Página 3 de 8 PrimeiroPrimeiro 12345 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 21 a 30 de 79

Tópico: Faça seu Próprio Cabo de Força

  1. #21
    Citação Enviado originalmente por VTR Ver Mensagem
    Cláudio

    Podem ser usadas as armaduras de aço (ferragens) do concreto armado (nas vigas, colunas, fundações principalmente) para vc conectar o aterramento da sua casa.
    Com certeza essas armaduras fazem contato elétrico ao terra muito superior ao das hastes de aterramento (que se deterioram com o tempo exigindo substituição).

    Este procedimento de interconexão vem sendo usado com sucesso, discuta com o seu engenheiro eletricista.

    E lembrando sempre que antigamente recomendava-se ligar o terra da instalação aos tubos de aço de distribuição de água para bom desempenho: o sistema conectado as armaduras de aço é muito superior no quesito amplo contato elétrico com a terra/solo.

    [ ]
    R.
    Um caso semelhante ocorreu comigo. Fiz a reforma do meu apartamento, e simplesmente tirei todos os fios do imóvel. Como meu predio não tinha nenhum terra, o eletricista cavou um pedacinho do concreto de uma viga, ate o ferro ficar exposto, limpou a viga fez a ligação com fio de 4mm e isolou, e do quadro fez distribuição para as tomadas. Fiz medição de tudo que é forma e o terra esta 100%. Era o única fora de ter um terra!

    Abs

    Sent from my GT-N7100 using Tapatalk

  2. #22
    Desabilitado
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Mensagens
    1,936
    Agradecimentos: 0
    Citação Enviado originalmente por VTR Ver Mensagem
    Cláudio

    Podem ser usadas as armaduras de aço (ferragens) do concreto armado (nas vigas, colunas, fundações principalmente) para vc conectar o aterramento da sua casa.
    Com certeza essas armaduras fazem contato elétrico ao terra muito superior ao das hastes de aterramento (que se deterioram com o tempo exigindo substituição).

    Este procedimento de interconexão vem sendo usado com sucesso, discuta com o seu engenheiro eletricista.

    E lembrando sempre que antigamente recomendava-se ligar o terra da instalação aos tubos de aço de distribuição de água para bom desempenho: o sistema conectado as armaduras de aço é muito superior no quesito amplo contato elétrico com a terra/solo.

    [ ]
    R.
    VTR,

    Como vai Amigo? Espero que muito bem.

    Sua afirmação é corretíssima, o próprio eletrotécnico que fez toda a minha instalação comentou comigo, mas como eu moro em um condomínio com pequenos prédios com 6 aptos cada e que pela convenção eu teria que pedir autorização ao condomínio para fazer instalações deste tipo e ainda tendo que apresentar uma planta demostrando toda a instalação, preferi fazer uma instalação que fosse totalmente independente e usando hastes cobreadas de alta camada formando um triangulo equilátero, como o solo no porão é de terra e extremamente úmido (o local onde foi construído o condomínio pertencia a um dos fundadores da Confeitaria Colombo no Rio de Janeiro e pelo fato de parte do terreno ser cortado por um córrego, ter várias fontes de água, e ser extremamente úmido, além do clima frio de Teresópolis, foi propício na época para o plantio de goiaba e marmelo que eram usados na fabricação das famosas goiabadas e marmeladas que os mais idosos como eu....rsrsrsrsrsr... conhecem bem) foi muito propício para um aterramento eficaz, eu inclusive exagerei usando ainda gel para aterramento, mesmo não sendo necessário.

    Comentando ainda sobre os doces da Confeitaria Colombo, alguns amigos devem lembrar também do famoso Marrom Glacê, que originalmente na Europa era feito com castanhas e que aqui no Brasil começou a ser feito com batata doce, para poder ser mais acessível a todos, já que a castanha, me parece era importada da Europa.

    As informações que foram passadas a mim pelo eletrotécnico é que os vergalhões comuns amplamente usados em colunas e radiers não aceitam bem soldas, somente alguns que possuem um revestimento próprio para soldagem como GG50 da Gerdal, e como não sei se foi este usado na construção achei melhor não arriscar. Incusive estes vergalhoes comuns oxidam com muita facilidade quando expostos ao tempo.

    As boas hastes cobreadas de alta camada encontradas no mercado como as da marca ERITECH tem vida útil de até 30 anos, bem diferente das galvanizadas que encontramos no mercado e que são bastante baratas, vale a pena o investimento, se não me engano paguei por cada haste cerca de R$ 60,00.

    Abaixo o catálogo de produtos para aterramento da Eritech e logo depois as especificaçoes da haste.

    http://www.erico.com/public/library/fep/LT33793.pdf


    Haste Alta Camada 254 Microns - tipo GCWR

    As hastes para aterramento ERITECH são produzidas seguindo os mais rígidos padrões de qualidade. Haste de aço cobreado de alta camada (254 micra) superior a resistência a corrosão comparada as hastes galvanizadas podendo ter vida útil de até 30 anos na maioria dos terrenos.

    Atendendo as normas internacionais como a UL467 e a norma brasileira NBR13571, as hastes de aterramento ERITECH são fabricadas com núcleo de aço SAE1010/20 e revestidas em cobre pelo processo de deposição eletrolítica com camadas mínimas de 0,254mm.

    O processo de deposição garante uma perfeita união entre os metais aço/cobre, conferindo longa vida útil ao produto. Garante ainda a inseparabilidade do cobre e aço, inclusive por ocasião da cravação das hastes.

    As hastes ERITECH podem ser soldadas entre si ou a condutores de cobre ou aço cobreado através do processo CADWELD PLUS MOLDE "GB"


    ESPECIFICAÇÕES PARA HASTES DE ATERRAMENTO

    “Esta especificação refere-se às hastes de aterramento de peça única, bitolas 1/2”, 5/8”,3/4" e 1". As hastes de aterramento fabricadas pela ERICO são feitas de núcleo sólido de aço niquelado e são revestidas por uma camada uniforme de cobre. O cobre é depositado eletroliticamente, formando uma ligação metalúrgica entre o núcleo de aço e o cobre. O núcleo de aço deve ser retirado a frio, de acordo com a ASTM A 1080 AISI C1017. O revestimento de cobre deve ser do tipo liga DHP# 122 CDA 99,95%, conforme ASTM B-572.


    CARACTERÍSTICAS

    Acabamento: superfície livre de imperfeições.
    Linearidade: hastes são retilíneas.
    As Hastes Padrão: possuem ponta cônica de 60 graus em uma extremidade e são cortadas de forma quadrada e chanfrada na outra.
    As Hastes Prolongáveis Rosqueadas: possuem rosca de acôrdo com o Padrão Americano para roscas de classe 2. Uma extremidade é rosqueada com ponta chata exibindo uma superfície de apoio para cravação; a outra extremidade é rosqueada com bordas chanfrada.
    Revestimento de Cobre: deve ser contínuo por toda a haste, com exceção da extremidade com ponta e chanfrada. A espessura mínima do revestimento de cobre deve ser de 0,254mm


    TESTE DE ADERÊNCIA:

    São feitos com uma haste de aço de 18” com uma das terminações cortadas num ângulo de 45º que deve ser guiada até uma prensa de aço com o espaçamento de 0,04 a menos do diâmetro da haste. Isto é feito a fim de expor a ligação entre o revestimento da haste e seu núcleo. É permitida a descamação do revestimento aonde for atingido pelas garras da prensa, porém, se qualquer outro sinal de separação do revestimento for identificado, a haste é considerada desqualificada.


    TESTE DE CURVATURA:

    Não devem aparecer vestígios de rachaduras se a haste for testada em temperatura ambiente. O teste é realizado com uma parte considerável da haste sendo presa por uma morsa e a outra livre é dobrada por uma força perpendicular à haste, numa distância 40 vezes maior que o diâmetro da haste. A magnitude da força e a direção de aplicação deve ser tal que a haste seja permanentemente dobrada por um ângulo de 30º.


    FORÇA DE TENSÃO:

    As hastes terão uma força de tensão não inferior a 75.000 psi.


    MARCAÇÃO DAS HASTES:

    Cada haste são estampada a 300mm de seu topo com: número de controle indicando o diâmetro e comprimento da haste, logotipo do fabricante e marca UL e NBR


    EMBALAGEM:

    As hastes de aterramento são embaladas em fardos com fitas de nylon reforçadas ou cinta de aço.


    ANÁLISES QUÍMICAS E FÍSICAS

    AÇO

    Tipo: Retirado a frio conforme ASTM A 1080 AISI C1017
    Análise Química: C 0,15 A 0,20%
    MN 0,30 A 0,60%
    P 0,40% Max.
    S 0,050%

    COBRE

    Tipo: Liga DHP # 122CDA.
    Analise Química: Cobre 99,95%
    P: 0,035 a 0,065%


    PROPRIEDADES FÍSICAS TIPICAS

    Força de Tensão: Média 86.500 psi Alcance 75-95.000 psi
    Força de Tensão elástica: Média 75.000 psi Alcance 64-85.000 psi
    Alongamento em 2": Média 20% Alcance 15%


    PROCESSO DE APLICAÇÃO DO COBRE AO AÇO

    O cobre é depositado às barras de aço retiradas a frio, utilizando o processo de deposição eletrolítica. O resultado final é uma ligação molecular de alta qualidade e espessura uniforme entre o níquel, o cobre e o aço. Isso garante ás hastes de aterramento ERITECH, uma vida útil longa e livre de corrosão.
    Para hastes com 0,254mm ou mais de deposição de cobre, o processo ERITECH oferece uma tolerância de cobre de +0,050mm e --0mm

    RETENÇÃO DA CAMADA PROTETORA

    Após deposição, as hastes são quimicamente testadas com um derivado de benzotriazol que forma uma camada de conversão nas hastes. Essa camada propicia uma camada invisível de verniz retardante, entre a atmosfera e o metal.
    Após embalagem, as extremidades das hastes de aterramento são protegidas contra elementos condutivos oxidantes.



    ABS e fique com DEUS

    Cláudio

  3. #23
    Membro
    Data de Ingresso
    Jul 2012
    Mensagens
    2,279
    Agradecimentos: 0
    Olá Cláudio

    É que eu tive a impressão que vc estaria construindo uma casa nova.
    É uma pena pois este método funciona muito bem: fica aqui dada esta importante dica para quem vai construir uma sala/casa nova... não percam essa chance única.

    E eu não usaria soldas: escolheria a extremidade de uma barra da armação (onde os esforços são mínimos ou mesmo nulos), uma barra de diametro 1/2'' ou 5/8" e faria um furo rosqueado p.ex. M5 e prenderia alí a ponta do cabo de cobre do sistema de aterramento.
    Esta conexão depois de "concretada" ficará protegida eficazmente.

    Leiam este documento, muito interessante:

    http://www.programacasasegura.org/br...e/aterrame.pdf

    (no início da pg. 14 há informação sobre o processo de corrosão na união assim feita)

    Um abraço
    R.
    Última edição por VTR; 23-04-13 às 21:06.

  4. #24
    Membro Avatar de barriguinha
    Data de Ingresso
    May 2011
    Localização
    Campinas-SP
    Mensagens
    747
    Agradecimentos: 0
    Ricardo,já ouvi falar isso tbm,que quanto mais interligadas as armações de colunas (fundações),o terra fica perfeito!

    Claudio,quais plugs vc indicaria com bom custoxbenefício?
    Pois estou precisando confeccionar uns aqui.

    Abs.

    André
    "Quanto mais ajeito minha sala,mais prazeroso fica ouvir música nela"

    "ITATIBA,cidade onde ainda se respira muito bem e encanta aos olhos pelos lugares maravilhosos escondidos que tem"

  5. #25
    Desabilitado
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Mensagens
    1,936
    Agradecimentos: 0
    Citação Enviado originalmente por VTR Ver Mensagem
    Olá Cláudio

    É que eu tive a impressão que vc estaria construindo uma casa nova.
    É uma pena pois este método funciona muito bem: fica aqui dada esta importante dica para quem vai construir uma sala/casa nova... não percam essa chance única.

    E eu não usaria soldas: escolheria a extremidade de uma barra da armação (onde os esforços são mínimos ou mesmo nulos), uma barra de diametro 1/2'' ou 5/8" e faria um furo rosqueado p.ex. M5 e prenderia alí a ponta do cabo de cobre do sistema de aterramento.
    Esta conexão depois de "concretada" ficará protegida eficazmente.

    Leiam este documento, muito interessante:

    http://www.programacasasegura.org/br...e/aterrame.pdf

    (no início da pg. 14 há informação sobre o processo de corrosão na união assim feita)

    Um abraço
    R.

    Ricardo,

    Obrigado pela dica, quando eu for construir minha casa vou fazer este tipo de instalação sem o uso de hastes. Por enquanto a casa só está com o projeto na minha cabeça, quando tenho tempo rabisco alguma coisa e guardo.

    Um método muito interessante é a instalação com malha de cobre pré-fabricada da ERITECH, é bastante eficaz, barato e prático, basta estender a malha fazer a conexão e depois concretar, foi o que este amigo eletrotécnico me passou.

    Abaixo o prospecto dos produtos para aterramento da ERITECH:

    http://www.erico.com/public/library/fep/LT33793.pdf



    ABS e fique com DEUS

    Cláudio

  6. #26
    Desabilitado
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Mensagens
    1,936
    Agradecimentos: 0
    Citação Enviado originalmente por barriguinha Ver Mensagem
    Ricardo,já ouvi falar isso tbm,que quanto mais interligadas as armações de colunas (fundações),o terra fica perfeito!

    Claudio,quais plugs vc indicaria com bom custoxbenefício?
    Pois estou precisando confeccionar uns aqui.

    Abs.

    André
    André,

    Como vai Amigo? Espero que muito bem.

    Uma boa marca de plug é a Rich Bay, que é a marca própria da empresa que fabrica ODM para a Furutech e Oyaide (existem outras empresas fabricando para estas marcas), na Europa estes plugs custam entre 10,00 e 30,00 euros dependendo do revestimento dos contatos, mas como na Europa tudo é mais caro, acredito que encontre nos fornecedores de componentes para DIY nos EUA pelo mesmo valor só que em USD.











    ABS e fique com DEUS

    Cláudio

  7. #27
    Membro Avatar de barriguinha
    Data de Ingresso
    May 2011
    Localização
    Campinas-SP
    Mensagens
    747
    Agradecimentos: 0
    Oi Claudio,estou bem sim,e vc tbm acredito que esteja!

    Obrigado pela dica,vou tentar encontrar!

    Abração

    André
    "Quanto mais ajeito minha sala,mais prazeroso fica ouvir música nela"

    "ITATIBA,cidade onde ainda se respira muito bem e encanta aos olhos pelos lugares maravilhosos escondidos que tem"

  8. #28
    Fala meus caros tudo bem?Bom eu estava lendo esses posts e me interessei em fazer alguns cabos para meus equipos!
    Mais especificamente para o meu BD Pioneer 140,ele tem um cabo bem vadio e não cabe nas minhas tomadas ,mais não sei como eu compraria os plugs já que a entrada é daquelas pequenas,e deve ser um plug difícil de achar!Se alguém tiver me interesso.
    Ahh e eu estava pensando em usar uns cabos de fio da Prysmian de 6 mm que tenho aqui,será que essa bitola vai ser problema?
    E só mais uma o que eu poderia utilizar para revestir esses cabos pra ajudar na estética?
    Desde já agradeço a ajuda.
    Abraço,Ivan.

  9. #29
    Membro
    Data de Ingresso
    Apr 2013
    Localização
    Campinas - SP
    Mensagens
    491
    Agradecimentos: 0
    Pessoal,

    Estou com alguns metros do cabo de caixa Van Damme de 4mm e vou fazer uma experiência como cabo de força, visto que a construção dele é muito boa e o cobre de alta qualidade. Como não possui blindagem quais equipamentos ele seria útil?

    Os cabos são esses: http://www.van-damme.com/23.html

    Os plugues são esses aqui: http://www.aliexpress.com/snapshot/6225500033.html

    Ficou bem interessante as compras neste site, visto que agora pode-se pagar com boleto ou mesmo transferência on line com os bancos brasileiros.

    Abraço,
    Márcio

  10. #30
    Desabilitado
    Data de Ingresso
    Jan 2013
    Mensagens
    1,936
    Agradecimentos: 0
    Citação Enviado originalmente por Russo Ver Mensagem
    Pessoal,

    Estou com alguns metros do cabo de caixa Van Damme de 4mm e vou fazer uma experiência como cabo de força, visto que a construção dele é muito boa e o cobre de alta qualidade. Como não possui blindagem quais equipamentos ele seria útil?

    Os cabos são esses: http://www.van-damme.com/23.html

    Os plugues são esses aqui: http://www.aliexpress.com/snapshot/6225500033.html

    Ficou bem interessante as compras neste site, visto que agora pode-se pagar com boleto ou mesmo transferência on line com os bancos brasileiros.

    Abraço,
    Márcio,

    Como vai? Espero que muito bem.

    Use o de 2,5mm que é o suficiente para a maioria dos equipamentos, se quiser usar em players ou equipamentos que não necessitem de muita energia, pode usar o de 1,5mm. Como este cabo é para uso em caixas, e somente tem 2 condutores, o ideal é comprar a medida que irá usar duplicada, retirar a capa de pvc de um dos cabos para retirar um dos condutores, colocar em espiral o terceiro condutor (que será o terra) sobre a capa de pvc do cabo, prenda as pontas com fita adesiva e depois passe fita teflon (o ideal é usar as importadas) em todo o cabo e assim prendendo este terceiro condutor, depois passe fita de alumínio cobrindo todo o cabo, e novamente fita teflon, depois coloque uma malha metálica que pode ser de cobre ou alumínio, cubra novamente com fita teflon e depois use um sleeve de Nylon para dar acabamento, prenda as pontas com fita adesiva e depois com termocontrátil 3:1 comum ou adesivado, o adesivado é melhor pois prende melhor no sleeve, lacrando melhor, descasque as pontas dom condutores e torça os filamentos usando uma luva, estanhe estas pontas com solda que contenha prata, depois é só aparafusar nos contatos dos plugues, com estas camadas de teflon, fita de alumínio e malha metálica já terá uma excelente blindagem.

    Nunca usei cabos de caixa para fazer cabos de energia, só uso cabos específicos para cada uso, mas este pode dar certo para equipamentos que não necessitem de muita força, já que é de 300/500V.

    Cuidado para não comprar plugues Sonar Quest falsos, aqui está o site da marca onde você pode comprar diretamente - http://www.sonarquest.net/

    Minha opinião pessoal, eu usaria um cabo de força específico para montar um cabo de energia para um equipamento eletrônico, o Belden acredito que esteja no mesmo patamar da Van Damme pelo que já pude ver, mas a Belden tem cabos específicos para montagem de cabos de energia como os modelos 83803 e 19364 que você acha facilmente em lojas de produtos para DIY audio.

    Este cabo abaixo foi o mais recente montado por mim, o cabo é feito pela mesma fábrica que faz por ODM para a Audioquest e o plugue é de uma série limitada da Tara Labs.









    ABS e fique com DEUS

    Cláudio

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •