Página 1 de 29 12311 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 290

Tópico: Dando nova vida ao Gradiente LAB 75

  1. #1
    Membro Avatar de Radames
    Data de Ingresso
    Sep 2012
    Localização
    Uberaba, MG
    Mensagens
    1,449
    Agradecimentos: 0

    Dando nova vida ao Gradiente LAB 75

    Pois é pessoal,
    Depois de um bom tempo parado resolvi voltar à ativa fazendo algo realmente útil

    Ontem fui testar o bichinho e está pior do que eu me lembrava, distorções em todas as faixas e o ruído insuportável no canal direito. Os potenciômetros de graves, agudos e volume estão com ruído, a chave seletora até passou no teste, mas acho que carece uma revisão também.

    Eis as fotos das entranhas do bicho:

    20140915_224536.jpg20140915_224528.jpg


    Inicialmente pensei em trocar tudo, mas aí fiquei pensando se compensaria (ainda mais depois que um amigo comentou comigo que os capacitores de tântalo são bem difíceis de encontrar).
    Sei que quando o canal direito queimou o "técnico" trocou alguns componentes por outros bem safadinhos, dentre eles o cara substituiu um dos dois RCA3055 por um tip41. Acho que dois transistores diferentes trabalhando num mesmo canal tende a não dar certo...

    Mas bem, o que vocês acham e o que sugerem que seja alterado para dar nova vida e nova voz a este meu companheirinho de quase 20 anos?

    Abração!
    Última edição por Radames; 16-09-14 às 00:40.
    Keep "calms" and say: Cacilds!

  2. #2
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,138
    Agradecimentos: 52
    Radames,

    Você me deixa com saudades do meu primeiro amplificador "Hi-Fi", o LAB 40 também da Gradiente...



    Sabe qual era a fonte que eu usava nele? um velho TKR preta.... e eu era muito feliz...

    Meu caro, sou a favor de restabelecer a originalidade de qualquer equipamento. Depois disso, e após avaliar os resultados, acho que então você pode até fazer algumas modificações.
    Mas, acredito que o ponto de partida é o projeto original do fabricante.

    Eu tentaria conseguir o esquema elétrico original dele e voltaria o equipamento às suas condições de fábrica. Não me parece difícil.
    Eu gostaria somente de ver como está a placa de circuito impresso por baixo, no lado das soldas.

    Não entendi a sua colocação sobre a dificuldade de encontrar capacitores de tântalo. Não identifiquei estes capacitores em suas fotos, e você pode usar os eletrolíticos normalmente, e nem precisam ser nada muito "especial".

    Bem, o que eu faria se estivesse em seu lugar:

    1. Encontrava o diagrama esquemático dele
    2. Identificava as mudanças que foram feitas no canal de saída e voltava à condição original (talvez eu até tenha ainda o 3055 em meu velho estoque e poderia cedê-lo sem qualquer custo pra você).
    3. Trocaria todos os capacitores eletrolíticos, principalmente os de fonte (nada "audiófilo", mas de boa qualidade, o que não custa caro).
    4. Tentaria revisar os potenciômetros. Talvez nem estejam gastos, mas apenas sujos ou oxidados. Limpar a trilha resistiva e polir o contato do terminal deslizante e suas partes poderiam resolver o problema.

    Depois disso colocava o bichinho para funcionar e observava o seu funcionamento antes de me decidir por qualquer outra intervenção.

    Mesmo que mais tarde você conclua que não gostou do resultado, te garanto que a diversão de revisá-lo será um passatempo bem interessante.

    Me coloco à disposição para ajudá-lo.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  3. #3
    Radamés, bacana tua empreitada! Nesses casos o melhor a se fazer é trocar todos os capacitores eletrolíticas, pois eles se deterioram com o tempo. Segundo passo será encontrar um 2N3055 no encapsulamento padrão do teu aparelho. Mas saiba que os transístores TIP são bons, quando originais. Dá uma busca no site da solda fria pra ver se tem.

    É sempre bom fazer esse tipo de reparo, pois esses aparelhos ganham nova vida e melhora significativa no som após o recap. O transístor seria legal trocar mesmo. Acho que ambos devem ser iguais e se possível estarem casados no ganho. Assim vc terá certeza de que não haverá diferenças de sinal entre canais.

    Depois fale mais da empreitada.

  4. #4
    Vi alguns stiroflex e alguns poliéster. A maioria eletrolíticos. Quanto a marca, o Eduardo deu dica valiosa. Esquece essa baboseira de usar capacitores audiofilos, use EPCOS.

  5. #5
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,138
    Agradecimentos: 52
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  6. #6
    Membro Avatar de Radames
    Data de Ingresso
    Sep 2012
    Localização
    Uberaba, MG
    Mensagens
    1,449
    Agradecimentos: 0
    Edu,
    Seu pedido é uma ordem ( com as respostas para as observações do Guto também no bolo )


    20140916_095722.jpg

    Não está tão bonito quanto eu gostaria... Pela qualidade da execução e nível de oxidação das soldas fiquei com a impressão que a placa foi toda ressoldada quando mandei para o técnico.

    Quanto aos capacitores de tântalo, juro que isso não foi invenção minha!
    Mandei essas mesmas fotos para um amigo meu, que é técnico em eletrônica, e ele falou que aqueles componentes prateados com uma capa de acrílico eram capacitores de tântalo. Como só consigo diferenciar no olho um capacitor de poliéster de um eletrolítico imaginei que ele estivesse certo. Pelo visto não é o caso

    Pelo que pude ver as alterações feitas naquele "reparo" foram poucas, só consegui identificar a troca dos capacitores e do transistor. O cara pode até ter trocado algum resistor, só não consegui identificar no olho.

    Providenciarei os capacitores novos. Realmente eu não estava pensando em colocar capacitores audiófilos no circuito. Eu havia pensado em marcas como Epcos, Panasonic, Elna ou Nichikon. Componentes de qualidade mas sem frescuras.
    Quando entrar um pouco mais de luz em casa vou tirar uma foto sem flash e identificar o que pensei em substituir.
    Uma coisa que achei muito legal é que o valor dos componentes está impresso na placa, isso vai facilitar muito a minha vida

    Nos potenciômetros já joguei o limpa-contatos. Os ajustes de tom pararam com a chiadeira mas o volume permanece com barulhos, acho que será necessário desmontar para fazer uma limpeza mais pesada. Acho que seria uma boa aproveitar a viagem e fazer a limpeza das chaves também.

    Sobre os transistores, fiquei pensando se eu não poderia usar aqueles com capa de metal. Como o dissipador já tem a furação para seu encaixe fiquei pensando se isso não poderia trazer algum benefício (talvez menos EMI/RFI devido à capa metálica). Será que poderia?
    Como o pessoal não vende esse tipo de componente casado e aqui em Uberaba não existe uma só loja decente de componentes, onde eu pudesse testar antes de comprar (ou só encontrar o que procuro), pensei em comprar uns 8 e fazer como o Guto falou, casar o ganho para minimizar as diferenças entre canais. Gasto um pouco mais e fico com peças sobrando, mas acho que compensa.


    Abração e obrigado!
    Keep "calms" and say: Cacilds!

  7. #7
    Membro Avatar de Radames
    Data de Ingresso
    Sep 2012
    Localização
    Uberaba, MG
    Mensagens
    1,449
    Agradecimentos: 0
    Acabei de baixar o esquema, valeu Edu!

    PS: Como as imagens no fórum estão com resolução baixa fiz o upload em um desses bancos de imagem, eis o link: http://i.imgur.com/Qvk2w6W.jpg
    Última edição por Radames; 16-09-14 às 10:05.
    Keep "calms" and say: Cacilds!

  8. #8
    Ih, teu amigo técnico em eletrônica se enganou. Esses que vc mencionou são capacitores Stiroflex. Realmente são mais complicados de encontrar. Eles são muito usados nos circuitos de controle de tonalidade.
    Blind Test in Deaf Mind is Senseless...

  9. #9
    Ih, dei mole e nem vi que teu dissipador é pra TO-03. Compra os 2N3055 TO-03 e seja feliz. Eles são bem mais fáceis de comprar. Mas tenha o cuidado de lembrar que a carcaça metálica não é pra proteção, ela é o coletor desses transistores e deve estar ligada ao circuito e isolada do dissipador. Se der mole na montagem, babau!

    Compre junto com eles a mica ou o adesivo térmico para isolar os bichos do dissipador. Custam centavos.

    Olha aqui na TiggerComp: http://tiggercomp.com.br/novaloja/pr...oducts_id=3428
    Blind Test in Deaf Mind is Senseless...

  10. #10
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,138
    Agradecimentos: 52
    Radames,

    A placa está em boas condições. Se estivesse com muitas trilhas soltas, fios de remendo de trilhas e muito mexida não seria legal.

    Pois é, o seu colega se enganou em relação aos capacitores de tântalo.

    Limpa contatos é uma solução "quebra-galho", e uma boa desmontagem e limpeza seriam mais recomendáveis. Não é algo simples de ser feito, mas é o correto.
    Não estou te criticando pelo uso do limpador, eu também uso esta solução em alguns equipamentos meus há muito tempo, por preguiça mesmo, mas não é o certo.

    Você vai ter que conferir os valores de todos os componentes junto ao transistor que foi substituído. Se tiver alguma dificuldade com isso, eu te ajudo. Fotos serão suficientes para isso.

    Não se preocupe em tentar blindar os transistores contra RFI/EMI. Acredite, tem muitos pontos bem mais críticos no circuito para que elas possam causar problemas bem maiores. Mas, não se preocupe muito com isso agora.

    Abração
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •