Página 1 de 7 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 61

Tópico: Ik Multimedia - ARC 2 - Software correção de Sala

  1. #1

    Ik Multimedia - ARC 2 - Software correção de Sala

    Olá pessoal,

    criando o meu primeiro tópico aqui no fórum.

    Resolvi migrar de fórum e deixo o agradecimento ao colega Paulo Albino.

    Bom,
    criei o tópico para falar sobre o software ARC 2 da Ik Multimedia que funciona em pc ou mac.
    http://www.ikmultimedia.com/products/arc/
    O custo do software é de uns $250 a $300 nos EUA. Aqui no Brasil, o representante é a Quanta Store. Parece que ela tinha o software por um pouco menos de 1000 reais um tempo atrás.

    O ARC 2 é um software de correção de sala que utiliza a tecnologia audyssey xt32. Para quem usa receiver, já deve ter ouvido falar dessa tecnologia, mas existem algumas diferentes no casos desse software:

    -Permite a medição em mais de 8 pontos
    -Permite a correção somente de 2 caixas
    -Permite escolher a curva de EQ
    -Funciona como plugin vst ou aax

    Basicamente, quando você compra o software, você recebe um microfone apropriado para utilizar com o sistema que deve ser instalado em um computador PC ou MAC.
    A questão é como conectar o microfone no computador, nesse caso será necessário uma boa interface de audio com suporte a microfones com phantom power. Também, é necessário ter uma placa de som mais linear possível.

    Como o público alvo são studios de produção musical, isso não costuma ser uma fator limitador, já que qualquer estúdio de qualidade terá boas interfaces de audio.

    Contudo, eu digo aos colegas, se estamos falando de audiofilia e sistemas de alto desempenho, acho que devemos ter uma interface desse tipo e um microfone calibrado que nos permite conhecer como a sala está se comportando de maneira objetiva.

    Além disso, atualmente, temos ao menos 4 ótimas opções de sistemas de correção de sala que funciona no computador e necessitam de uma interface de audio e microfone.

    Dito isso, eu posso dizer que o primeiro limitador do sistema ARC 2, de verdade, é o fato do microfone não vir com um arquivo de calibração, então, o resulto final pode ser impactado pela qualidade do microfone. Eu não conheço o controle da qualidade da empresa, mas como produto tem um preço relativamente baixo, eu não acho que exista um controle de qualidade tão alto.

    Além disso, não podemos esperar que esse microfone seja apropriado para utilização com outros sistemas, já que ele deve ter uma resposta em frequência própria sem ser flat.

    Então, como funciona o processo de utilização ?

    É bem simples:

    -Instalação do programa com "next,next, finish"
    -Abre o programa de medição
    -Escolhe a interface de audio
    -Verifica se o níveis estão "ok"
    -Inicia as medições em quantos pontos quiser até um certo limite (acho que 16), mas eu sempre fico no minimo que são 7 ou 8 pontos.
    -Depois da medição, tem que carregar o plugin vst ou aax no player
    -Eu tenho usado o foobar com vst wrapper
    -Coloca a música para tocar no foobar, abre o plugin ARC 2 e escolhe a curva de equalização que será calculada na hora. É um processo bem rápido e estará tudo funcionando. Ou seja, para deixar um sistema funcionando, não gastará mais do que uns 20 minutos.

    Por fim, é importante observar que o sistema é relativamente leve. Tenho usado usado ele em um notebook que foi adquirido em 2007 e é bem fraquinho (processador turion tl 56). Para ter uma ideia, acho que um processador da AMD de uns 100 reais deve ser umas 2 vezes, no mínimo, mais potente. Isso sem falar nas memórias mais rápidas, placa mãe e etc..

    Mas o mais importante é o som, e a única coisa que eu posso falar é que, enquanto o sistema de correção não é perfeito e nem tem como ser, é o melhor custo benefício que eu conheço nesse mundo do audio.

    Aqui no meu sistema, ao menos, o resultado é significativo. Os graves deixam de ser boomy, permitindo uma uma audição muito mais fiel nesse quesito. Não se trata de ter graves mais precisos, mas sim de ouvir os graves, de ouvir as transições das notas no baixo. Sem o sistema de correção ativado, a impressão é de mais graves, mas de menor definição, com pouca variação entre as notas.

    Enfim, o sistema faz o que promete. Não há dúvidas quanto a isso. Agora, os benefícios sempre dependerão do problema do sistema.
    Se o sistema tem grandes picos nos graves, o sistema consegue compensar e diminuir a reverberação e aumentar a resolução geral nos geral nos graves. Já vales, não tem como, como todos sabemos.

    O outro ponto é possibilidade, como há dito anteriormente, poder ajustar a curva de EQ. Dessa forma, dá para fechar mais, ou abrir mais o som a escolha do freguês.
    Aqui, eu tenho usado um rolloff a partir de 1khz, imitando o próprio rolloff original do sistema e não tenho nada a reclamar, melhor que isso, só combinando com tratamento acústico mesmo.

  2. #2
    DeMorgan,

    Seja bem-vindo ao Clube, e obrigado pela excelente contribuição que você nos trouxe, num momento bem interessante onde estamos tratando em outro tópico justamente sobre correção de sistemas (ou salas, como você preferir), naquela discussão sobre o DSPeaker.

    Neste caso, você apresenta uma solução bastante interessante para PC, e pode ser mais uma ótima alternativa para ajustarmos um sistema de som.
    Muito elucidativo o seu relato, e vou acompanhar este tópico com bastante interesse.

    Abração,

    Eduardo
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  3. #3
    Demorgan, bem vindo ao clube hi-end.

    Muito legal sua presença aqui. Você foi uma das pessoas que me ajudou e incentivou, mesmo que sem saber, a partir para buscar acertos de acústica frente à equipamentos.

    Por favor, poste também sobre o DIRAC LIVE, se puder comparar ele com o ARC SYSTEM seria legal e faça parte do nosso clube do DSPEAKER ....

    Ps: Você sabe se o Arc System funciona com o microfone que havia me indicado ( http://www.minidsp.com/products/acou...urement/umik-1 ) ? Eu comprei o Umik-1 e estou esperando a chegada dele para começar a brincar no computador.

  4. #4
    O programa funcionaria com o microfone sim, mas a questão é calibração própria do microfone da Ik Multimedia que acompanha o software.

    Você até poderia utilizar o seu microfone, mas teria que verificar depois a curva de equalização no REW e redefinir a curva no software até atingir uma equalização que te agrade.

    Isso pensando por alto, pois pode haver algum outro problema como o fato de estar utilizando uma placa de audio na entrada e outra diferente na saída. Alguns programas dizem que isso gera algum problema na correção do tempo. Ainda não parei para estudar e pensar sobre isso.

    Quanto ao dirac live, já fiz o teste aqui e gostei também, mas não comparei lado a lado. Tenho que concertar a minha "melhor" interface de áudio ou comprar outra, pois a que estou usando agora é bem simplesinha e acho que pode estar comprometendo um pouco o resultado.

    Na verdade, eu pretendo, em breve, testar todos esses programas para ver qual acho melhor:

    *dirac live
    *arc system 2
    *audiolense
    *acourate

  5. #5
    Aproveito, também, para colocar que é possível utilizar o computador para fazer processamento de áudio externo também.

    Ou seja, é possível enviar o sinal para o computador para ser processado e posteriormente mandar para um dac qualquer.

    A maioria das interface de audio de boa qualidade já possuem entrada e saida de audio spdif. Nesse caso, utilizando um programa chamado vsthost, é possível fazer esse procedimento de maneira bem simples.

    A outra questão é que as soluções como audiolense, acourate, rephase e etc... permitem a criação de crossovers digitais, linearização e correção de fase dos drivers.

    Esse é o meu objetivo futuro:

    Montar um sistema onde o computador atue como crossover digital e sistema de correção de sala.
    Com essa abordagem e utilizando tratamento acústico adequado, espero obter um sistema que apresente um resultado de +-1db em todo espectro de frequência no ponto principal de audição.

    É algo ambicioso, mas realizável com um custo até razoável. Lógico que isso não irá garantir o resultado do sistema como um todo.

    E tem mais, depois de usar a interface de áudio para fazer o sistema, da para usar o hdmi da placa de video para enviar o sinal em até 8 canais para um receiver e, dessa forma, diminuir o custo mais ainda da solução final.

  6. #6
    Para chegar em um resultado de +-1 (o que é muito perto da perfeição) você vai ter que partir para além dos "equalizadores" e entrar na acústica física.

    Caso tenha uma sala só para áudio, isso é totalmente possível, mas para pessoas que tem uma sala multi-uso como eu, se chegar nos +-3db em todo o espectro estou completamente satisfeito (só tenho opção de trocar cortinas e quem sabe colocar as caixas uns 20cm para frente quando fizer um rack novo)

  7. #7
    Citação Enviado originalmente por DeMorgan Ver Mensagem
    Aproveito, também, para colocar que é possível utilizar o computador para fazer processamento de áudio externo também.
    Isso já é bem interessante, pois além de medir é possível então então corrigir a curva do sistema (ou da sala para quem assim preferir).
    Mais uma ótima opção para quem quer ter o controle de seu sistema.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  8. #8
    Tamv,

    quanto a questão do microfone, havia respondido, mas a mensagem ficou presa para a moderação averiguar.

    Quanto ao +-1, é possível sim, mas não é tão fácil assim e havia comentado, também, da necessidade de fazer uma intervenção na acústica.

    Contudo, é importante notar que o +-1 não é em relação à uma curva plana, mas sim em relação a uma "house curve". Lógico que a gente coloca uma meta quase impossível para chegar em, quem sabe, +-3db em um resolução de 1/24 oitava que já é nível de qualquer estúdio de qualidade.

    Uma coisa importante é que fazendo esse tipo de ajuste, tratamento acústico + crossover digital e DRC (digital room correction) no computador, é a possibilidade:

    1. Eliminar o crossover analógico que gera distorções
    2. Alinhar as fases dos drivers perfeitamente
    3. Alinhar a fase entre as frequências
    5. Aplicar uma curva de eq personalizável
    6. Aplicar somente um filtro por driver
    7. Redução final dos custos devido a possibilidade de utilizar um receiver de qualidade mais antigo com entrada hdmi para receber os canais processados.

    Lógico que o discurso, como sempre, é muito mais simples que a prática.

    Aliás, essa prática complicada que mostra como produtos como essa ARC system 2 ou o Antimode são "valiosos" nesse hobby, pois agregam qualidade sonora por um processo muito mais simples.

  9. #9
    Citação Enviado originalmente por DeMorgan Ver Mensagem
    quanto a questão do microfone, havia respondido, mas a mensagem ficou presa para a moderação averiguar.
    Desculpe por este inconveniente, mas é necessário para evitarmos invasões de toda espécie. Assim, quando um novo usuário entra para postar algo indevidamente, as primeiras mensagens ficam retidas e podemos apagá-las.
    Aparece cada uma aqui... e infelizmente somos obrigados a usar este recurso.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  10. #10
    Demorgan,


    Sua perseverança e experimentação são dignas de aplausos. Confesso que eu não tenho paciência para tanto, mas antes tinha menos, e ouvindo seus comentários fui me animando.
    Estou aqui sofrendo com "dips" na área dos 200hz, e este pelo jeito só vou poder "consertar" botando a mão na massa. Estou esperançoso que as cortinas resolvam, ou no mínimo deem uma boa tratada para que o Dspeaker faça todo o resto.

    Peço que vá relatando, e se possível demonstrando as mudanças e resultados que vai obtendo. Com toda certeza ilustrará muito bem o que uma bela acústica, aliado à muita vontade pode fazer.

    Ps: Sobre o house curve, eu postei uma lá no clube do Dspeaker ...

    Abraços,

    Tobias

    Acho

    Citação Enviado originalmente por DeMorgan Ver Mensagem
    Tamv,

    quanto a questão do microfone, havia respondido, mas a mensagem ficou presa para a moderação averiguar.

    Quanto ao +-1, é possível sim, mas não é tão fácil assim e havia comentado, também, da necessidade de fazer uma intervenção na acústica.

    Contudo, é importante notar que o +-1 não é em relação à uma curva plana, mas sim em relação a uma "house curve". Lógico que a gente coloca uma meta quase impossível para chegar em, quem sabe, +-3db em um resolução de 1/24 oitava que já é nível de qualquer estúdio de qualidade.

    Uma coisa importante é que fazendo esse tipo de ajuste, tratamento acústico + crossover digital e DRC (digital room correction) no computador, é a possibilidade:

    1. Eliminar o crossover analógico que gera distorções
    2. Alinhar as fases dos drivers perfeitamente
    3. Alinhar a fase entre as frequências
    5. Aplicar uma curva de eq personalizável
    6. Aplicar somente um filtro por driver
    7. Redução final dos custos devido a possibilidade de utilizar um receiver de qualidade mais antigo com entrada hdmi para receber os canais processados.

    Lógico que o discurso, como sempre, é muito mais simples que a prática.

    Aliás, essa prática complicada que mostra como produtos como essa ARC system 2 ou o Antimode são "valiosos" nesse hobby, pois agregam qualidade sonora por um processo muito mais simples.

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •