Resultados 1 a 8 de 8

Tópico: Política de preços do áudio high end

  1. #1

    Política de preços do áudio high end

    Não consigo estabelecer uma lógica na composição dos Preços dos Produtos Hiends, de forma geral,

    e fico ainda mais confuso quando trata-se de artigos usados.

    Vejo em diversos classificados, nos fóruns e mercado livre, que o preço não tem relação com os valores praticados lá fora.

    por exemplo: um aparelho que custa lá fora no Ebay 1000 dólares

    aqui pode ser encontrado variando de 4 mil reais até 10 mil,

    dependendo do que for. Se for um td ele vale 10 vezes mais , se for um dac 5 vezes,

    cd player 4 vezes e se for um player da oppo 7 vezes(levando em consideração que lá fora a desvalorização do usado é de forma geral na escala 50 porcento).

    Então concluo que não se tem um critério lógico.

    A forma lógica seria: o preço mais o que gastaria de imposto para trazer e o frete .

    Parece que cobram segundo o tênis que o cliente estivar usando na hora.

    Se for na BH aí ferrou, pois a lógica é cobrar o que não vale mesmo.

    Este mês repararemos um erro e descontaremos 500 reais do seu salário.
    -É que no lugar de ir trabalhar vc está lendo o que escrevo.

  2. #2

    Niver Política de preços do áudio high end

    Citação Enviado originalmente por TUTUBARAO Ver Mensagem
    Não consigo estabelecer uma lógica na composição dos Preços dos Produtos Hiends, de forma geral,

    e fico ainda mais confuso quando trata-se de artigos usados.

    Vejo em diversos classificados, nos fóruns e mercado livre, que o preço não tem relação com os valores praticados lá fora.

    por exemplo: um aparelho que custa lá fora no Ebay 1000 dólares

    aqui pode ser encontrado variando de 4 mil reais até 10 mil,

    dependendo do que for. Se for um td ele vale 10 vezes mais , se for um dac 5 vezes,

    cd player 4 vezes e se for um player da oppo 7 vezes(levando em consideração que lá fora a desvalorização do usado é de forma geral na escala 50 porcento).

    Então concluo que não se tem um critério lógico.

    A forma lógica seria: o preço mais o que gastaria de imposto para trazer e o frete .

    Parece que cobram segundo o tênis que o cliente estivar usando na hora.

    Se for na BH aí ferrou, pois a lógica é cobrar o que não vale mesmo.

    Escolado amigo,pensei que tu soubesse!
    Imagens Anexas Imagens Anexas

  3. #3
    Vai da demanda e do quanto os 'clubinhos' aqui ficam puxando o saco mais de uma marca que da outra....ou 'vendendo' produtos entre si.
    Como fazer uma busca eficiente no fórum sobre um tema que você tem interesse: http://www.clubehiend.com.br/forum/s...ll=1#post67474

  4. #4
    Citação Enviado originalmente por santistasom Ver Mensagem
    Escolado amigo,pensei que tu soubesse!
    Imagino que usem as táticas da grande depressão , quando um médico olhava para o calçado do cliente e estabelecia o preço da consulta.
    Sapato bom preço Alto!

    Deve ser assim então, conforme o tênis estabelecem o Preço.


    O problema é que isso também estabelece outra confusão, a de que o produto com maior valor será sempre o melhor, portanto temos que tomar cuidado nos classificados de usados,

    porque alguns trazem o peso da moda e das exposições nas revistas nacionais.

    O que cria a falsa ilusão de ser um artigo bem procurado e muito bom, em detrimento de marcas não super expostas e não tão
    apresentadas aqui dentro.
    Este mês repararemos um erro e descontaremos 500 reais do seu salário.
    -É que no lugar de ir trabalhar vc está lendo o que escrevo.

  5. #5
    Membro Avatar de CristianoLO
    Data de Ingresso
    Oct 2013
    Localização
    Porto Alegre/RS
    Mensagens
    866
    Mas essa é a lógica do mercado
    Se um produto está na mídia sendo bem falado, o preço sobe
    Só que no hifi ele sobe de forma faraônica
    Lembro dos paineis absorvedores da Nemesis, orcei por 650 em novembro de 2014, em janeiro de 2015, assim q saiu na ravista, fui comprar e me pediram 1.680, mesmo tanho padrao de 120x60cm
    Abortei a missão, achei ridiculo isso, empresas assim não merecem meu respeito por mais conceituado que seja o produto
    Outro que seria personalizado de 180x90cm orçaram em 5.135
    Detalhe, não há informação alguma sobre o índice de absortividade dos produtos...

  6. #6
    Mas basta sair o teste numa revista para o preço subir ou para os descontos acabarem.
    Vi um produto da Alpha que eu estava querendo comprar e depois saiu num teste de uma revista, o preço subiu uns 40%.
    Lembro de um caso de um fornecedor nacional que enviou um equipamento para teste, e o avaliador disse que o aparelho era muito bom, mas estava muito barato, e isso conflitava com outros no mercado. O fornecedor se recusou a subir o preço. Resultado: levou uma classificação menor apesar de todo o mercado mundial tê-lo colocado num nível bem superior.
    Assim como já vi lixo, criticado tanto pelo mercado mundial que o fabricante até tirou o modelo de linha, mas isso não o impediu de ganhar seus "diamantes" e de continuar a ser vendido por um preço exorbitante no mercado nacional.

    São muitos interesses em jogo.

    E depois tem ainda aquelas conversinhas idiotas do tipo "Qualidade surpreendente pelo seu preço", "para comprar algo melhor o consumidor terá que pagar 5 vezes mais" e outras bobagens, como se o preço fosse realmente um determinante exato de qualidade.
    Aí aparece o fabricante de cabos que lança um mesmo modelo com capas de cores diferentes e distintas faixas de preços, e vem um avaliador que nota diferenças e ainda chama de surdo quem não nota, afinal, a cor do cabo deve influenciar na qualidade do som, já que para eles os cabos não conduzem sinais elétricos, mas sim "acontecimento musical". Além de tantas outras enganações que já mostramos aqui mesmo.

    Um dia li um anúncio de um difusor acústico onde se dizia algo como "um modelo em tamanho menor do aclamado modelo....". Fiquei pensando... "Aclamado"? Onde? O produto tinha acabado de ser lançado, sua avaliação foi recente, e ele acabara de entrar como produto da loja do mesmo avaliador... que ainda trazia outro anúncio de uma cabo com capa feita em "ouro", quando na verdade era apenas um isolante de cor amarelo. Propaganda enganosa descarada.

    Tudo isso contribui para essa bagunça de preços que vemos hoje, o que somada à inocência de alguns consumidores, faz o barro ter preço de ouro. Claro que é um barro especial, de alta pureza que proporciona um "silêncio de fundo sepulcral", ou uma extensão de agudos jamais vista...

    Desculpem o desabafo, mas há muito tempo vejo estes absurdos acontecerem no mercado e muitos consumidores (sim, o audiófilo é mais um consumidor) serem enganados descaradamente, gastando muito mais do que realmente precisam. Claro que tem aqueles que gostam de "queimar" dinheiro, mas fico chateado por aqueles que tentam construir seus sonhos a duras penas.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  7. #7
    Acho que as lojas se aproveitam da imensa credulidade do público audiófilo para lhes aplicar verdadeiros golpes. O pior é que, no círculo audiófilo, quem mais defende o estelionatário é a vítima (cliente).

  8. #8
    * Membro VIP * Avatar de Nixon
    Data de Ingresso
    May 2015
    Localização
    Brasil !
    Mensagens
    207
    E o que sobra pra mim que quando num tô de botina( serviço ) ando de chinelo ou descalço em casa?
    .

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •