Resultados 1 a 4 de 4

Tópico: Mini torres ou Bookshelf + sub

  1. #1
    * Membro VIP *
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    456

    Mini torres ou Bookshelf + sub

    Boa tarde pessoal,

    antes de mais nada, um feliz 2020 para todos nós.

    Estou pesquisando novas caixas para meu sistema e gostaria da sugestão de vocês sobre a seguinte questão: mini torre vs. bookshelf.

    A minha sala é relativamente pequena e eu ouço bem próximo das caixas (aproximadamente 1,5 metros). Hoje utilizo bookshelf Monitor audio Silver (com woofer de 8"). Porém, ultimamente tenho sentido falta de dinâmica e acredito ser um problema de os meus amplificadores não terem potência suficiente para empurrar as Monitor audio de maneira adequada.

    O meu amplificador é um valvulado de 30 watts. E embora o som seja maravilhoso, sinto que uma caixa mais sensível seria mais adequada. As Monitor audio possuem 88db.

    Eu utilizo no meu sistema um subwoofer pequeno, mas sem exageros. Somente para completar um pouco as frequências mais baixas.

    Nas minhas pesquisas para novas caixas, estou na dúvida em pegar um bookshelf de uma linha mais alta ou uma mini torre da linha mais básica.
    No caso, estou pesquisando as caixas francesas Triangle, por possuírem uma sensibilidade mais alta.

    Qual a opinião de vocês sobre torres vs. bookshelf + sub ?

    Eu ouvi dizer que as books possuem uma característica melhor de imagem estéreo / palco sonoro / capacidade das caixas desaparecerem do que torres. Vocês concordam com isso?

    E em relação aos graves, acreditam que as torres possuem um som mais encorpado do que as books + sub, devido ao volume das caixas?

    Abraços,

  2. #2
    Apesar de opiniões contrárias, eu sempre usei caixas torres em ambientes pequenos. Esse negócio de caixas grandes não combinarem com ambientes pequenos pra mim é inabilidade para ajustar o sistema. Como podemos restringir a faixa de reprodução de um sistema? É exatamente isso que fazemos quando optamos por caixas pequenas com limitada capacidade de reprodução dos graves. Eu nunca tive problemas com isso, porque eu ajustava a acústica, o posicionamento das caixas e até a sua curva de reprodução para melhor adequá-la ao ambiente (atenuando... jamais anulando os graves). Hoje eu ainda faço isso.
    Agora, você pode, depois de tudo, limitar a curva de resposta de uma caixa torre ( desnecessário na minha opinião), mas nunca conseguirá ampliar a resposta de uma caixa bookshelf caso deseje isso.
    Ajudei ou compliquei ainda mais?
    Mas está é a minha opinião e a minha experiência pessoal. Respeito outras posições em relação a este tema.
    Abração
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  3. #3
    Citação Enviado originalmente por danielbeim Ver Mensagem

    E em relação aos graves, acreditam que as torres possuem um som mais encorpado do que as books + sub, devido ao volume das caixas?

    Abraços,
    Com certeza!!!!
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  4. #4
    * Membro VIP *
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    456
    Olá Eduardo,

    obrigado pela sua opinião.

    Eu sempre tive bookshelf (KEF e Monitor Audio) e agora estou pensando seriamente em partir para torres (ainda que pequenas, devido ao tamanho da minha sala).

    Estou começando a pesquisar sobre as caixas fullrange (com alta sensibilidade, somente 1 falante e sem crossover) e, acredito, será o caminho que irei seguir. Parece que casam muito bem com valvulados de baixa potência.

    Abraços!

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •