Resultados 1 a 5 de 5

Tópico: Trocas e Doações

  1. #1

    Trocas e Doações

    Pessoal, estou criando este espaço para que quem quer desapegar de seus equipamentos, através de doações ou trocas.
    Não é para vendas.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  2. #2
    Paulo, segue as fotos dos players que te falei.
    Testei os dois, e ambos estão funcionando perfeitamente.



    O primeiro (de cima) foi o meu segundo player. Na época comprei um da Gradiente, o CDP 420, que não lia a metade dos CDs que eu tinha (na época só importados). Então comprei esse, fabricado no Japão, um CDP-M34 que até hoje lê de tudo e nunca me deu problemas.

    Esse é o interior dele:



    O pessoal fala tanto hoje de fontes lineares... na época se usava isso em players baratos.
    Fiz uma limpeza nele hoje, inclusive na lente do leitor. Testei aqui e está tudo funcionando macio e perfeitamente. Gravei um vídeo, e se me passar seu whatsapp eu te envio.

    O segundo, que era o meu queridinho na época pois usava ele como transporte para meu DAC, é um CDP-315, também limpo e testado, funcionando perfeitamente.

    Curioso que eles tem uma função Fader, para diminuir ou aumentar automaticamente a saída de áudio para quem gostava de gravar fitas na época.
    Este modelo tem uma saída digital óptica.

    Veja o interior dele:



    Não se assuste. Não está faltando nada. Todo o circuito dele é montado no painel frontal. A primeira vez que eu abri esse player, pensei... como pode isso? Não tem circuito eletrônico... kkkk



    Esse player toca muito bem mesmo sem DAC. Aliás, os dois têm um som bem gostoso.

    Sempre foram bem cuidados. São velhinhos, mas robustos e confiáveis, além de estarem bonitos.

    O curioso é que o transporte desses aparelhos foram por muito tempo usados em players Hi-End. Eu tive um modelo da Arcam que usava esse transporte, o display e boa parte do circuito.
    Aí o pessoal colocava um DAC interno melhorzinho, um operacional de 8 dólares, uns capacitorzinhos chiques de 50 dólares a mais no total e vendia por 20 vezes mais caro ou mais...
    Hoje o pessoal coloca até player da CCE num sistema e a maioria dos "audiófilos" não consegue identificar a diferença para um player "hi-end". Tem muita coisa muito mal explicada em nosso hobby.

    Procurei alguma coisa sobre estes players na Internet, achei um anúncio e poucas informações. Mas, se quiser saber mais, me pergunte.

    https://produto.mercadolivre.com.br/...ny-cdp-315-_JM
    https://www.hifiengine.com/manual_li.../cdp-315.shtml
    Imagens Anexas Imagens Anexas
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  3. #3
    Depois vou postar aqui mais algumas coisas que vou me desfazer. Chega de guardar coisas que nunca mais vou usar.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  4. #4
    * Membro VIP *
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    446
    Citação Enviado originalmente por Eduardo Ver Mensagem
    Paulo, segue as fotos dos players que te falei.
    Testei os dois, e ambos estão funcionando perfeitamente.



    O primeiro (de cima) foi o meu segundo player. Na época comprei um da Gradiente, o CDP 420, que não lia a metade dos CDs que eu tinha (na época só importados). Então comprei esse, fabricado no Japão, um CDP-M34 que até hoje lê de tudo e nunca me deu problemas.

    Esse é o interior dele:



    O pessoal fala tanto hoje de fontes lineares... na época se usava isso em players baratos.
    Fiz uma limpeza nele hoje, inclusive na lente do leitor. Testei aqui e está tudo funcionando macio e perfeitamente. Gravei um vídeo, e se me passar seu whatsapp eu te envio.

    O segundo, que era o meu queridinho na época pois usava ele como transporte para meu DAC, é um CDP-315, também limpo e testado, funcionando perfeitamente.

    Curioso que eles tem uma função Fader, para diminuir ou aumentar automaticamente a saída de áudio para quem gostava de gravar fitas na época.
    Este modelo tem uma saída digital óptica.

    Veja o interior dele:



    Não se assuste. Não está faltando nada. Todo o circuito dele é montado no painel frontal. A primeira vez que eu abri esse player, pensei... como pode isso? Não tem circuito eletrônico... kkkk



    Esse player toca muito bem mesmo sem DAC. Aliás, os dois têm um som bem gostoso.

    Sempre foram bem cuidados. São velhinhos, mas robustos e confiáveis, além de estarem bonitos.

    O curioso é que o transporte desses aparelhos foram por muito tempo usados em players Hi-End. Eu tive um modelo da Arcam que usava esse transporte, o display e boa parte do circuito.
    Aí o pessoal colocava um DAC interno melhorzinho, um operacional de 8 dólares, uns capacitorzinhos chiques de 50 dólares a mais no total e vendia por 20 vezes mais caro ou mais...
    Hoje o pessoal coloca até player da CCE num sistema e a maioria dos "audiófilos" não consegue identificar a diferença para um player "hi-end". Tem muita coisa muito mal explicada em nosso hobby.

    Procurei alguma coisa sobre estes players na Internet, achei um anúncio e poucas informações. Mas, se quiser saber mais, me pergunte.

    https://produto.mercadolivre.com.br/...ny-cdp-315-_JM
    https://www.hifiengine.com/manual_li.../cdp-315.shtml
    Olá Eduardo, tenho interesse.
    Vou te enviar uma mensagem privada com meu telefone para podermos combinar.

    Obrigado.

    Abraços,

    Daniel

  5. #5
    OK. Daniel.

    Desculpe, Paulo, me enganei. A mensagem era para o Daniel.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •