANAHA
01-07-15, 18:30
Que maravilha ver esse tópico movimentado, babo vendo as fotos, fico interessado nos relatos, mas quando chega a minha vez de pensar em fazer MOD, pulo fora....não tenho coragem mesmo....

Cláudio, meu irmão, me interessei por aqueles cabos http://discabos.com.br/produtos/audio/cabos-paralelos/cabo-paralelo-hi-definition/paralelo-hi-definition-2x4-marine/ , mas só vendem rolos de 50 m..... são bons??? Uso uns da Diamond hoje....

Tinha que ter a ferramenta "obrigado" e sem limite de curtição... :laughing7:

Não precisa dessa ferramenta não, lembre sempre dos dois maiores mandamentos que DEUS nos deixou ..... ^:)^

Vai ter coragem sim, pois todos aqui vão te ajudar, tenho certeza e suas Energy ficarão fantásticas.

Quanto ao cabo, este modelo marine é muito bom, a Discabos é uma excelente empresa, quem sabe dividimos uma bobina, já que os cabos das surrounds dos meus novos setups passarão dentro de conduítes. Eu não conheço bem os Diamond, mas sempre ouvi falar muito bem da marca, inclusive já estive com vários modelos na mão em uma revenda no Rio, mas não testei, o acabamento dos cabos prontos HDMI, USB, optico, coaxial e de sub é muito bom, muito bem acabado e com um sleeve de excelente qualidade, os conectores também me pareceram excelentes mas eu gostaria de ver por dentro e também verificar a camada de revestimento que me parece ser de ouro 18K.

sandrovt
01-07-15, 18:44
Caramba, mas 25 m??? Tem que ter mais colegas para dividirmos, só preciso de um par de 3m...e já inclui os cabos que me falou para colocar internamente nas caixas, nem tenho idéia da metragem, só me diz o valor total por MP ou e-mail que você já tem.

Irmão Cláudio, estou conversando com um Amigo aqui para ver se ele não quer também....se não tem problema nenhum.....para o áudio, pode me conseguir um par de 5m, um para cada canal....não sei se pode...

O modelo que me interessei foi o Paralelo Hi-Definition 2 x 4,00 SN Marine

Tem os Santo Ângelo também, mas....não entendo nada....estou bem indeciso....

E o mandamento que o Senhor nos deixou é sublime mesmo ^:)^ :OK: dele depende todos os outros. ^:)^ :OK:

Radames
01-07-15, 20:10
Sandro,
Não vá nessa de que precisará só de 3m por caixa, no final a conta pode não fechar...
As Emp Tek, que são relativamente pequenas, consumiram pouco mais de 7m.

Acho melhor ficar com alguns metros sobrando do que faltando.:-bd

Abração!

sandrovt
01-07-15, 20:20
Sandro,
Não vá nessa de que precisará só de 3m por caixa, no final a conta pode não fechar...
As Emp Tek, que são relativamente pequenas, consumiram pouco mais de 7m.

Acho melhor ficar com alguns metros sobrando do que faltando.:-bd

Abração!

Rada, acho que me expressei mal ..... digo, cabos de caixa no sentido de sair do amp para elas e ter espaço para o famoso triângulo e centro de ouvinte.....mas enfim.....não me lembrei da metragem interna das caixas....só que aqui o Cláudio tinha me dito que era 12WG, 16WG ou 18WG, não lembro.....é isso??? Ai não teria nada a ver com o tipo e metragem usada do amp para elas....me corrija se eu estiver enganado por favor.

Mas não tem problema ter metragem a mais....:OK:

Eduardo
01-07-15, 20:50
Você tem razão Eduardo, eu não deveria afirmar, mas que é muito estranho, isto é. Quem sou eu para julgar o vendedor, até mesmo porque é uma pessoa corretíssima, mas será que ele não tem ideia do valor praticado nos EUA onde é a sede da marca? E não estranhou o valor que deve ter pago, eu desconfiaria na mesma hora, eu indagaria o fornecedor sobre o produto e entraria em contato com a marca para tirar todas as dúvidas.

Bem, vamos esclarecer alguns pontos então... :verde&:

Essa é uma questão que sempre discuto no HFP, a conclusão errônea com que as pessoas avaliam preços de produtos. Mais uma vez vou abordar o tema aqui, pois esse é um erro bastante comum.

Antes de mais nada, eu não estranhei nem um pouco o valor mais baixo destas caixas, e não tinha qualquer razão para isso considerando-se que produtos vendidos no mercado "paralelo" possuem preços menores que aqueles encontrados no "oficial".
Não sou a favor desta prática quando resultado de importação irregular, mas algumas vezes não temos disponibilidade de produto igual ou similar, e acredito que uma loja virtual trabalhe de forma correta.
Na época, eu queria caixas para uma sonorização sem qualquer compromisso, e até modelos da Sony e Philips eu considerei, mas aí apareceu esta opção aparentemente (e segundo avaliações do exterior) de boa qualidade, por preço de caixas usadas de segunda qualidade.
Volto a afirmar que, na minha opinião, são excelentes para o que se propõem.

Quanto ao preço... é um grande erro considerar como referência preços de varejo no mercado estrangeiro, mas é um erro bastante comum. Até a CAVI faz estas ridículas comparações quando seu editor acha normal um produto custar 3 ou 4 vezes o valor do mercado americano por conta dos impostos brasileiros.
Porque digo isso?

O mercado de varejo não serve como referência para preços praticados aqui, pois já incluem frete, impostos e margens de venda para o consumidor final, o que deveria ser bastante óbvio.
A tabela de preços do fabricante costuma ser, em muitos casos, muito menor que aquele praticado no varejo.
Só para se ter uma idéia, uma vez tive acesso a tabela de preços das caixas Usher. Havia um modelo que era vendido aqui por 12 mil dólares, mas a tabela da caixa do fabricante era de pouco mais de US$ 3.000 !!!!

Portanto, jamais devemos tomar como preço base o do mercado americano. Soube que tem um distribuidor desta marca no "Sul", e obviamente ele deve comprar estas caixas por uma valor muito menor.

É por isso que não escondo a minha admiração pelo Sr. Moysés da Sound Advice, pois é um dos raros distribuidores que trabalham com preços justos no Brasil, e ele paga todos os impostos corretamente. Para se ter uma idéia, comprei numa época o meu integrado Creek 5350SE com ele por 1.500 dólares, e sabe qual era o preço deste amplificador no mercado americano? Exatamente 1.500 dólares !!! E um detalhe... este amplificador era produzido na Europa !!!
O mesmo aconteceu com as caixas da Quad, que quando eram representadas pelo Sr. Moysés custavam menos do que quando trocou de representante.

Já comentei aqui que, depois de ler maravilhas do Anti-Mode DSPeaker, comprei o meu diretamente do fabricante, depois de muita negociação, pois eu o queria para teste.
Todos sabem que me apaixonei pelo aparelhinho e o considero um dos melhores (senão o melhor) acessório que qualquer audiófilo deveria investir num sistema sério. Basta ler os reviews de publicações sérias (não de umas e outras que não merecem muita atenção e mesmo sem testar o produto já o critica...) para ver que ele faz milagres, e se bem aproveitado é capaz até de acabar com esta ciranda de cabos e upgrades onde muitos consumidores se encontram, e que tanto enriquece fabricantes, revendedores, anunciantes, etc.. .
Depois de comprovar as suas qualidades, fiquei perturbando o fabricante para distribuí-lo no Brasil, pois achava que todos deveriam ter esta opção aqui. Mas, ele só vendia diretamente, e não queria revendas pois o preço já era baixo.

Foi quando o fabricante finalmente me pediu para indicar um distribuidor confiável por aqui, já me antecipando um nome que ele tinha, e que já o estava sondando para vender o produto em nosso mercado. Eu pedi para ele não trabalhar com aquele distribuidor, que gosta de cobrar muito caro tudo que importa e não dá a menor atenção aos clientes (se ele ler isso aqui vai saber agora quem melou seu negócio - mas... que se dane... aprenda a ser honesto... nunca escondi a minha indignação pelas pilantragem deste nosso hobby...). Sugeri pra ele distribuir pelo Sr. Moysés, e depois foi outra briga para convencer o Moysés a trazê-lo, já que ele não trabalhava muito com esse tipo de produto.

No final deu tudo certo, e apesar do pouco desconto que o fabricante do Anti-Mode dá para revenda, já que ele vende direto, ele chegou aqui por um preço muito honesto.
Eu sei que a margem do Sr. Moysés é muito pequena neste produto. Mas deu tudo certo e fico feliz de ter criado este caminho para a chegada do produto.

Portanto, temos aqui uma primeira variável que afeta diretamente o preço de alguns produtos, onde o preço de tabela do fabricante pode ser muito mais baixo do que aquele praticado no varejo.

O segundo ponto é, qual era mesmo o preço no mercado americano?
Estas caixas, assim como a bookshelf, parecem ter um preço real bem menor daquele ofertado pelo varejo, e muitas vezes chega no varejo com desconto altos.
Veja uma destas promoções abaixo:

4556

Estas caixas chegaram a ser vendidas por até US$ 275 o par, e isso acontece quando as caixas são remanufaturadas ou descontinuadas, e adivinhe... elas estavam sendo descontinuadas... ou seja, a fábrica "limpou" o estoque para colocar o modelo R55Ti em seu lugar. Se este foi o preço de varejo, você pode considerar um preço de tabela de fábrica muito menor, e provavelmente essa foi a origem das caixas que compramos.

Se um produto é vendido no mercado americano por US$ 1.000, saiba que ele pode ter sido adquirido pelo distribuidor por até menos de U$ 300 em alguns casos, e pelo revendedor por 600 ou pouco mais. Sei disso porque importo muito também, e sei que o preço de venda aqui não é essa margem toda comparada com o varejo lá fora, como algumas revistinhas querem nos convencer. Meu segmento é de componentes de instrumentação industrial, mas não muda tanto.
Tenho tabelas que variam muito em termos de descontos, alguns muito significativos e outros nem tanto. Com produtos chineses, sei que os descontos são muito grandes.

Portanto, não vejo nada estranho nos preços que o vendedor praticava aqui, e que agora, obviamente, subiram até pela pouca disponibilidade do produto descontinuado. A velha lei da oferta e procura que orienta os preços.
E, sendo assim, acho que devemos tomar cuidado quando afirmamos algo sem ter certeza, pois pode criar a idéia de que todos foram enganados e que o vendedor foi desonesto.
Eu, por exemplo, dificilmente compraria um produto refurbished, por diversas razões que não vêm ao caso agora.

Ufa !!! espero que desta vez me fiz entender em relação à composição de preços de produtos importados.
Esse esclarecimento é importante para certos editores e avaliadores de nossa tão mal informada terrinha parem de considerar normal um produto aqui custar 3 ou 4 vezes o preço de varejo no exterior... só na cabeça deles...
Eu poderia entrar em mais detalhes sobre este assunto, que deixariam muitos ainda mais indignados com alguns preços de produtos "hi-end", mas é fugir demais do tema deste tópico, e acho isso muito chato.

Radames
01-07-15, 21:44
Rada, acho que me expressei mal ..... digo, cabos de caixa no sentido de sair do amp para elas e ter espaço para o famoso triângulo e centro de ouvinte.....mas enfim.....não me lembrei da metragem interna das caixas....só que aqui o Cláudio tinha me dito que era 12WG, 16WG ou 18WG, não lembro.....é isso??? Ai não teria nada a ver com o tipo e metragem usada do amp para elas....me corrija se eu estiver enganado por favor.

Mas não tem problema ter metragem a mais....:OK:

Acho que do amplificador para as caixas você poderia pegar o 12AWG ou até mais. Não existe regra, mas quanto menor a resistência, melhor. :-bd
Dentro da caixa acho que não precisa de mais que 16AWG (ou 1.5mm²). Dentro da caixa as frequências já estão divididas, a corrente é muito menor e as distâncias menores, não há motivo para esquentar a cabeça. :OK:

E Edu,

Pô velho, hoje você está com a macaca :laughing6:

Mas seguinte, entendo que quando há essa limpeza nos estoques o preço cai. É uma exceção, mas essas caixas saíram de linha a poucos meses e já estão sendo vendidas no Brasil a mais de ano. Tudo bem que a decisão de parar a fabricação pode ter vindo antes e a empresa só esperou o estoque baixar um pouco para anunciar. Os revendedores são sempre os primeiros a saber dessas decisões, nós sempre os últimos. Como estamos trabalhando no campo hipotético, tanto faz :laughing7:

Sobre a precificação já acho um tanto mais complicado. Sabemos bem que à medida que o mercado se torna, digamos assim, um "nicho", as margens de lucro sobem consideravelmente.
Quando falamos de produtos de "consumo de massa" a margem de lucro (normalmente) é sensivelmente menor e ganha-se no volume. Quando passamos ao mercado de nicho a situação se inverte.
Lembro bem quando comprei o integrado de meu pai, um A-S2000 da Yamaha. Lá nos Estados Unidos custava uns 3000 dólares; lá em Paris(guai) o mesmo integrado custava 1500 doletas. A caixa estava com lacre de fábrica e tudo mais, então nem tinha como falar que era recondicionado.

A questão é que na época o A-S2000 era o top de linha da Yamaha. O seu irmão menos nobre, A-S1000, cuja única diferença era a ausência do circuito balanceado, custava 500 dólares a menos em Paris. E vou te falar que pelas fotos acho que o circuito só foi desativado e as entradas balanceadas retiradas do painel traseiro tamanha a semelhança entre os dois.

Então acho o seguinte, no caso de uma Monitor Audio, B&W e outras marcas renomadas as margens são sempre grandes. No caso de uma Emp Tek da vida, a empresa é "obrigada" a ganhar no volume uma vez que ainda não tem um nome que agregue valor.
Acho que ambas as hipóteses sobre o preço das E55Ti podem ser sim consideradas pois o modelo saiu mesmo de linha e não sabemos ao certo o custo de produção. Mas e a E5bi (a book que compramos)? Essa ainda está em fabricação e seu preço, pelo menos na época em que compramos, também estava muito abaixo do praticado lá fora. (sei que você já falou disso, mas releve :verde&:)

Só não a coloquei em questão antes pois a caixa em que minhas books vieram não levantaram qualquer suspeita. Impecáveis por dentro e por fora. Já uma das torres que comprei veio com um parafuso parcialmente espanado, essa é difícil de engolir...

Abração!

sandrovt
01-07-15, 21:56
Rada, só para mim entender quanto maior o número, por exemplo 16 WG para cima significa mais resistência no sentido de força ou evitar que o sinal passe??? Ou pior sonoridade???

Os de de menor numeração 14WG, 12WG, etc são os mais indicados para melhor sonoridade???

Estou engatinhando nessa questão....achei que quanto mais grosso o cabo, melhor o som....

Confesso que gostei muito dos Santo Ângelo também Radamés saltit&

thereizein
01-07-15, 22:22
Awg, quanto maior mais fino o fio.
Existe uma relação entre resistência, diâmetro e comprimento.
Qual é essa relação?

Sent from my ASUS_T00J using Tapatalk

Radames
01-07-15, 22:30
Na verdade a resistência varia de acordo com a corrente vs área do cabo. Se há corrente demais passando por um cabo muito fino a tendência é que o cabo se aqueça até queimar, mas isso só acontece em casos extremos. No caso do som, um fio fino demais pode, por exemplo, se tornar muito resistente quando o amplificador jogar muita corrente nas caixas, isso sim vai prejudicar a qualidade do som. Então, na conexão amplificador/caixas, por onde toda a corrente destinada às caixas passa, utilize um cabo com boa espessura. 2.5mm² já são suficientes pra quase tudo o que temos por aí, mas 4mm² não vão atrapalhar em nada.
Depois do crossover essa corrente é dividida entre os alto-falantes, ou seja, ela é significativamente mais baixa que na outra etapa. Então não precisa esquentar com cabos grossos pois a corrente é bem menor.
Estou simplificando grosseiramente, mas acho que dá pra clarear as idéias. :OK:

O Diâmetro não tem, necessariamente, relação com a qualidade do som, mas alguns dizem que cabos grossos demais prejudicam os agudos, o que até faz sentido em distâncias longas (acima de 5m), mas nos 2, 3 metros que normalmente utilizamos, a diferença é muito pequena.

E para clarear a questão do AWG vs mm², dá uma olhada no link: http://www.muellergroup.net/tech-mm2-awg.html

Abração!

VTR
01-07-15, 22:55
A propósito de revestimentos de ouro em p.ex. conectores para áudio existem 2 tipos, os mais usuais:

- o banho em metal fundido quando pode ser depositado o metal/liga que se queira e não só o ouro: então faz sentido falarmos em banho 18K, 14K , 10K etc.
É uma liga de ouro com outros metais, não é ouro puro.
Tb é o processo mais caro mas resulta numa camada bastante espessa, de altissima durabilidade e resistencia (se bem feito...): uma liga de ouro é muito mais resistente que o ouro puro.

- a eletrodeposição que reveste o metal base de uma finissima camada de ouro puro ou seja: 24K
É o banho dado em 99% das peças em que se decidiu banha-las com um metal precioso, incluem-se aqui os conectores para áudio de modo mais geral.

É o processo mais barato, dá grande beleza plástica ao objeto mas é muito fraco, a camada (flash) tem espessura de poucos "átomos" e se solta muito rapidamente no manuseio.
Para que fique bom o banho neste processo deve ser o mais demorado possível para que seja depositada uma camada de razoável espessura mas tb proporcionalmente mais cara.

Há muito tempo eu usava o banho por eletrodeposição mas a pessoa que fazia esse serviço mergulhava a peça no banho e contava de 1 até 2 e tava pronto... Durava nada.
Tem que ficar um tempo relativamente grande para maior camada.
Caiu no descrédito e assim eu abandonei a prática pois já começavam a aparecer bons produtos importados da área de eletroeletronica revestidos em ouro.

Por isso saiba-se: qq peça pequena banhada a ouro atualmente (bijuterias inclusive) é revestida com ouro puro, 24K e não 18K etc etc.
Acho que ainda é impossível fazer eletrodeposição de uma liga metálica sobre outro metal: só se consegue depositar um metal puro sobre outro neste processo.

Só muito antigamente encontravam-se peças com banho de ouro em 18K: relógios de pulso eram comuns e podia-se perceber facilmente a grossa (ou fina...) camada de ouro do revestimento.


Agora um alerta: recebi há algum tempo (de um conhecido site audiófilo do olho rasgado...) conectores RCA para fabricar cabos interconnect.
Banhados a "ouro" que na hora do vamo v não aceitavam a solda...

Tive que raspar o "ouro" até chegar no metal base senão perderia tudo: esta camada dourada era duríssima, dificil de raspar e acabei sabendo a artimanha que estão adotando, um revestimento a base de óxidos de titanio que são igualmente dourados, bonitos etc etc mas não aceitam solda.

Conhecem estas brocas douradas que estão sendo vendidas comumente por aí, de alta durabilidade?
Adivinhem qual é o material dourado que as reveste... rsrs

sandrovt
01-07-15, 22:58
Muito show saber disso.... inclusive achei aqui na internet, no próprio site da Discabos ..... http://discabos.com.br/downloads/arquivos/tabela-alto-falante.pdf

Agora é com vocês, preciso de um par de mais ou menos 3m para sair do amp às caixas

E uma quantia para trocar os cabos internos das caixas....que nem tenho idéia do que seja a metragem ou AWG.....

Espero que me ajudem....e já passam a conta CEF ou Lotérica para posterior depósito.... o Cláudio tem o meu e-mail .....

Só para ajudar....meu amplificador integrado é um Sansui AU 717, maravilhoso mesmo, falar dele é chover no molhado..... e as caixas usadas Energy RC 70 compradas do irmão e Amigo Endlich65, que pensei que não ia gostar, mas me satisfez, muito boa caixa, ficarei com ela.

OBS: Tenho uma certa paixão por cabos de boa bitola, tipo 4mm.... :toothy10:

Na tabela da Discabos tem especificamente em 8ohm na faixa de 240 a 260W RMS por canal.....

Outra coisa improvável, mas levando em conta....se um dia se resolve a trocar de amplificador ou de caixa....não seria interessante ficar já preparado para tais mudanças, estando já com o cabo certo englobando todas aquelas faixas??? O papo promete ser muito interessante....estou gostando....:OK:

Grande abraço!!!:OK:

Eduardo
01-07-15, 23:26
Agora um alerta: recebi há algum tempo (de um conhecido site audiófilo do olho rasgado...) conectores RCA para fabricar cabos interconnect.
Banhados a "ouro" que na hora do vamo v não aceitavam a solda...

Tive que raspar o "ouro" até chegar no metal base senão perderia tudo: esta camada dourada era duríssima, dificil de raspar e acabei sabendo a artimanha que estão adotando, um revestimento a base de óxidos de titanio que são igualmente dourados, bonitos etc etc mas não aceitam solda.

Há muito tempo usam isso. Comprei um cabo há muitos anos de uma conhecida loja de produtos hi-end que veio com conectores assim.
É um revestimento que usa latão, bronze e outros materiais. É muito usado também em bijuterias.
Pega solda, mas com uma temperatura muito alta.

VTR
01-07-15, 23:36
Os óxidos de titanio não aceitam solda de estanho/chumbo: este material nada tem a ver com esses que vc citou e que conheço tb.

O uso destes óxidos dourados começou em brocas em torno do ano 2000 e só recentemente/infelizmente migrou para acabamentos dourados na eletroeletronica.

KANAHA
02-07-15, 09:23
Caramba, mas 25 m??? Tem que ter mais colegas para dividirmos, só preciso de um par de 3m...e já inclui os cabos que me falou para colocar internamente nas caixas, nem tenho idéia da metragem, só me diz o valor total por MP ou e-mail que você já tem.

Irmão Cláudio, estou conversando com um Amigo aqui para ver se ele não quer também....se não tem problema nenhum.....para o áudio, pode me conseguir um par de 5m, um para cada canal....não sei se pode...

O modelo que me interessei foi o Paralelo Hi-Definition 2 x 4,00 SN Marine

Tem os Santo Ângelo também, mas....não entendo nada....estou bem indeciso....

E o mandamento que o Senhor nos deixou é sublime mesmo ^:)^ :OK: dele depende todos os outros. ^:)^ :OK:

Meu irmão Sandro, vou procurar no Mercado livre cabos para você comprar, se não me engano tem um vendedor que tem uma loja no Sul que tem boas marcas e modelos e coloco o link aqui pra você, acredito que não precise de 10 metros, acho que 5 metros já seja o suficiente e com sobra para as duas caixas.

Os dois principais mandamentos é que podem fazer a diferença em modificar o ser humano para que o mundo melhore muito.

Eduardo
02-07-15, 09:46
Os óxidos de titanio não aceitam solda de estanho/chumbo: este material nada tem a ver com esses que vc citou e que conheço tb.

O uso destes óxidos dourados começou em brocas em torno do ano 2000 e só recentemente/infelizmente migrou para acabamentos dourados na eletroeletronica.

Você está falando do dióxido de titânio, usado em bijuterias, e componentes aeroespaciais e industriais.
Ele na verdade é uma liga, e dá um acabamento muito bonito. Seu ponto e soldagem é acima de 1.000ºC, mas normalmente é ligado com alumínio dificultando a soldagem.
Não é um material ruim, mas deve ser montado mecanicamente, e não deve ser oferecido como ouro, pois é mais barato.

KANAHA
04-07-15, 18:34
Bem, vamos esclarecer alguns pontos então... :verde&:

Essa é uma questão que sempre discuto no HFP, a conclusão errônea com que as pessoas avaliam preços de produtos. Mais uma vez vou abordar o tema aqui, pois esse é um erro bastante comum.

Antes de mais nada, eu não estranhei nem um pouco o valor mais baixo destas caixas, e não tinha qualquer razão para isso considerando-se que produtos vendidos no mercado "paralelo" possuem preços menores que aqueles encontrados no "oficial".
Não sou a favor desta prática quando resultado de importação irregular, mas algumas vezes não temos disponibilidade de produto igual ou similar, e acredito que uma loja virtual trabalhe de forma correta.
Na época, eu queria caixas para uma sonorização sem qualquer compromisso, e até modelos da Sony e Philips eu considerei, mas aí apareceu esta opção aparentemente (e segundo avaliações do exterior) de boa qualidade, por preço de caixas usadas de segunda qualidade.
Volto a afirmar que, na minha opinião, são excelentes para o que se propõem.

Quanto ao preço... é um grande erro considerar como referência preços de varejo no mercado estrangeiro, mas é um erro bastante comum. Até a CAVI faz estas ridículas comparações quando seu editor acha normal um produto custar 3 ou 4 vezes o valor do mercado americano por conta dos impostos brasileiros.
Porque digo isso?

O mercado de varejo não serve como referência para preços praticados aqui, pois já incluem frete, impostos e margens de venda para o consumidor final, o que deveria ser bastante óbvio.
A tabela de preços do fabricante costuma ser, em muitos casos, muito menor que aquele praticado no varejo.
Só para se ter uma idéia, uma vez tive acesso a tabela de preços das caixas Usher. Havia um modelo que era vendido aqui por 12 mil dólares, mas a tabela da caixa do fabricante era de pouco mais de US$ 3.000 !!!!

Portanto, jamais devemos tomar como preço base o do mercado americano. Soube que tem um distribuidor desta marca no "Sul", e obviamente ele deve comprar estas caixas por uma valor muito menor.

É por isso que não escondo a minha admiração pelo Sr. Moysés da Sound Advice, pois é um dos raros distribuidores que trabalham com preços justos no Brasil, e ele paga todos os impostos corretamente. Para se ter uma idéia, comprei numa época o meu integrado Creek 5350SE com ele por 1.500 dólares, e sabe qual era o preço deste amplificador no mercado americano? Exatamente 1.500 dólares !!! E um detalhe... este amplificador era produzido na Europa !!!
O mesmo aconteceu com as caixas da Quad, que quando eram representadas pelo Sr. Moysés custavam menos do que quando trocou de representante.

Já comentei aqui que, depois de ler maravilhas do Anti-Mode DSPeaker, comprei o meu diretamente do fabricante, depois de muita negociação, pois eu o queria para teste.
Todos sabem que me apaixonei pelo aparelhinho e o considero um dos melhores (senão o melhor) acessório que qualquer audiófilo deveria investir num sistema sério. Basta ler os reviews de publicações sérias (não de umas e outras que não merecem muita atenção e mesmo sem testar o produto já o critica...) para ver que ele faz milagres, e se bem aproveitado é capaz até de acabar com esta ciranda de cabos e upgrades onde muitos consumidores se encontram, e que tanto enriquece fabricantes, revendedores, anunciantes, etc.. .
Depois de comprovar as suas qualidades, fiquei perturbando o fabricante para distribuí-lo no Brasil, pois achava que todos deveriam ter esta opção aqui. Mas, ele só vendia diretamente, e não queria revendas pois o preço já era baixo.

Foi quando o fabricante finalmente me pediu para indicar um distribuidor confiável por aqui, já me antecipando um nome que ele tinha, e que já o estava sondando para vender o produto em nosso mercado. Eu pedi para ele não trabalhar com aquele distribuidor, que gosta de cobrar muito caro tudo que importa e não dá a menor atenção aos clientes (se ele ler isso aqui vai saber agora quem melou seu negócio - mas... que se dane... aprenda a ser honesto... nunca escondi a minha indignação pelas pilantragem deste nosso hobby...). Sugeri pra ele distribuir pelo Sr. Moysés, e depois foi outra briga para convencer o Moysés a trazê-lo, já que ele não trabalhava muito com esse tipo de produto.

No final deu tudo certo, e apesar do pouco desconto que o fabricante do Anti-Mode dá para revenda, já que ele vende direto, ele chegou aqui por um preço muito honesto.
Eu sei que a margem do Sr. Moysés é muito pequena neste produto. Mas deu tudo certo e fico feliz de ter criado este caminho para a chegada do produto.

Portanto, temos aqui uma primeira variável que afeta diretamente o preço de alguns produtos, onde o preço de tabela do fabricante pode ser muito mais baixo do que aquele praticado no varejo.

O segundo ponto é, qual era mesmo o preço no mercado americano?
Estas caixas, assim como a bookshelf, parecem ter um preço real bem menor daquele ofertado pelo varejo, e muitas vezes chega no varejo com desconto altos.
Veja uma destas promoções abaixo:

4556

Estas caixas chegaram a ser vendidas por até US$ 275 o par, e isso acontece quando as caixas são remanufaturadas ou descontinuadas, e adivinhe... elas estavam sendo descontinuadas... ou seja, a fábrica "limpou" o estoque para colocar o modelo R55Ti em seu lugar. Se este foi o preço de varejo, você pode considerar um preço de tabela de fábrica muito menor, e provavelmente essa foi a origem das caixas que compramos.

Se um produto é vendido no mercado americano por US$ 1.000, saiba que ele pode ter sido adquirido pelo distribuidor por até menos de U$ 300 em alguns casos, e pelo revendedor por 600 ou pouco mais. Sei disso porque importo muito também, e sei que o preço de venda aqui não é essa margem toda comparada com o varejo lá fora, como algumas revistinhas querem nos convencer. Meu segmento é de componentes de instrumentação industrial, mas não muda tanto.
Tenho tabelas que variam muito em termos de descontos, alguns muito significativos e outros nem tanto. Com produtos chineses, sei que os descontos são muito grandes.

Portanto, não vejo nada estranho nos preços que o vendedor praticava aqui, e que agora, obviamente, subiram até pela pouca disponibilidade do produto descontinuado. A velha lei da oferta e procura que orienta os preços.
E, sendo assim, acho que devemos tomar cuidado quando afirmamos algo sem ter certeza, pois pode criar a idéia de que todos foram enganados e que o vendedor foi desonesto.
Eu, por exemplo, dificilmente compraria um produto refurbished, por diversas razões que não vêm ao caso agora.

Ufa !!! espero que desta vez me fiz entender em relação à composição de preços de produtos importados.
Esse esclarecimento é importante para certos editores e avaliadores de nossa tão mal informada terrinha parem de considerar normal um produto aqui custar 3 ou 4 vezes o preço de varejo no exterior... só na cabeça deles...
Eu poderia entrar em mais detalhes sobre este assunto, que deixariam muitos ainda mais indignados com alguns preços de produtos "hi-end", mas é fugir demais do tema deste tópico, e acho isso muito chato.

Eduardo, eu não entendo nada de importação, por isso estranhei o valor praticado aqui.

Esta página com o valor de USD 275,00 eu nunca tinha visto, mas se formos transformar este valor em reais dará R$ 825,00, e o valor que o vendedor pratica aqui é de R$ 1.200,00, o lucro bruto então é de R$ 375,00 (fora a comissão que o Mercadoi Livre cobra) mais o frete que ele paga do Paraguai para cá, ou então o gasto de combustível, alimentação e estadia, no caso de ir buscar em veículo próprio, eu paticularmente acho o lucro baixo, mas como disse anteriormente, nunca trabalhei com importação e não tenho parâmetro para avaliar o lucro médio de quem importa.

Tenho amigos que trabalham com importação legal de porcelanato e pastilhas de vidro, e um dos sócios certa vez comentou que alguns pisos de porcelanato polidos e retificados que estavam importando da China custavam R$ 10,00 o m2, mais 20% de frete e mais as taxas de importação, e estavam praticando o valor de R$ 39,90 para as revendas e de R$ 59,90 parcelado em até 6 vezes em sua loja própria, este é o único parâmetro que tenho.

Eduardo, eu gostaria muito de saber sua opinião sobre produtos remanufaturados, pois você trabalha com importação e conhece o que o mercado oferece, quem sabe eu mude de idéia quanto a estes produtos, pelo que conheço de produtos remanufaturados (DELL e Lenovo) nunca ouvi falarem mal, muito pelo contrário, minha ex tem um Vostro remanufaturado da DEL que nunca lhe deu problema algum.

KANAHA
04-07-15, 19:09
Rada, só para mim entender quanto maior o número, por exemplo 16 WG para cima significa mais resistência no sentido de força ou evitar que o sinal passe??? Ou pior sonoridade???

Os de de menor numeração 14WG, 12WG, etc são os mais indicados para melhor sonoridade???

Estou engatinhando nessa questão....achei que quanto mais grosso o cabo, melhor o som....

Confesso que gostei muito dos Santo Ângelo também Radamés saltit&

Sandro, quanto menor a resistência maior a condutividade, mas nada tem a ver com a bitola dos condutores, a pureza do cobre é muito importante para uma boa condutividade, eu prefiro sempre usar cabos em cobre puro OFHC ou UP-OCC - http://www.audiotweak.co.za/items/1306765741-0910.pdf (de preferência rígidos, quando encontro) entre 10 e 12 AWG para woofers por experiência própria, em todos os mods que fiz achei que os woofers responderam melhor, com graves mais precisos e para mids e tweeters cabos de 16 a 20 AWG, de preferência revestidos em prata, pois achei que tanto os médios quanto os tweeters tiveram melhor performance do que com cabos de cobre, gosto muito de usar as marcas Audioquest, Nerve Audio e DH Labs para cabeamento interno.

Esta é somente minha opinião, sei que muitos amigos aqui não vão concordar.

sandrovt
04-07-15, 19:18
Tranquilo irmão Cláudio , já viu que cabos é mais indicado então, usando do conhecimento??? Já sei que outro amigo por aqui está querendo substituir capacitores de um Power PA 1800 da Cygnus, ele tem o pré e o power......ai já aproveito a saber das duas coisas, tem alguma loja no Brasil que tem essas peças para reposição originais ou tem que ser importadas???

Eduardo
05-07-15, 14:08
Esta página com o valor de USD 275,00 eu nunca tinha visto, mas se formos transformar este valor em reais dará R$ 825,00, e o valor que o vendedor pratica aqui é de R$ 1.200,00, o lucro bruto então é de R$ 375,00 (fora a comissão que o Mercadoi Livre cobra) mais o frete que ele paga do Paraguai para cá, ou então o gasto de combustível, alimentação e estadia, no caso de ir buscar em veículo próprio, eu paticularmente acho o lucro baixo, mas como disse anteriormente, nunca trabalhei com importação e não tenho parâmetro para avaliar o lucro médio de quem importa.

Novamente... você está considerando o preço de consumidor final da loja. Esteja certo que o preço para revenda era certamente abaixo destes 275 dólares. Se não for assim, a revenda não consegue sequer competir com a fábrica. :verde&:

Eduardo
05-07-15, 14:34
Eduardo, eu gostaria muito de saber sua opinião sobre produtos remanufaturados, pois você trabalha com importação e conhece o que o mercado oferece, quem sabe eu mude de idéia quanto a estes produtos, pelo que conheço de produtos remanufaturados (DELL e Lenovo) nunca ouvi falarem mal, muito pelo contrário, minha ex tem um Vostro remanufaturado da DEL que nunca lhe deu problema algum.

Minha opinião é: se novo já deu problema, imagine "remexido" !!! :verde&:

Vou citar alguns problemas:

1. Muitas vezes o problema apresentado pelo produto é intermitente, e não se repete na fábrica. Neste caso a fábrica acredita que o problema era outro externo, com o usuário, por exemplo, ou algo periférico.
Por exemplo, o PC não imprime, mas é um defeito intermitente. Como o problema não é reproduzido na fábrica, o técnico pode imaginar tratar-se de um problema da impressora, do cabo, ou de erro de utilização do usuário.
Nestes casos, o defeito segue para o próximo comprador.

2. O defeito só aparece numa condição bastante específica. Se o técnico da fábrica não receber uma descrição exata e detalhada do defeito (o que a maioria das lojas não se preocupam em obter de quem devolve o produto - e sabemos disso), o técnico pode não conseguir simular aquele defeito durante os testes, acreditando, novamente, que o aparelho está em boas condições, e novamente o produto retorna com o vício.

3. Sabemos que equipamentos hoje, por facilidades de processo de produção e custos, são na maioria das vezes porcamente projetados para serem perfeitamente montados uma única vez. São as famosas travinhas plásticas que hoje encontramos em painéis de carros, aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, celulares, etc... Estas travas possuem um desenho idealizado de tal forma a favorecer o encaixe, travando internamente em seguida. Para posterior desmontagem é necessário forçar a peça ou ficar empurrando as travinhas com ferramentas de ponta fina. Não acredite que fabricantes ou autorizadas usam ferramentas específicas porque já vi usarem coisas piores do que aquelas que eu uso em casa. :verde&:
Certa vez pedi para uma autorizada Chevrolet instalar um kit multimídia no painel de uma S10 que eu tinha. Vocês já desmontaram aquilo? É prático demais, mas costuma deixar as travas frouxas, quebradas ou soltas dentro do painel. Tive que voltar à concessionária para refazerem o serviço, pois duas travas estavam faltando e duas estavam frouxas.

4. Pagamos por um produto que queremos que apresente um funcionamento perfeito. Se concordamos em pagar menos por um produto "mexido", estamos concordando que ele pode não ser igual a um novo. Ou seja, ele não está em condições originais. Foi reparado, modificado, teve peças trocadas, etc... e outros problemas podem ter sido acrescentados. A montagem mais cuidadosa é a do fabricante, com partes automatizadas, torquímetros, posicionamento preciso dos componentes, temperatura adequada das soldas, componentes de lotes conhecidos, etc. O técnico vai "reparar" e não simplesmente "montar". Ele vai colocar os dedinhos em tudo quanto é contato elétrico, vai forçar partes do aparelho, refazer soldas com soldadores pouco adequados, "espirrar" um "oleozinho" aqui outro ali, trocar peças para cercar os problemas, etc... e tudo isso numa bancada muitas vezes para lá de bagunçada. Basta uma pequena arruela perdida na mesa para ela ir parar dentro do aparelho ou riscar alguma coisa.
Lembre-se, o produto não voltou para uma linha de produção, mas sim para uma oficina do fabricante.

Existem outras razões, mas estas para mim já são suficientes. :verde&:

Não digo que todo produto remanufaturado vai acabar causando dor de cabeça para o comprador, pois alguns problemas são simples de resolver, mas o risco disso acontecer é muito grande.

Eduardo
05-07-15, 14:51
Sandro, quanto menor a resistência maior a condutividade, mas nada tem a ver com a bitola dos condutores,......
Esta é somente minha opinião, sei que muitos amigos aqui não vão concordar.

Eu não concordo ! :laughing6:

Na maioria dos casos, quanto maior a bitola do cabo, menor a sua resistência elétrica (para o mesmo comprimento).
Claro que se compararmos materiais diferentes aí teremos algumas variações.


Além destas marcas que você citou, que realmente são muito boas, recomendo ainda os cabos da Chord e QED, além dos excelentes DNM.

VTR
05-07-15, 15:29
Condutividade elétrica: característica de cada metal/liga/material e, nas CNTP, de valores tabelados e constantes.

Resistencia elétrica: dentro das CNTP depende exclusivamente do comprimento e da área da seção transversal do condutor.

Eduardo
05-07-15, 16:15
Muito bem, Ricardo. :OK:

Mais bem explicado que isso, impossível.
Explique agora aos colegas o significado de CNTP, pois muitos não possuem formação técnica ou não se recordam mais das aulas de química e física... :verde&:

VTR
05-07-15, 18:50
... ou sejam as famosas condições normais de temperatura e pressão.

KANAHA
05-07-15, 19:17
Novamente... você está considerando o preço de consumidor final da loja. Esteja certo que o preço para revenda era certamente abaixo destes 275 dólares. Se não for assim, a revenda não consegue sequer competir com a fábrica. :verde&:

Como disse antes não entendo nada de importação a não ser o que amigos meus já me relataram, mas pelo que você me passou e pela sua experiência, a revenda no Paraguai deve ter adquirido estas caixas por pelo menos 50% do valor informado, isto é USD 137,50 (R$ 412,00) o par mais o valor do frete, e o valor que foram vendidas para o vendedor que as repassa aqui no Brasil, não tenho a menor ideia, como disse antes, eu comprei o par por R$ 600,00, por isso achei estranho.


Minha opinião é: se novo já deu problema, imagine "remexido" !!! :verde&:

Vou citar alguns problemas:

1. Muitas vezes o problema apresentado pelo produto é intermitente, e não se repete na fábrica. Neste caso a fábrica acredita que o problema era outro externo, com o usuário, por exemplo, ou algo periférico.
Por exemplo, o PC não imprime, mas é um defeito intermitente. Como o problema não é reproduzido na fábrica, o técnico pode imaginar tratar-se de um problema da impressora, do cabo, ou de erro de utilização do usuário.
Nestes casos, o defeito segue para o próximo comprador.

2. O defeito só aparece numa condição bastante específica. Se o técnico da fábrica não receber uma descrição exata e detalhada do defeito (o que a maioria das lojas não se preocupam em obter de quem devolve o produto - e sabemos disso), o técnico pode não conseguir simular aquele defeito durante os testes, acreditando, novamente, que o aparelho está em boas condições, e novamente o produto retorna com o vício.

3. Sabemos que equipamentos hoje, por facilidades de processo de produção e custos, são na maioria das vezes porcamente projetados para serem perfeitamente montados uma única vez. São as famosas travinhas plásticas que hoje encontramos em painéis de carros, aparelhos eletrônicos, eletrodomésticos, celulares, etc... Estas travas possuem um desenho idealizado de tal forma a favorecer o encaixe, travando internamente em seguida. Para posterior desmontagem é necessário forçar a peça ou ficar empurrando as travinhas com ferramentas de ponta fina. Não acredite que fabricantes ou autorizadas usam ferramentas específicas porque já vi usarem coisas piores do que aquelas que eu uso em casa. :verde&:
Certa vez pedi para uma autorizada Chevrolet instalar um kit multimídia no painel de uma S10 que eu tinha. Vocês já desmontaram aquilo? É prático demais, mas costuma deixar as travas frouxas, quebradas ou soltas dentro do painel. Tive que voltar à concessionária para refazerem o serviço, pois duas travas estavam faltando e duas estavam frouxas.

4. Pagamos por um produto que queremos que apresente um funcionamento perfeito. Se concordamos em pagar menos por um produto "mexido", estamos concordando que ele pode não ser igual a um novo. Ou seja, ele não está em condições originais. Foi reparado, modificado, teve peças trocadas, etc... e outros problemas podem ter sido acrescentados. A montagem mais cuidadosa é a do fabricante, com partes automatizadas, torquímetros, posicionamento preciso dos componentes, temperatura adequada das soldas, componentes de lotes conhecidos, etc. O técnico vai "reparar" e não simplesmente "montar". Ele vai colocar os dedinhos em tudo quanto é contato elétrico, vai forçar partes do aparelho, refazer soldas com soldadores pouco adequados, "espirrar" um "oleozinho" aqui outro ali, trocar peças para cercar os problemas, etc... e tudo isso numa bancada muitas vezes para lá de bagunçada. Basta uma pequena arruela perdida na mesa para ela ir parar dentro do aparelho ou riscar alguma coisa.
Lembre-se, o produto não voltou para uma linha de produção, mas sim para uma oficina do fabricante.

Existem outras razões, mas estas para mim já são suficientes. :verde&:

Não digo que todo produto remanufaturado vai acabar causando dor de cabeça para o comprador, pois alguns problemas são simples de resolver, mas o risco disso acontecer é muito grande.

Também não sou um especialista em produtos remanufaturados, o que relatei foi passado por um amigo de minha ex esposa que trabalha na mesma empresa e é engenheiro eletricista e que tirou dúvidas de quem estava interessado nestes produtos da DELL e Lenovo, não foi a primeira vez que minha ex esposa comprou produtos remanufaturados, eu tenho um desktop DELL remanufaturado que ela me repassou e até hoje também não deu defeito algum, como os dela, e todos os amigos dela na empresa que compraram não relataram problema alguns com os equipamentos, entretanto certa vez comprei máquinas novas da DELL para meu escritório que deram muitos defeitos durante os primeiros 6 meses e solicitei a devolução das máquina e o valor pago, então fica a dúvida, comprar ou não produtos remanufaturados, pois a garantia é a mesma. Talvez sua experiência não tenha sido muito boa com produtos remanufaturados, já que trabalha com importação e tem mais contato e experiência com estes produtos.

KANAHA
05-07-15, 19:31
Eu não concordo ! :laughing6:

Na maioria dos casos, quanto maior a bitola do cabo, menor a sua resistência elétrica (para o mesmo comprimento).
Claro que se compararmos materiais diferentes aí teremos algumas variações.


Além destas marcas que você citou, que realmente são muito boas, recomendo ainda os cabos da Chord e QED, além dos excelentes DNM.


Condutividade elétrica: característica de cada metal/liga/material e, nas CNTP, de valores tabelados e constantes.

Resistencia elétrica: dentro das CNTP depende exclusivamente do comprimento e da área da seção transversal do condutor.


Muito bem, Ricardo. :OK:

Mais bem explicado que isso, impossível.
Explique agora aos colegas o significado de CNTP, pois muitos não possuem formação técnica ou não se recordam mais das aulas de química e física... :verde&:


... ou sejam as famosas condições normais de temperatura e pressão.

Valeu pela aula, é sempre bom aprender com quem tem formação na área, me parece que tanto o Eduardo quanto o Ricardo são engenheiros eletrônicos, eu nem me lembro das aulas de química que abordavam estes assuntos, mas agora sei o quanto teria sido importante ter prestado mais atenção :violent1:.

Eduardo
05-07-15, 20:53
Como disse antes não entendo nada de importação a não ser o que amigos meus já me relataram, mas pelo que você me passou e pela sua experiência, a revenda no Paraguai deve ter adquirido estas caixas por pelo menos 50% do valor informado, isto é USD 137,50 (R$ 412,00) o par mais o valor do frete, e o valor que foram vendidas para o vendedor que as repassa aqui no Brasil, não tenho a menor ideia, como disse antes, eu comprei o par por R$ 600,00, por isso achei estranho.



Também não sou um especialista em produtos remanufaturados, o que relatei foi passado por um amigo de minha ex esposa que trabalha na mesma empresa e é engenheiro eletricista e que tirou dúvidas de quem estava interessado nestes produtos da DELL e Lenovo, não foi a primeira vez que minha ex esposa comprou produtos remanufaturados, eu tenho um desktop DELL remanufaturado que ela me repassou e até hoje também não deu defeito algum, como os dela, e todos os amigos dela na empresa que compraram não relataram problema alguns com os equipamentos, entretanto certa vez comprei máquinas novas da DELL para meu escritório que deram muitos defeitos durante os primeiros 6 meses e solicitei a devolução das máquina e o valor pago, então fica a dúvida, comprar ou não produtos remanufaturados, pois a garantia é a mesma. Talvez sua experiência não tenha sido muito boa com produtos remanufaturados, já que trabalha com importação e tem mais contato e experiência com estes produtos.

Eu não tive nenhuma experiência tão ruim assim, apenas conheço o "outro lado". :verde&:

Qualquer equipamento novo pode dar problema. Eu era fã dos notes HP, e desisti da marca depois de comprar dois modelos que deram defeitos. Hoje só compro Dell, Toshiba ou Sony. São as marcas que mais confio também.
Estou no meus quarto note da Dell e nada a reclamar. Aliás, também uso um monitor profissional da Dell há 4 anos que até hoje ainda me impressiona. É uma ótima marca.

Mas remanufaturado realmente não me chama a intenção, até pelo fato de comprar algo que já foi usado, deu defeito e foi consertado. Só se o preço valer muito a pena e eu confiar muito no serviço que foi feito.

Eduardo
05-07-15, 20:54
Valeu pela aula, é sempre bom aprender com quem tem formação na área, me parece que tanto o Eduardo quanto o Ricardo são engenheiros eletrônicos, eu nem me lembro das aulas de química que abordavam estes assuntos, mas agora sei o quanto teria sido importante ter prestado mais atenção :violent1:.

Cláudio, aqui ninguém sabe nada... estamos só enganando porque o pessoal sabe ainda menos que nos... :laughing6:

Não me lembre das aulas de química. Era a única matéria que eu odiava...