Página 1 de 6 123 ... ÚltimoÚltimo
Resultados 1 a 10 de 53

Tópico: Audio Analógico

  1. #1
    * Membro VIP * Avatar de Marcivs
    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Localização
    Nova Petropolis
    Mensagens
    902
    Agradecimentos: 0

    Audio Analógico

    Ontem recebi em casa alguns amigos para conhecerem e ouvirem meu setup e ouvimos CD´s , SACD , DVDAudio e Vinis, muitos vinis, e aos que acham que o áudio digital já satisfaz, pelo menos o consenso do grupo foi.....

    clube audio.jpg

  2. #2
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,198
    Agradecimentos: 76
    Eu não acredito que criaram mais um tópico para discutir a "superioridade" do vinil sobre todas as mídias digitais do mundo....

    Peça aos seus amigos virem até a minha casa ouvir um bom sistema digital, e vamos ver a opinião deles. Também tenho um sistema de vinil aqui zerado, melhor compra da What Hi-Fi, para ajudá-los na decisão.

    Estou tentando convencer um amigo a participar do Clube. Ele é da região de Campinas e por muitos anos defensor do vinil, que depois de ouvir alguns disquinhos prateados aqui em casa, está finalizando o seu sistema digital. Ele decidiu migrar.
    Ele não quer participar do Clube. Foi muitos anos defensor do vinil em outro fórum, e disse que vai ser massacrado aqui por causa disso. Eu já garanti a integridade dele neste espaço e o seu salvo conduto , mas ele diz que sabe como isso vai terminar. Talvez ele tenha razão. É como a eterna briga de petistas e não petistas...

    Gente, isso não leva a nada. Tem milhões de audiófilos que odeiam o vinil, outros milhões que odeiam o digital, e quem está certo ou errado? Isso não importa. Cada um tem as suas razões para gostar de um de outro.
    Quem está certo, quem gosta de uma Audi ou de uma BMW? De um vinho francês ou de um italiano? De ópera ou de rock? Do azul ou do vermelho?

    Para não ter briga aqui em casa, eu tenho hoje as duas opções. Comprei alguns vinis importados de gravadoras audiófilas. Fiz as minhas comparações, e ainda continuo gostando mais do digital. Porque? Por várias razões que talvez em outra oportunidade eu enumere.
    Vou desmerecer o vinil por causa disso? Não
    Vou desmontar e vender o meu sistema de vinil? Não
    Vou me sentir mal pela escolha que fiz? Não
    Vou me achar com mais razão do que os que não concordam comigo? Não
    Vou tentar convencer a todos que a minha escolha é a melhor? Não
    Eu vou conviver em paz com ambos. O que vale é a diversão. Quando aparecer um vinil novo por aqui eu terei onde tocar.

    Só para constar... o melhor resultado que eu consegui com o meu sistema de vinil foi incluindo o DSPeaker depois do pré. O vinil muda da água para o vinho (nacional... mas vinho...).
    Acho que vale a pena tentar esta configuração. E não se preocupem em colocar um equalizador na equação, pois todo o sistema de vinil já tem um equalizador no pré.

    Sejam felizes com as suas escolhas. Isso é só um hobby, e a diversão é o que importa.
    Me lembro quando alguns fotógrafos mais "conservadores" negavam a fotografia digital, dizendo que o filme analógico ainda era superior... E eu era um deles...

    Nunca é tarde para encararmos a tecnologia, e ela é cruel, evoluindo rapidamente.




    Para os amantes de vinil, achei algumas coisas bem legais para animá-los ainda mais...







    Vocês encontram no AliExpress.

    Tem opções em disquinhos prateados também...

    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  3. #3
    * Membro VIP * Avatar de Marcivs
    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Localização
    Nova Petropolis
    Mensagens
    902
    Agradecimentos: 0
    Não quero gerar polêmica, aliás sou candidato a ouvir estes disquinhos prateados....Mas quis aqui dividir um momento de teste AB, digital x analógico e seu resultado....

  4. #4
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,198
    Agradecimentos: 76
    Meu caro Márcio,

    Sinta-se convidado, intimado e convocado...
    Será um grande prazer recebê-lo em minha casa.

    Normalmente eu faço alguns encontros periódicos com alguns amigos seletos. Mas, recentemente, por conta da mudança de casa, não marquei mais nada, até porque o meu sistema ficou desmontado por quatro meses aproximadamente.
    Terminei de montar a sala nova na semana do Natal, mas só fiz alguns testes por enquanto (a nova sala será apresentada no Hi-Fi Planet, reabrindo as atividades daquele espaço).
    Acho que já em fevereiro estarei com a nova sala 100% ajustada para uso normal, mas nada impede que você já possa usufruir de um sistema digital inesquecível...
    Apenas para você ter uma idéia, o novo sistema possui formações diferentes para ouvir CD, SACD/DVD-A, Blu-Ray Pure Audio e Arquivos Digitais. São quatro composições diferentes para melhor afinação de cada formato. E é claro, outra dedicada para vinil e outra para o HT. São 13 equipamentos no total, sem contar as caixas acústicas (independentes para o HT e para o áudio estéreo), uma TV 4K, dois projetores, estabilizador, nobreak, trafo de entrada, Powerline, fontes dedicadas, etc...

    Sei que você não quis gerar polêmica. Aliás, sei que esta sempre foi uma preocupação sua em relação aos nossos debates aqui no Clube. Mas, convenhamos, esse tópico abre espaço para a velha discussão acalorada do Analógico x Digital...
    Não duvido que os seus amigos tenham gostado mais do vinil, como eu já disse, cada um se identifica com aquilo que mais lhe agrada, e gosto é algo muito pessoal.
    Mas, eu acho que o problema está no seu sistema digital que deve ser muito ruim...

    Abração, meu querido.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  5. #5
    * Membro VIP * Avatar de Marcivs
    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Localização
    Nova Petropolis
    Mensagens
    902
    Agradecimentos: 0
    O pior dá história é que o sistema digital é feito emcima da leitores de qualidade e conversores que usamos para gravação de música erudita ao vivo....Alguns SS, outros Tubulados, de marca, outros DIY e invariavelmente o defeito de todos é o mesmo....Falta alguma coisa...Mas não vou polemizar.....Bom ano novo a todos...Em março nos falamos......

  6. #6
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,198
    Agradecimentos: 76
    Veja como coincide com o que eu disse...
    Quando voce diz "falta alguma coisa", você o faz com mera subjetividade. O que falta de fato?
    A resposta é: Alguma coisa que complementa o seu gosto.

    Já vi atė projetistas de valvulados, por exemplo, dizerem que a sonoridade típica de um amplificador de tubo vem de sua distorção típica. Ou seja, é possível que para muitos apreciadores de valvulados ocorre a falta de uma distorção nos equipamentos SS que agrada os seus ouvidos.
    Na verdade não é a falta de algo, mas a não inclusão de algo. Ficou confuso agora?

    Eu tenho uma sensação parecida com o vinil, porém, um pouco mais objetiva.
    A sensação que tenho é que falta detalhamento, velocidade e entensão, e a dinâmica me parece comprimida. A separação entre canais me soa um tanto "artificial" (e é mesmo limitada na prática).
    Mas, mesmo assim, pode ser ainda uma questão de gosto, de costume, sei lá. Se bem que pelo que eu entendi em discussões travadas pelo pessoal com mais afinidade, isso pode ser medido e explicado.

    Mas, o que mais me incomoda são os ruídos.
    Não adianta dizer que com alguns cuidados, com uma boa limpeza do disco, uma trilhagem precisa e cápsulas de ótima qualidade isso não ocorre porque não é verdade.
    Não ouvi um único sistema até hoje que não tivesse seus plocs, tics, shhhs, etc... e isso me incomoda muito. Basta o menor ruído para me tirar da minha imersão na música. Acaba com a minha concentração.
    E isso é característica minha, fazer o que?

    Evito apresentações ao vivo e ir ao cinema por causa disso. Basta alguém tossir que tira toda a graça daquele momento para mim.

    É algo muio pessoal esta questão das escolhas subjetivas, e isso é do indivíduo. Cada um tem o seu gosto.
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  7. #7
    * Membro VIP * Avatar de Marcivs
    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Localização
    Nova Petropolis
    Mensagens
    902
    Agradecimentos: 0
    Não discordo em nada do que voce pensa, MAS, também não concordo, pois a sensação observada(não somente por mim), mas pelos frequentadores da minha sala é de que :
    1)Onde estão os ruídos e as pipocas tão mal faladas dos vinis? Estava ouvindo ontem a noite o disco Codona(recomendo) da ECM, vendido no Brasil, mas provavelmente prensado na Alemanha pela ECM Records, um disco que me acompanha desde o fim dos anos 70....um disco em geral com musica sutil , nada de barulho...ouvi muito em um tocadiscos Toshiba com cápsula Leson Axxis VI(o orçamento de estudante só permitia isto) e depois montei um Garrard 301 com braço SME e pasmem, uma moving coil de alta saída vendida pela Gradiente, mas na verdade, uma Glanz alemã, mas o que interessa, ouvi muitas e muitas vezes este disco..e coloquei a rodar e surpresa......silencio absoluto....nos agudos e nos graves.....enquanto abri um 180gramas que ganhei de aniversário, Chet Baker e tinha umas pipocas lá...disco novo.....vai saber.....
    2)Ouve-se o áudio digital, completo, quase instrumental, detalhado, etc....troca-se pelo vinil, aparece AR , muito ar na gravação, os instrumentos soltos, um sininho fica soando no ar enquanto a massa sonora acontece, evento que nós só conseguimos quando fazemos as gravações ao vivo de musica acústica no teatro....e cada teatro tem sua quantidade de ar. E não acredito que o DSPeaker consiga fazer isto com o áudio .....
    3)Camadas....o som não está em um plano somente....há camadas, em discos mono de 54, 56, 57...ouve-se quem está a frente, logo atrás, lá no fundo, de uma maneira que o digital não faz....temos este problema com os registros de musica de conserto que fazemos....solução: gravar em SS(por enquanto) e mixar em mixer tubulado, com as válvulas mais estranhas que voces possam imaginar.....em SS não se consegue este resultado de jeito nenhum, pelo menos até agora, com os recursos que temos!
    Então, mais uma vez, NÃO quero geral polêmica, mas sim dividir uma experiência....muito interessante, na minha opinião. Minha dúvida neste cenário todo fica: será que esta turma de adolescentes coreanos que está desenvolvendo todos estes aparatos de áudio digital, vive estes experimentos da música real, ou está mais preocupada com 5.1, etc....pirotecnia, na minha humilde opinião.....será que vivem a experiência dos projetistas da Philips quando estavam desenvolvendo o áudio digital, de ouvir, ouvir e ouvir, gravar, gravar, gravar, ouvir, ouvir, ouvir, ajustar, ajustar, registros dos concertos no Concertgebouw em Amstertdan para não perder a referência? Gostaria de vossas opiniões......

  8. #8
    * Membro VIP *
    Data de Ingresso
    May 2012
    Localização
    São Paulo
    Mensagens
    487
    Agradecimentos: 24
    Márcio,

    é curioso que eu vivencio o mesmo que você disse acima. Trabalho com masterização e utilizo um equalizador valvulado na minha cadeia de equipamentos. E o que consigo com ele que nunca consegui trabalhando com plug-ins é justamente essa sensação de camadas sonoras. Quando a música é bem gravada e bem mixada, basta o áudio passar pelo equalizador com um mínimo ganho (às vezes 0,5db é suficiente) em determinadas frequências que a voz simplesmente surge bem do meio das caixas sonoras, com o vocalista na frente dos outros instrumentos.

    Tenho muita vontade de experimentar outros equalizadores analógicos que não valvulados (estou juntando $$ para comprar um), para ver se esse efeito é da válvula ou se outros equipamentos analógicos não valvulados também conseguem isso. Só sei que com plug-ins não consegui ainda essa "materialização" do instrumento/voz.

    Sei que a discussão aqui é sobre vinil vs digital, mas acho que o relato cabe.

  9. #9
    Administrador Avatar de Eduardo
    Data de Ingresso
    Apr 2011
    Localização
    Aqui mesmo...
    Mensagens
    6,198
    Agradecimentos: 76
    Márcio,

    Então cabe uma reavaliação no seu sistema digital. Talvez exista algum elo limitando estas características que você tem percebido no vinil mas não no digital.

    No meu sistema eu tenho uma precisão "cirúrgica" (como costuma dizer um certo "avaliador" de equipamentos...) dos planos, com uma localização muito precisa de cada instrumento, tanto em largura como em profundidade.
    Confesso que, como normalmente ouço o meu sistema deitado, nem me importo muito com isso.
    Mas, essa é inclusive uma característica muito comentada pelo pessoal que vem em casa "parece que o som não sai das caixas...". E isso é verdade. A sensação é que vem de trás das paredes, da frente das caixas, das laterais, etc. Tanto que já tive amigos que disseram que eu estava enganando eles.

    Outro sistema que já ouvi com essa característica, ainda no campo digital, foi do Engenheiro Jorge Knirsch. Aliás, foi ele quem me ajudou a montar o meu sistema.
    Ele me contou até um fato engraçado da esposa de um colega que disse que ele estava enganando a todos, pois haviam caixas acústicas escondidas atrás dos painéis de tratamento acústico do laboratório de áudio dele....
    Confesso que não é todo sistema que conheci que tem estas características, mesmo analógicos, pois depende muito da composição do sistema, dos ajustes, do tratamento acústico, etc. Um tratamento mal feito pode até matar a característica de sound stage.

    Estas características que você citou não são exclusivas do vinil, pelo menos no meu sistema digital/SS posso ver isso.

    Quanto aos ruídos do vinil, me desculpe, mas nunca, repito, nunca, consegui apreciar um disco de vinil que não apresentasse umas pipocadas...
    E olha que muita gente já me disse que o dele não tinha ruídos, e quando eu ia conhecer nunca consegui comprovar isso.
    Tem gente que se incomoda com um dead pixel de um monitor, outros com o rainbow effect de um antigo projetor DLP, e outros dizem que nem percebem. Eu, infelizmente, estou no primeiro grupo.
    Já joguei fora um monitor Samsung (odeio esta marca...)por causa de um irritante dead pixel, nunca consegui ver um filme num projetor DLP. E não sou perfeccionista, o meu carro é um exemplo perfeito de como um carro pode viver sujo...
    Eduardo

    ____________________________________________

    Audiofilia: Retroceder Nunca, Render-se Jamais

    www.hifiplanet.com.br

  10. #10
    * Membro VIP * Avatar de Marcivs
    Data de Ingresso
    Jun 2015
    Localização
    Nova Petropolis
    Mensagens
    902
    Agradecimentos: 0
    Conversores de estúdio cm cm nrada e saída SS e valvulada + Mac + Protools são o sistema digital utilizado....Vou pesquisar coisas melhores então.....

Permissões de Envio de Mensagem

  • Você não pode iniciar novos tópicos
  • Você não pode enviar respostas
  • Você não pode enviar anexos
  • Você não pode editar suas mensagens
  •