Página 1 de 2 12 ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 20

Tópico: Experiências com o software DIRAC Live Room Correction Suite

  1. #1
    Membro
    Data de Ingresso
    Aug 2012
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Mensagens
    392

    Experiências com o software DIRAC Live Room Correction Suite

    Pessoal,
    Embora o Dirac seja uma solução na mesma linha do que oferece o DSPEAKER, acho que vale abrir um tópico em separado para não misturar as opiniões já que são produtos de fabricantes diferentes.
    Como ontem afinal chegou o microfone UMIK-1 (taxado pesadamente pela nossa querida Receita que achou pouco o valor de 75 dólares e chutou para 150 dólares!) não aguentei mais a curiosidade e resolvi testar no meu desktop mesmo, que usa as caixas MM-1 da B&W, amplificadas com DAC interno.
    A instalação delas atualmente é numa mesa de canto, com o monitor no vértice e uma caixa de cada lado.
    Utilizei um tripé para posicionar o microfone, cujo arquivo de calibração individualizado também baixei no site da MiNiDSP.
    Instalei o DIRAC Calibration e o Processor, apanhei um pouco para configurar no Windows 8 o Processor como sendo a saída padrão de áudio mas dentro deste foi tranquilo indicar as MM-1 como o dispositivo de saída.
    Rodei o soft de calibração na opção de calibrar apenas para uma cadeira, teriam também as opções "sofá" e "auditório". Mesmo na opção para cadeira ele fez medições em nove posições diferentes, mas bem próximas uma da outra, até que foi bem tranquilo, mesmo no apertado gabinete.
    Feitas as medições criei então dois filtros bem básicos utilizando o "optimizer" do próprio software, a máquina aqui é rápida (Intel 4770k com liquid cooling) então foi tudo instantâneo, quero ver quando eu for usar o Dirac no DN2800...
    Comecei a usar e veio o "SUSTO" !!!
    O efeito do processamento pelo Dirac é um absurdo, essas MM-1 sempre achei ótimas mas depois que se ativa o filtro a diferença (para MELHOR) é inacreditável, de imediato veio o pensamento: "mas como essas caixinhas eram tão ruins antes e eu nem notava..." he he he
    Na verdade o raciocínio correto é que aquilo que já se achava bom terá uma melhora significativa, não que fosse ruim antes, só que com o Dirac passa a mostrar todo o real potencial.
    Os efeitos, no geral, foram bem similares aos relatados sobre o DSPEAKER, aumenta o palco, definição dos instrumentos e PRINCIPALMENTE -> qualidade do áudio em baixos volumes, nesse quesito o salto é GIGANTESCO e deixa qualquer um de queixo caído. Chamei a patroa que não liga nada para o hobby, até ela ficou impressionada e entusiasmada quando disse que o mesmo resultado deverá ser obtido no som da sala e do quarto.
    Aqui nas MM1 a diferença no posicionamento é muito legal, sentado fica tudo perfeito e inclusive o volume percebido do áudio é bem maior, basta ficar em pé para tudo mudar e o volume reduz drasticamente, bem mais do que quando não se usa o processamento.
    Agora vem a parte triste, infelizmente estarei super ocupado nas próximas duas semanas e não poderei fazer os testes nos sistemas maiores, especialmente no multicanal que é onde eu mais estou curioso agora para saber se o resultado será o mesmo, tenho fé que sim! paciência...
    Por enquanto vou curtindo o Dirac só no desktop mesmo, mas deixo a recomendação para quem quiser fazer os testes em suas salas, vale MUITO à pena. Acredito que seja essencial arrumar um bom microfone calibrado. Pela mesma falta de tempo, não fiz teste com outro microfone comum e nem imagino se obteria o mesmo resultado na calibração, mas se alguém quiser pode testar pois o calibrador funcionaria em tese com qualquer microfone, apenas basta não inserir o arquivo de calibração e selecionar a entrada de microfone desejada.
    Já vi que essa brincadeira de correção digital de sala é um grande barato, mais uma aventura no nosso querido hobby!
    Depois de arrumado um bom microfone, basta se cadastrar na página da Dirac, baixar o software e instalar num computador que será usado como media player (pode ser Windows ou MacOS), aconselho ligar num DAC ao invés de usar as saídas do próprio micro/notebook.
    Boa Sorte a todos!!!

  2. #2
    Duas vezes eu fui tributado bem acima do valor, mas pedi revisão e deu certo... melhor esperar mais uns dias do que dá dinheiro para Governo que vai gastar com algo inútil.

    Pretendo testar o DIRAC e comparar contra o ARC 2 e Acourate, mas antes tenho que finalizar a montagem de alguns elementos acústicos para tentar neutralizar um pouco os efeitos da sala.

    Em testes preliminares que eu já fiz, gostei muito dos sistemas automáticos de correção, mas gostei mais ainda com a ajuda de elementos acústicos no ambiente. Acho que é eles funcionam melhor tendo que "mexer" menos, mas ainda assim considero indispensável.

    Agora, falando mais do DIRAC, qual curva de EQ você está usando ?
    Eu sugiro usar algo como a house curve proposta pela b&k.
    http://www.bksv.com/doc/17-197.pdf

    Outra opção é a curva da Harman conforme slides que eu postei no tópico do ARC 2...

    Aparentemente, o DIRAC só peca no preço mesmo...

  3. #3
    Poxa que legal ver esse tópico ... Acabei de ir buscar meu UMIK-1 no correio agora (2 meses de espera) ....

  4. #4
    Membro
    Data de Ingresso
    Aug 2012
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Mensagens
    392
    Citação Enviado originalmente por DeMorgan Ver Mensagem

    Agora, falando mais do DIRAC, qual curva de EQ você está usando ?
    Eu sugiro usar algo como a house curve proposta pela b&k.
    http://www.bksv.com/doc/17-197.pdf

    Outra opção é a curva da Harman conforme slides que eu postei no tópico do ARC 2...

    Aparentemente, o DIRAC só peca no preço mesmo...
    Olá, a curva final foi otimizada para um formato similar ao da fig. 5 daquele PDF que você indicou.
    Confesso que não tive tempo de estudar sobre as diversas possibilidades de correções/ajustes, preferi primeiro testar o Dirac com os ajustes automáticos.
    O Audissey antigo que já usei no Receiver era insignificante e às vezes até piorava o resultado, nunca experimentei as novas versões Multeq XT32.
    Estou ainda na fase trial, rezando para que eles façam alguma promoção nas próximas semanas...

  5. #5
    Membro
    Data de Ingresso
    Aug 2012
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Mensagens
    392
    Citação Enviado originalmente por Tamv Ver Mensagem
    Poxa que legal ver esse tópico ... Acabei de ir buscar meu UMIK-1 no correio agora (2 meses de espera) ....
    Beleza!!!
    Tributaram o seu no valor correto???
    Agora sim será feito comparativo DSPEAKER vs Dirac...
    Acredito que o DSPEAKER possa ser usado apenas como DAC, sem correção, confirma?
    Nesse caso o ideal e mais prático seria instalar o Dirac no media player usando o DSPEAKER como DAC/Pré, fazer a calibração e os testes, para depois comparar ligando/deligando o Dirac e o processamento do DSPEAKER que você já configurou.
    Tomara que tudo funcione bem e que seja apontado um dos dois como o claro "vencedor"...
    Sabe que até estou na torcida pelo DSPEAKER pois considero uma solução muito mais prática, embora mais cara. Só que estamos pagando por todo um pacote (equipamento + software) que ainda tem ótimo suporte ao usuário. Mandei email para o pessoal do Dirac na semana passada com algumas dúvidas mas nada de resposta até agora...
    Boa Sorte aí! Fico no aguardo dos resultados!

  6. #6
    Foi tributado em 135,62 Dilmas, o que era o esperado (60% de I.I + 18% de Icms).

    Sobre os comparativos, vou demorar um pouco para fazer, pois o avô de minha esposa foi para a UTI hoje, então estou dando toda a atenção para a esposa, mas assim que tudo se normalizar vou fazer os testes sim.

    Sobre suas colocações, você está corretíssimo. O DSPEAKER pode ser usado como DAC apenas, ou também pode ser usado em bypass com um DAC externo.
    Os comparativos serão feitos exatamente como explanou, e espero aprender a "brincar" com o REW para trazer o máximo de informação possível.

    Abs,

    Tobias

  7. #7
    Membro
    Data de Ingresso
    Aug 2012
    Localização
    Porto Alegre - RS
    Mensagens
    392
    Ok, já eu fui lascado em 353 Dilmas... brabo! Mostra a total falta de critério!

    Vai com calma nos comparativos, boa sorte!

  8. #8
    So louco pra pegar esse microfone. Mas com esses impostos e espera acho que pego um samson usb.

    Enviado de meu XT916 usando Tapatalk
    Como fazer uma busca eficiente no fórum sobre um tema que você tem interesse: http://www.clubehiend.com.br/forum/s...ll=1#post67474

  9. #9
    O mais legal é que meu trial do Dirac acabou .. (@#$(#@)*#*$#

    De qualquer modo, mandei um e-mail explicando porque eu perdia os 14 dias de teste, e pedindo se podiam me liberar outros 14 dias ... vamos esperar ...
    Última edição por Tamv; 11-04-14 às 19:54.

  10. #10
    Essa foi boa...

    Quanto à questão do "melhor" ou "pior", eu sempre acho que é algo relativo, principalmente, quando a questão está relacionada com "software".

    Ora, apesar do hardware dedicado do antimode, o que importa é o algoritmo de correção. O preço do antimode no mercado europeu é ótimo, já aqui no brasileiro é razoável.

    Pelo mesmo preço, dá para montar um pc, compra uma interface de audio, microfone, software de DRC e ter um custo benefício maior, afinal, o computador já é algo que as pessoas acabam tendo de qualquer forma.

    Claro que avaliar o custo benefício é um pouco complicado, pois a facilidade e praticidade do antimode é um diferencial para várias pessoas, mas não é a mesma para uma pessoa que já é mais "fuçador". Fora que, às vezes, o resultado melhor não tem "preço".

    De toda forma, como comentei anteriormente, o mais importante, talvez, seja combinar boas caixas, com bom ambiente, com bom sistema de correção. Dá para ter um ótimo resultado sem necessidade de ficar atrás de "vodoo"

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •