Página 2 de 2 PrimeiroPrimeiro 12
Resultados 11 a 19 de 19

Tópico: Revista Nova Eletrônica

  1. #11
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,097
    Agradecimentos: 37
    Edson,

    Eu ainda guardo muitas edições destas publicações, que também me ajudaram muito no curso técnico que fiz aí perto de você, no pentágono, em Santo André.
    Alias, estudei aí em São Caetano também, na UniABC (antiga FEC), onde fiz Direito.
    Gosto muito de São Caetano, e tenho alguns amigos ainda na cidade.

    Abraço
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  2. #12
    Novo Usuário
    Data de Ingresso
    Feb 2017
    Mensagens
    1
    Agradecimentos: 0
    Fiz parte da equipe técnica da Revista Nova Eletrônica.
    Aqui conto algumas histórias dos bastidores da revista.

    Abs.

    http://erl4ever.blogspot.com.br/2009...a-revista.html

  3. #13
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,097
    Agradecimentos: 37
    Parabéns pela iniciativa.
    Eu li simplesmente tudo agora, até os comentários dos leitores.
    Uma viagem no tempo...

    Acho que tenho que te agradecer também, pois colecionei esta revista desde o número 1 e aprendi muito com os artigos publicados. Usei muitos projetos e partes de alguns em novos projetos que eu desenvolvia na área de áudio, comunicações e industrial.
    Nova Eletrônica, Antenna, Eletrônica Popular... bons tempos em que as revistas eram dirigidas mais aos leitores e menos aos anunciantes...
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  4. #14
    Membro
    Data de Ingresso
    Sep 2020
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    5
    Thanked: 1

    Revista Nova Eletrônica

    De fato, é uma viagem no tempo. Eu também colecionava estas revistas NE, Antenna e outras.

    Acompanhei muito os artigos do CCDB, um dos maiores conhecedores em áudio no Brasil da época. Montei um "air coupler" como ele o chamava, com o projeto dele, dobrando a LT original ao meio, resultando em uma caixa mais compacta e usando um sub woofer menor de 8", modificado segundo as orientações do autor.

    Optei por reduzir o projeto, pois o original era um monstro para uso profissional com um sub woofer de 18". Também fazia parte do projeto dele, um filtro passa-baixas seguido de um pré misturador que transformava um amplificador stéreo em um mono trabalhando em bridge. Mesmo assim parecia um exagero para uso doméstico mesmo com um amplificador pouco potente. Não preciso dizer que tive que abandoná-lo pois morava na casa dos meus pais e tremia tudo.

  5. Os seguintes membros agradeceram Jafram por esta mensagem:


  6. #15
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,097
    Agradecimentos: 37
    Saudades dessa época...
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  7. #16
    * Membro VIP * Avatar de JIG
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    Porto Alegre City
    Mensagens
    588
    Agradecimentos: 3
    Citação Enviado originalmente por Jafram Ver Mensagem
    De fato, é uma viagem no tempo. Eu também colecionava estas revistas NE, Antenna e outras.

    Acompanhei muito os artigos do CCDB, um dos maiores conhecedores em áudio no Brasil da época. Montei um "air coupler" como ele o chamava, com o projeto dele, dobrando a LT original ao meio, resultando em uma caixa mais compacta e usando um sub woofer menor de 8", modificado segundo as orientações do autor.

    Optei por reduzir o projeto, pois o original era um monstro para uso profissional com um sub woofer de 18". Também fazia parte do projeto dele, um filtro passa-baixas seguido de um pré misturador que transformava um amplificador stéreo em um mono trabalhando em bridge. Mesmo assim parecia um exagero para uso doméstico mesmo com um amplificador pouco potente. Não preciso dizer que tive que abandoná-lo pois morava na casa dos meus pais e tremia tudo.
    Bons tempos aqueles.....

    Quebrei várias vezes os vidros da janela do meu quarto (na casa dos meus pais) com aquele air coupler, pois peguei um guarda roupas de solteiro que estava sem uso, fiz reforços internos e montei um air coupler com ele.
    Abraço,

    João


    A humanidade está perdendo seus gênios! Aristóteles faleceu, Newton já era, Einstein morreu e eu não estou me sentindo bem.

  8. #17
    Membro
    Data de Ingresso
    Sep 2020
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    5
    Thanked: 1
    Citação Enviado originalmente por Eduardo Ver Mensagem
    Saudades dessa época...
    Aproveito para lembrar da ótima Revista Som Três da Editora Três, também da década de 70.
    Tinha excelentes artigos de autores diversos. Não tenho mais a coleção, mas guardei as páginas do autor Carlos Barradas da Silva em uma pasta plastificada, que me vale como um pequeno livro.
    Seus artigos continuam atuais, para quem se lembrar, constitui uma relíquia.

  9. #18
    Membro
    Data de Ingresso
    Sep 2020
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    5
    Thanked: 1
    Citação Enviado originalmente por JIG Ver Mensagem
    Bons tempos aqueles.....

    Quebrei várias vezes os vidros da janela do meu quarto (na casa dos meus pais) com aquele air coupler, pois peguei um guarda roupas de solteiro que estava sem uso, fiz reforços internos e montei um air coupler com ele.
    Não consegui quebrar os vidros das janelas, mas as portas dos armários dos quartos vibravam bastante quando se excedia o volume.
    Tinha que utilizar em "doses medicinais" senão prejudicava a audição. Mas deu para brincar bastante com o sub, dai tive que aposentá-lo.
    Quem se lembra do filme Terremoto lançado em 1975? Acho que utilizaram o princípio do air coupler para fazer os efeitos de tremer todo o cinema.

  10. #19
    * Membro VIP * Avatar de JIG
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    Porto Alegre City
    Mensagens
    588
    Agradecimentos: 3
    Citação Enviado originalmente por Jafram Ver Mensagem
    Quem se lembra do filme Terremoto lançado em 1975? Acho que utilizaram o princípio do air coupler para fazer os efeitos de tremer todo o cinema.
    Sim!! Lembro que usavam air coupler com alto falantes de cone descartavel, pois os mesmos duravam somente algumas sessões e tinham que ser substituídos.
    Abraço,

    João


    A humanidade está perdendo seus gênios! Aristóteles faleceu, Newton já era, Einstein morreu e eu não estou me sentindo bem.

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •